O malabarista

Provérbios: 25. 13. Como o frescor da neve num dia de ceifa é o mensageiro fiel para quem o envia: ele reconforta a vida do seu senhor.

Um dia como esses últimos que estávamos tendo, um calor escaldante, mas uma missão. Cada semáforo fechado era mais uma oportunidade de conseguir algumas moedas.
Poucos sabiam mas ele tinha duas crianças pequenas em casa, sem conseguir emprego, a solução era fazer malabares, o pouco que conseguia não deixava faltar o leite em casa.
Mas não podia dispor de gastar algo que fosse ao longo do dia, ele trazia de casa tudo que precisava.
Uma surpresa o aguardava no meio do dia, uma menina não lhe deu moedas, mas sim uma garrafa de água gelada e uma fruta, o sorriso sincero dela, refrigerou mais que a água.

Quantas porções de refrigerio você distribui por dia?
Nesse mundo desértico, onde pessoas são cada vez mais más, entregamos o que elas merecem ou aquilo que não esperam, que vai de encontro as suas fraquezas para torna las mais fortes, serem curadas, tratadas?
Dentro de nós há uma fonte de água pura e refrigerante, não podemos guardar só para nós.

0 Comentários em "O malabarista"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10