Jesus não era um babaca


Passados três dias, a mãe de Jesus foi convidada para um casamento na aldeia de Caná, na Galileia. Jesus e os seus discípulos também foram convidados. (João 2:1)

É bastante conhecida a narrativa bíblica do primeiro milagre realizado por Jesus Cristo. Em resumo, em um casamento na aldeia de Caná, após o vinho ter acabado, Jesus ordenou que as seis talhas (ou vasos) fossem cheias de água e o milagre aconteceu: a água transformou-se em vinho, para a alegria de todos os presentes.

(Leia aqui uma curiosidade sobre o assunto)

É bom frisar que os "três dias" passados, se referem ao final do capítulo 1, onde Cristo encontra Natanael e o chama para ser seu discípulo. E após isso, João nos conta em seu livro que Jesus leva os discípulos para uma festa de casamento.

O que Jesus foi fazer com seus discípulos numa festa?
A primeira vista, o intuito dEle não era o de transformar a água em vinho; isso foi um favor que Ele fez, mediante a circunstância adversa. A Bíblia também não relata nenhuma pregação, sermão ou ensinamento durante as bodas.
Nos resta imaginar que Jesus tenha ido à festa porque gostava das pessoas, porque queria se divertir com os noivos que lhe fizeram carinhosamente o convite.

E se convidaram Jesus para o casamento, era porque Jesus era um cara legal, bacana, gente boa. Jesus até então não era tão famoso e, segundo nos consta, Ele ainda não havia operado nenhum milagre. O único motivo pelo qual Ele poderia ter sido convidado, é porque gostavam dEle, porque Ele era um rapaz querido.

Se Cristo fosse arrogante, prepotente, carrancudo ou gostasse de contar vantagem, por certo as pessoas não se alegrariam com a presença dEle em seu casamento.

Fugindo de qualquer teologia pós-moderna e buscando finalizar de forma bem rápida esse texto, quero apenas focar nessa última parte: JESUS ERA CAMARADA.

Assim nós também devemos ser: amáveis, queridos, parceiros, companheiros... alguém que cause alegria nas pessoas quando estamos por perto; que sejamos conhecidos também por nossa simpatia, por nossa alegria e também por nossa animação.

Não vale a pena fechar a cara para as pessoas. Não vale a pena ser arrogante.
Não vale a pena querer ser melhor que os outros. Não vale a pena ser um babaca.
Não vale a pena ser um chato.

Seja gente boa com as pessoas, seja gentil, seja cordial, seja amável, seja uma pessoa boa, seja amigo, seja como Jesus!
E sendo parecido com Ele, tenha plena certeza que permanecerás no Seu amor e, viverás aqui uma vida melhor.

1 Response to "Jesus não era um babaca"

  1. Uau!!! Eu amei esse texto,é sim devemos ser amáveis como Jesus era,transmitir alegria...

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS