AS AVENTURAS DE ARTHUR # Posso entrar?





Os cinemas da cidade estavam lotados.
Por meses, todos aguardavam a estreia do filme que naquela noite entraria em cartaz; a previsão é que bateria todos os recordes de bilheteria.

Assim, como toda a população da cidade, Arthur estava ansioso por aquele filme. Por horas imaginava como seria o enredo, seus personagens e que final feliz teria.
E naquela noite ele e seus primos, todos um pouco mais velhos, não perderiam por nada aquele filme.

Mas havia um pequeno problema a ser levado em conta: a classificação etária.

Por ser um filme de ação e algumas cenas poderiam ser fortes ou explosivas demais, meninos da idade de Arthur não poderiam assisti-lo; os primos entrariam normalmente, mas Arthur não.
Porém isso não o fez desanimar, pelo contrário, o menino colocou um boné na cabeça afim de parecer um pouquinho mais velho e caminhou com seus primos até o cinema. Ele tinha certeza que com aquelas roupas, pareceria mais velho e entraria normalmente.

Ao chegar e ver a fila gigantesca para assistir a sessão, Arthur tremeu. Conseguiria ele parecer um menino mais velho ou ele perderia a chance de ver aquele tão aguardado filme?
Após intermináveis dez minutos de espera na fila, Arthur e seus primos chegam ao guichê. O rapazes mais velhos facilmente compram seus ingressos, mas ao olhar para Arthur, a atendente se espanta.

Pergunta pela idade do garoto, pois embora estava  parecendo um mocinho, notoriamente se tratava de um menino.
Arthur então confessa sua verdadeira idade, mas pede para que ela o permita assistir ao tão esperado filme.

A atendente sorri... e olhando com uma ternura um tanto materna para o menino, diz que com aquelas roupas, Arthur estava parecendo com o seu filho. A atendente não somente permitiu a entrada de Arthur, mas também pagou o seu ingresso, sua pipoca e seu refrigerante.

Arthur então sorri constrangido por tamanha bondade e adentra a sala de cinema para assistir o grande sucesso de bilheteria que tanto almejava ver.


"Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo, por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus." (Romanos 5:1-2)


Algo bem parecido aconteceu conosco e poucos se dão conta disso.

A graça de Deus por intermédio de Cristo Jesus e de Sua morte redentora, era algo que todos esperávamos; não tínhamos o direito de acesso a esta graça, mas acreditando no sacrifício de Jesus somos justificados pela fé.

Justificação é o ato pelo qual Deus declara justa a pessoa que se chega a Ele através da pessoa de Jesus Cristo. Ele cancela a dívida do pecado em nossas vidas e em seu lugar lança nelas a justiça de Cristo.

Para melhor entendermos... Quando somos justificados pela fé em Cristo, quando Deus olha para nós, não vê nossas fraquezas, nossos pecados, nossas limitações; mas Ele nos vê revestidos da justiça de Seu Filho e por isso a porta da graça se abre para nós e recebemos livre acesso diante do Pai.

A graça de Deus é a fonte da justificação, o sangue de Jesus é a sua base e a fé é a condição para recepção.

Mas nos que deve realmente estar baseada a nossa fé, da qual depende a nossa justificação?


  • Aceitarmos Jesus como Salvador
  • Crermos que Deus enviou Jesus Cristo para morrer em nosso lugar, a fim de nos salvar
  • Crermos que Deus ressuscitou Jesus para nos dar nova vida.


Mesmo nós não tendo o direito, quando nos revestimos da Justiça de Cristo, temos acesso até o Trono do Pai. O que precisamos fazer? Crer! Apenas isso!

A justificação e todas as bênçãos derivadas dela são concedidas através da fé; por isso, Deus deve ser o único alvo da nossa fé.

Sabendo que quando somos salvos pela fé, as boas obras comprovam essa salvação. Não somos salvos porque praticamos boas obras, mas praticamos boas obras porque somos salvos.

No amor de Deus, que para sermos a imagem de Cristo, nos predestinou, chamou, justificou e glorificou

Eliézer Sejač Rodrigues
 



0 Comentários em "AS AVENTURAS DE ARTHUR # Posso entrar?"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10