AS AVENTURAS DE ARTHUR # Pai, cadê meu carrinho?!

Arthur era um menino especial.

Não somente por sua inteligência acima da média, ou por sua incrível criatividade; algumas atitudes do pequeno garoto o tornava diferente da esmagadora maioria. O senso de responsabilidade e o fato de se colocar no lugar do próximo em situações relevantes, mostrava o quanto o menino de 7 anos parecia maduro e tinha uma mente avançada em comparação com outros meninos da sua idade.
É bem verdade que ele vivia sua infância como uma criança normal: corria, jogava bola, se sujava na areia... mas quando o assunto pedia seriedade, o pequeno garoto parecia que se transformava numa miniatura de adulto.

Certo dia ele brincava em um parque da pacata cidade onde morava e avistou algumas crianças brincando com carrinhos de madeira... Arthur encantou-se com aquilo!
Passou a observar os detalhes dos brinquedos e se maravilhava com a possibilidade de ter um daqueles. Em sua mente de criança, já se imaginava com vários carrinhos de madeira parecidos com os que as outras crianças estavam brincando.

Logicamente, quando o menino chegou em casa, correu para contar ao seu pai o que havia visto. Detalhou como eram os carrinhos, contou várias histórias envolvendo os brinquedos - bem verdade que ele também deu uma paparicada no pai - e depois resolveu pedir para que o pai fizesse um carrinho igual para ele.
Após ver a empolgação do filho e a vontade que o menino tinha de ganhar aquele brinquedo, o pai pediu que ele esperasse alguns dias, pois ia preparar um carrinho de madeira tal como o filho havia pedido.

O pai então, secretamente, começou a preparar o brinquedo para o filho. Enquanto Arthur, impaciente como a maioria das crianças, todos os dias perguntava ao pai se o carrinho de madeira estava pronto. Bastava o primeiro raio de Sol entrar pela janela e esquentar o rosto do menino, que Arthur pulava da cama e ia pedir ao pai que lhe desse o carrinho naquele mesmo dia. E assim se passaram algumas semanas... todos os dias Arthur pedia urgência em seu brinquedo, e todos os dias o pai mandava ele esperar só mais um pouquinho.

E finalmente chegou o dia em que o homem havia terminado seu trabalho e entregaria o carrinho para seu filho. Aquele dia se tornaria inesquecível para Arthur.
Arthur, que algumas vezes havia desanimado e até pensado que seu pai não lhe daria o brinquedo que pedira, chegou em casa depois de uma manhã de aprendizado na escola bíblica da sua igreja; e tal foi a sua surpresa quando o pai o chamou e lhe entregou um carrinho de madeira que fez os olhos do menino brilharem. O brinquedo era incrível; com mais detalhes do que Arthur conseguia descrever; muito mais lindo do que todos os outros carrinhos que Arthur tinha visto até então; se alguma vez alguém pudesse dizer que existia um brinquedo perfeito, era este que Arthur abraçava forte contra o peito e olhava como se fosse - e de fato, naquele momento era - seu bem mais precioso.
O carrinho de madeira ficou infinitamente mais lindo do que Arthur havia imaginado. O pai realmente havia caprichado no brinquedo.

Então Arthur, após pedir, ter que esperar e até ter desanimado, pôde desfrutar por muito tempo daquele brinquedo que ele tanto queria.



"Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos..." (Efésios 3:20)

Diversas vezes, nós crentes em Cristo Jesus, nos dirigimos ao nosso Pai Celestial com súplicas, pedidos e implorações. Somos especialistas em pedir pra Deus. Quando se trata de bens materiais, os desejos aumentam e a vontade de logo adquirir o que pedimos é grande.
Lamentamos, choramos e até desanimamos quando nossos pedidos demoram para ser atendidos; vivemos em um momento que tudo o que queremos, deve ser para ontem. Não gostamos de esperar.

Eu não sei o que você tem pedido pra Deus. Não sei em qual área tens insistido para que Ele te abençoe. Não tenho a menor ideia do tempo que estás esperando um determinado presente do Pai. Mas a Bíblia me faz entender, e aqui vou terminando minha brevíssima reflexão, que Deus sempre capricha naquilo que nos dá. Pode ter certeza que Ele não te dará algo "meia-boca".

Confie e espere o tempo de Deus! Ele continua trabalhando! Ele continua tendo o controle de todas as coisas! Ele continua dando o melhor para seus filhos.

Imaginas uma benção grande para teu lar, teu casamento? Ele pode fazer infinitamente melhor do que pensas!
Tens pedido incessantemente por prosperidade em todas as áreas da tua vida? Ele pode te dar mais do que pediste!
Queres um trabalho digno, onde consigas organizar tuas finanças? Ele tem o melhor nessa área para ti.

Não importa qual seja a tua petição; o Pai pode fazer infinitamente mais do que você tem pedido.
Não importa de que forma imaginas a tua bênção; Deus pode fazer abundantemente melhor do que tu pensas.

Confia em Deus e Ele realizará o desejo do teu coração... e ainda muito, muito mais além do que desejas.

No amor de Cristo,
Eliézer Sejač Rodrigues

0 Comentários em "AS AVENTURAS DE ARTHUR # Pai, cadê meu carrinho?!"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10