Abraão, o "Diferentão"?

Olá galerinha linda e abençoada, tudo certinho com vocês?

Pera, o que a Kah está fazendo por aqui em pleno domingo de manhã? Gente eu prometo que um dia tomarei jeito e chegarei por aqui antes do sábado acabar (risos), mas enquanto este dia não chega... Vamos lembrar uma historinha bem conhecida?

Depois de algum tempo, Deus pôs Abraão à prova. “Abraão!”, chamou Deus. “Aqui estou!”, respondeu Abraão. Então Deus disse: “Tome o seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você tanto ama, e vá para a terra de Moriá. Lá, ofereça o seu filho Isaque em sacrifício, como oferta queimada, num dos montes que eu lhe mostrar”.

NA MADRUGADA SEGUINTE, levantou-se Abraão e preparou o seu jumento. Levou consigo dois de seus servos e Isaque, seu filho. Rachou lenha para o sacrifício e foi com eles para o lugar que Deus lhe tinha indicado. – Gênesis 22. 1-3


Hoje o texto de referência foi mais longo um pouquinho, mas como perceberam, eu frisei bem a parte em que diz ”Na madrugada seguinte...” em outra versão diz “Na manhã seguinte...”. Mas enfim, o que quero destacar aqui é sim a questão do sacrifício que Abraão iria fazer, mas também o tempo em que ele levou para fazer tal sacrifício.

Abraão amava Isaque, até porque além de ser seu filho, Isaque era o sorriso de Abraão. Se pesquisarmos o significado de Isaque veremos que significa riso.

E olha só a complexidade do que Deus pediu a Abraão, sacrificar o seu riso, matar o seu riso. E quantas vezes Deus nos coloca à prova pedindo o nosso sorriso? E nós relutamos pedindo pra que Deus desista dessa “loucura” e nos deixe com o nosso sorriso... mas Abraão não fez assim, Deus falou com ele e na madrugada seguinte ele já foi preparando as coisas para sacrificar o seu Isaque.


Porém nós na maioria das vezes relutamos dias, meses, anos... Segurando o Isaque com tanta força... Tudo isso, porque não confiamos plenamente no Deus o qual gritamos aos quatro ventos que servimos e adoramos.

Abraão não demorou, não é porque ele era o bonzão, o santarrão, o “diferentão”, mas porque ele confiava em Deus, tinha relacionamento com Ele, intimidade. Por isso ele não tardou em cumprir a ordem dada por Deus.

Então lindezas do meu coração, quando Deus pedir algo a vocês, ainda que seja o motivo da sua alegria, entregue! Não questione! Apenas entregue!

Eu já experimentei isso em minha vida e posso dizer com toda sinceridade, não é fácil! Não mesmo! Eu fui uma das que demorou pra entregar. A gente vai entregando as pequenas porcentagens do Isaque (risos), e Deus vai pedindo para entregar tudo. Cada dia que passa vai ficando mais difícil largar aquilo que você tanto ama. Mas acredite, quando você entrega tudo, Ele te surpreende de uma forma extraordinária! Aconteceu com Abraão e aconteceu comigo. 


Creia! Vai acontecer com você também! Mas antes, é necessário abrir mão. Não é fácil, mas vale a pena confiar na provisão do Senhor.  

“Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho. Abraão deu àquele lugar o nome de O Senhor Proverá. Por isso até hoje se diz: No monte do Senhor se proverá.” - Gênesis 22. 13-14

 Por hoje é isso meus amores, que Deus abençoe vocês e até a próxima!

Beijos da Kah :* 


0 Comentários em "Abraão, o "Diferentão"?"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10