Por favor, não subestimem os jovens


Por DÉBORA LIMA
Em menos de um mês, tive a oportunidade de participar de dois eventos para jovens. O problema não foi o evento em si, mas sim porque ambos os eventos tomaram direções tão diferentes que, participando dos dois, eu pude retirar uma pergunta importante (pergunta essa que me motivou a escrever este texto, inclusive): O que as nossas igrejas estão oferecendo aos nossos jovens hoje?

Quarenta minutos de músicas agitadas (o que inclui pular, pular e pular mais um pouco) e vinte (ou menos) minutos de “reflexão”. Este tem sido o molde que muitas igrejas têm aderido com o propósito de “atrair pessoas”. No entanto, o questionamento que se faz aqui é: Atrair para quê? Por quê?

O resultado dessa fórmula tem sido um tanto quanto desastroso: Jovens fracos na fé, ignorantes quanto à Palavra, que ao se depararem com o mundo e os desafios na Universidade, no trabalho, não sabem como se portar de forma digna a honrar e viver para Cristo. Eis o principal problema: Se você oferece pouco alimento ao jovem, como resultado, sem dúvidas, o retorno disso será mínimo. Estão esperando pouco do jovem. Entre uma música e outra, um som alto, muitas luzes e pulos sem parar, a gente coloca um versículo bíblico aqui e ali e pronto.

Sempre quando as pessoas se referem aos jovens, o texto de I João 2.14 é citado, dando uma ênfase grandiosa à força do jovem. O problema principal é que muitos esquecem-se de terminar o versículo: “Jovens, eu lhes escrevi, porque vocês são fortes e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno”.

Nós não somos fortes simplesmente porque temos a melhor tecnologia, o melhor tempo, idade ou o melhor porte físico, o melhor grupo de dança, de teatro, a melhor banda da igreja ou o pastor mais descolado. Somos fortes e capazes de vencer o maligno porque a Palavra de Deus habita em nós. Se a Palavra de Deus não nos preencher, não nos sobrará nada. Nós iremos aos cultos de jovens e voltaremos da forma que entramos.

Líderes de jovens, por favor, não nos subestimem. Deixe Deus os usar para nos ajudar a nos alimentarmos com a Palavra de Deus, com o estudo das escrituras; nos ajudem a viver para a glória de Deus enquanto estivermos na escola, na faculdade, no trabalho, com os amigos, passando por problemas difíceis, não em quatro paredes “sentindo” alguma coisa, entre uma música e outra e com um fundo musical bacana (com as luzes apagadas, claro). Ajudem-nos a viver e amar a Deus e Sua Palavra em toda a nossa vida, formando uma juventude sólida, que será uma geração sólida de homens e mulheres de Deus, que se comprometerão com o Seu reino, a Igreja e com o próximo.

Gostaria de saber sua opinião aqui no blog. Escreva para gente! Deus te abençoe.

PS. Gostaria de sugerir um post muito impactante para complementar este texto e debate em torno disso: http://reforma21.org/artigos/10-razoes-pelas-quais-nossos-jovens-deixam-a-igreja.html

0 Comentários em "Por favor, não subestimem os jovens"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10