O dilema


Salmos: 17. 8. Protege-me como a pupila dos teus olhos, abriga-me à sombra das tuas asas protetoras,

Sua filha recém nascida estava em seus braços, aproveitando para dar um banho de sol.
Seu filho andava de bicicleta na rua tranquila e um filme passou em sua cabeça. 
" E se ele sinalizasse que cairia, ficasse claro que não tinha mais equilíbrio, como socorrer se já tinha uma bebê nos braços"
Os pensamentos foram embora, seu filho ainda de pé se divertia e a bebê aproveitava a luz vespertina.

Várias situações diante de nós, e por vezes temos de escolher com o que se preocupar, mas o Eterno deseja que deixemos todas diante dEle.
Em Tuas mãos há proteção para todos seus filhos, não há nada que possa sair de seu cuidado.
Nessa semana não se preocupe com o que segurar, entregue tudo para Ele.

Graça e Paz!

—Felipe Tibúrcio

0 Comentários em "O dilema"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS