Vós sois o sal da terra

Vós sois o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, com o que se há de temperar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens. – Mateus 5:13

Bom dia, boa semana, paz turma do blog!!!

Eu acho o máximo as analogias da Bíblia. Vejam só essa: Somos sal da terra. Quando pensamos no sal como tempero é bem claro que pouco sal deixa a comida “sem graça”, sem gosto. Por outro lado, muito sal, além de deixar a comida com um gosto ruim, faz bastante mal pra gente. O sal deve ser usado sempre na medida certa, ou, vamos estragar as coisas.

Neste caso, o versículo nos da um alerta! O sal é um agente transformador da comida, e, nós, da sociedade e de todo ambientes onde estamos inseridos. E o que isso quer dizer? Meus manos e minhas manas, muita, mas muita coisa.

Temos falado muito por aqui sobre como o mundo tem se tornado cada vez mais um ambiente hostil aos cristãos que verdadeiramente ainda guardam e pregam os valores do Reino de Deus. Nós sabemos que muitos já não guardam, vivem como qualquer ímpio vive, mas nós, temos sofrido ataques de todos os lados. Vemos diversas ideologias que militam contra nossos valores, contra o que a Bíblia ensina, contra o reino de Deus, e cada vez mais temos sido quase que obrigados a nos calar diante disso, ou somos chamados de fanáticos, lunáticos, “algumacoisafobicos”, mas, e então? Devemos mesmo nos calar e só deixar acontecer?

Portanto, bom é o sal, mas ainda ele, se perder o sabor, como restaurá-lo? … -- Lucas 14:34

A resposta está aqui. Quando somos cristãos e não fazemos “efeito” algum aonde estamos, somos como o sal que não tem gosto: Não servimos pra mais nada, aliás, nesse caso, servimos sim: “somente para ser pisado pelos homens”, e não é isso que Deus espera de nós, não é pra isso que estamos aqui.

Temos um objetivo na Terra, e não podemos viver aqui pensando que esse objetivo é frequentar a igreja aos domingos, os grupos de oração, andar em comunhão com os irmãos e só. Não, de forma alguma, na verdade é muito mais e tudo isso: Estamos aqui para sermos sal, para dar gosto a essa coisa toda, para sermos agentes de transformação e não pessoas inertes e alheias a todos os absurdos que acontecem a nossa volta.

É possível comer sem tempero o que é insípido? Há sabor na clara do ovo sem sal? – Jó 6:6. Meus manos e minhas manas, o mundo, sem a ação da igreja como transformadores é isso: Uma clara de ovo sem sal. Já comeram? Nem tentem. Não é bom. Assim como o mundo não é bom. Nós não podemos nos calar, não podemos nos misturar a multidão dos que nunca reagem, dos que não ficam indignados com coisa errada, corrupção, roubos, prostituição, ideologias contrárias aos valores de Deus, nós somos o sal da terra, nós estamos aqui pra fazer efeito, pra temperar, pra mudar, pra transformar.

“O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons.” – Martin Luther King (pastor e um dos ativistas políticos mais importantes dos Estados Unidos.)

O que preocupa é o silêncio dos bons. O que preocupa é o sal que já não se importa mais em dar sabor. Que não sejamos jamais contados entre esses, meus caros, afinal, os covardes também não herdarão o reino dos céus. 


Vinicius Aguiar 

0 Comentários em "Vós sois o sal da terra"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10