Jesus não era um babaca


Passados três dias, a mãe de Jesus foi convidada para um casamento na aldeia de Caná, na Galileia. Jesus e os seus discípulos também foram convidados. (João 2:1)

É bastante conhecida a narrativa bíblica do primeiro milagre realizado por Jesus Cristo. Em resumo, em um casamento na aldeia de Caná, após o vinho ter acabado, Jesus ordenou que as seis talhas (ou vasos) fossem cheias de água e o milagre aconteceu: a água transformou-se em vinho, para a alegria de todos os presentes.

(Leia aqui uma curiosidade sobre o assunto)

É bom frisar que os "três dias" passados, se referem ao final do capítulo 1, onde Cristo encontra Natanael e o chama para ser seu discípulo. E após isso, João nos conta em seu livro que Jesus leva os discípulos para uma festa de casamento.

O que Jesus foi fazer com seus discípulos numa festa?
A primeira vista, o intuito dEle não era o de transformar a água em vinho; isso foi um favor que Ele fez, mediante a circunstância adversa. A Bíblia também não relata nenhuma pregação, sermão ou ensinamento durante as bodas.
Nos resta imaginar que Jesus tenha ido à festa porque gostava das pessoas, porque queria se divertir com os noivos que lhe fizeram carinhosamente o convite.

E se convidaram Jesus para o casamento, era porque Jesus era um cara legal, bacana, gente boa. Jesus até então não era tão famoso e, segundo nos consta, Ele ainda não havia operado nenhum milagre. O único motivo pelo qual Ele poderia ter sido convidado, é porque gostavam dEle, porque Ele era um rapaz querido.

Se Cristo fosse arrogante, prepotente, carrancudo ou gostasse de contar vantagem, por certo as pessoas não se alegrariam com a presença dEle em seu casamento.

Fugindo de qualquer teologia pós-moderna e buscando finalizar de forma bem rápida esse texto, quero apenas focar nessa última parte: JESUS ERA CAMARADA.

Assim nós também devemos ser: amáveis, queridos, parceiros, companheiros... alguém que cause alegria nas pessoas quando estamos por perto; que sejamos conhecidos também por nossa simpatia, por nossa alegria e também por nossa animação.

Não vale a pena fechar a cara para as pessoas. Não vale a pena ser arrogante.
Não vale a pena querer ser melhor que os outros. Não vale a pena ser um babaca.
Não vale a pena ser um chato.

Seja gente boa com as pessoas, seja gentil, seja cordial, seja amável, seja uma pessoa boa, seja amigo, seja como Jesus!
E sendo parecido com Ele, tenha plena certeza que permanecerás no Seu amor e, viverás aqui uma vida melhor.

Quantos litros de água Jesus transformou em vinho?


Ora, estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas. Ordenou-lhe Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. (João 2.6,7)

O primeiro milagre realizado por Jesus foi transformar a água em vinho num casamento na aldeia de Caná, na Galileia.

Mas, foram quantos litros de água que Jesus transformou em vinho?

Vejamos o seguinte: Existiam SEIS talhas e em cada uma cabia DUAS ou TRÊS metretas de líquido.
Cada metreta tem entre TRINTA e QUARENTA litros.

Faremos quatro cálculos para chegarmos a quantidade de litros de água que se tornaram vinho.


  • Se em cada talha coubessem DUAS metretas e cada metreta fosse o equivalente a TRINTA LITROS.


30x2= 60 litros 
Cada talha teria SESSENTA LITROS.
60x6= 360 litros 

As seis talhas teriam TREZENTOS E SESSENTA litros de água transformada em vinho.



  • Se em cada talha coubessem DUAS metretas e cada metreta fosse o equivalente a QUARENTA LITROS.


40x2= 80 litros 
Cada talha teria OITENTA LITROS.
80x6= 480 litros 

As seis talhas teriam QUATROCENTOS E OITENTA litros de água transformada em vinho.


  • Se em cada talha coubessem TRÊS metretas e cada metreta fosse o equivalente a TRINTA LITROS.


30x3= 90 litros  
Cada talha teria NOVENTA LITROS.
90x6= 540 litros 

As seis talhas terias QUINHENTOS E QUARENTA litros de água transformada em vinho.

  • Se em cada talha coubessem TRÊS metretas e cada metreta fosse o equivalente a QUARENTA LITROS.


40x3= 120 litros
Cada talha teria CENTO E VINTE LITROS.
120x6= 720 litros

As seis talhas teria SETECENTOS E VINTE litros de água transformada em vinho.


Há também quem diga que em cada talha coubessem 180 litros...
Seriam MIL E OITENTA LITROS nas seis talhas.

Não sabemos ao certo se foram 360, 480, 540, 720 ou 1.080 litros, mas há um fato incontestável nisso: Uma vez que o vinho é símbolo de alegria, quando Cristo está presente, há abundância de alegria!

No amor de Cristo,
Eliézer Sejač Rodrigues

Encontrada a localização do Jardim do Éden: Göbekli Tepe



Göbekli Tepe (Monte com Barriga ou Monte com Umbigo em turco) é o topo de uma colina onde foi encontrado um santuário, no ponto mais alto de um encadeamento montanhoso que forma a porção mais a sudeste dos montes Tauro, a aproximadamente 15 km a nordeste de Şanlıurfa (Urfa) no sudeste da Turquia. Possui 15 metros de altura por 300 de diâmetro. [Wikipedia]

Em 1994, no sudeste da Turquia, um pastor de ovelhas teria descoberto a localização do que um dia foi o Jardim do Eden. Diversas das construções desse achado arqueológico foram datados de 12000 anos a.C.


Nessas construções podem ser vistas algumas colunas de pedras e várias figuras de animais, incluindo algumas idênticas a constelações. Segundo o historiador Flávio Josefo, os filhos de Adão construíram colunas e sobre elas gravaram os conhecimentos que possuíam; e observando as figuras, somos levados a crer que eles já tinham um grande conhecimento de astronomia.



Em Gênesis 2, a Bíblia nos diz que do Éden saía um rio que se dividia em quatro braço: Pisom, Gion, Tigre e Eufrates.

Segundo o mesmo Flávio Josefo no livro História dos Hebreus:
O rio Pisom é o que rodeia a Índia, também chamado de Ganges.
O rio Gion atravessa todo o Egito, e é conhecido como Nilo.
E os rios Tigre e Eufrates percorre do sul da Síria e desembocam no Golfo Pérsico.


E é exatamente esse o local de Göbekli Tepe.



Seria Göbekli Tepe o Éden?
Seria Göbekli Tepe o próprio Jardim que havia no Éden?


Seria Göbekli Tepe um templo que havia no Éden?


Ou Göbekli Tepe nada tem a ver com o Éden e com o início de tudo?

Seja lá o que for, esse lugar é uma das grandes descobertas arqueológicas ao longo dos anos e ainda há muito para ser estudado acerca dele.

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS