O que eram as "BOLOTAS" que o filho pródigo queria comer?

Bolotas
Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a Ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. (Apocalipse 1:4-6)

Eita lá! Eita lá! Eita lá!

"E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada." (Lucas 15:16)

Você conhece a parábola do filho pródigo e já deve ter se perguntado o que seriam essas BOLOTAS citadas no texto bíblico. Talvez já pensou que fosse algumas espécie de comida nojenta ou "lavagem" que vemos os nossos porcos daqui comerem.

Mas a bolota nada mais é do que um fruto produzido por árvores da família do carvalho, que servem de alimentos aos porcos e servem para dar um sabor especial à sua carne.
Era isso que os porcos comiam (e ainda comem em várias partes do mundo); era com isso que o filho prodigo desejava se alimentar.


Algumas outras traduções dizem que o filho pródigo desejava se alimentar com as ALFARROBAS que os porcos comiam.

Tais alfarrobas crescem na alfarrobeira , uma atraente árvore que cresce em toda a Palestina, bem como no resto da área do Mediterrâneo. A árvore atinge uma altura de até 9 m, tendo pequenas folhas reluzentes. Os frutos ou vagens possuem brilhante casca de cor purpurino-castanha, e têm a forma curva dum chifre. Medem de 15 a 25 cm de comprimento, e cerca de 2,5 cm de largura. Dentro deles há várias sementes parecidas com a ervilha, separadas umas das outras por uma polpa comestível, doce e pegajosa. As alfarrobas são amplamente usadas até o dia de hoje como alimento para cavalos, gado e porcos. Utiliza-se o enxerto das árvores para produzir uma qualidade de alfarrobas que também as pessoas comem.


Vagens de alfarrobas

No amor de Cristo,
Eliézer Sejač Rodrigues


21 Responses to "O que eram as "BOLOTAS" que o filho pródigo queria comer?"

  1. a paz que excede os corações seja convosco, pesquisei na enciclopédia e confirmei aqui neste site, continuen tirando duvidas de quem precisa, desde ja agradeço um abraço

    ResponderExcluir
  2. Parabéns.. Obrigada me prestaram grande ajuda
    Esclarecendo o significado da alfarroba
    No meu caso uso muito alfarroba para subtistituir o chocolate em coberturas de bolos
    E etc

    ResponderExcluir
  3. Parabéns.. Obrigada me prestaram grande ajuda
    Esclarecendo o significado da alfarroba
    No meu caso uso muito alfarroba para subtistituir o chocolate em coberturas de bolos
    E etc

    ResponderExcluir
  4. Obrigada ,eu sei que o filho pródigo na parábola de Jesus, o moço desejava comer aquele alimento dos porcos,mas não tinha a idéia que era uma árvore que produzia essa bolota.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada ,eu sei que o filho pródigo na parábola de Jesus, o moço desejava comer aquele alimento dos porcos,mas não tinha a idéia que era uma árvore que produzia essa bolota.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. BOLOTAS OU ALFARROBAS. ME PARECE SEMENTES DE ÁVORES DIFERENTES.
    ALFARROBAS: ALFARROBEIRAS, BOLOTAS FRUTOS DO CARVALHO.Eu não fiquei satisfeita. As bolotas seriam as sementes da alfarrobeiras, se forem sementes diferentes há discrepância na Biblia, se uma traduçao escrita pelo João Ferreira de Almeida ARC diz bolotas, ARA afinal de contas o que foi que o autor da tradução realmente escreveu, pelo que entendi são sementes diferentes. Ou o autor do site precisa pesquisar mais, esse assunto esta muito confuso. João Ferreira de Almeida não está vivo para dize o que realmente escreveu. Dá impressão que esta havendo manipulação nas traduções.

    ResponderExcluir
  8. Eu não fiquei satisfeito. As bolotas seriam as sementes da alfarroveiras, se forem sementes diferentes há discrepância na Biblia, se uma tradiçao escrita pelo João Ferreira de Almeida ARC diz bolotas, ARA afinal de contas o que foi que o autor da tradução realmente escreveu, pelo que entendi são sementes diferentes. Ou o autor do site precisa pesquisar mais, esse assunto esta muito confuso. João Ferreira de Almeida não está vivo para dize o que realmente escreveu. Dá impressão que esta havendo manipulação nas traduções.

    ResponderExcluir
  9. Bom existe dois tipos de narrativa,e claro que o mais importante e o significado desta parabola,porque o filho prodigo com fome deseja se alimentar com o alimento dos porcos,isso quer dizer que muitas vezes as pessoas que se afastao de Deus,que se desviao do caminho reto e perfeito de Deus, venhao a sentir fome,mas isso e porque a alma sente fome e fome da palavra,porque o Senhor Jesus mesmo falou que nem so de pao vivera o homem, mas sim de toda a palavra que sai da boca de Deus,a alma tambem sente sede, o Senhor tambem falou que a agua que ele tinha para dar se faria uma fonte,dentro do homem que jorraria e jamais sentiria sede,a alma tambem sente frio,e e aquesida com o calor do Espirito Santo,nao de as perolas aos porcos,ou seja quando o homem esta longe dos caminho do Senhor quando ele escuta uma musica mundana,que fala de Deus ou que fala da grandesa de Deus,logo aquela pessoa que esta na mesma situaçao do filho prodigo se alimenta daqueles trechos da musica que fala de Deus ou de alguma coisa ligado a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  10. A minha próxima pregação eu irei citar para a Igreja o que era as bolotas que o filho pródigo desejor comer

    ResponderExcluir
  11. A minha próxima pregação eu irei citar para a Igreja o que era as bolotas que o filho pródigo desejor comer

    ResponderExcluir
  12. Gostei dá explicação.
    Deus abençoe irmão.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS