O cristão deve se unir às manifestações ou deve ficar de fora dessa?

Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a Ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. (Apocalipse 1:4-6)

Eita lá! Eita lá! Eita lá!

Nos últimos dias, milhares de brasileiros estão saindo às ruas para protestarem contra o governo e contra alguns abusos cometidos: aumento na passagem de ônibus, condições precárias na saúde pública, educação de baixa qualidade, etc... Enquanto nada é investido para melhorar questões básicas dos brasileiros, bilhões estão sendo gastos com estrutura para realização da Copa do Mundo de futebol.
A campanha que se iniciou nas redes sociais ganhou as ruas e como diz a hashtag usada por muitos dos manifestantes: #OGiganteAcordou 
O povo que até então assistia o governo fazer o que bem entendia com o dinheiro público, despertou do sono e reagiu. Em várias capitais de estados e outras cidades, as manifestações estão a todo vapor e já se vê alguns frutos dessa atitude da população. É bem verdade que enquanto a maioria esmagadora protesta de forma civilizada, uma minoria se infiltra na multidão e pratica atos de vandalismo.
Mas a questão da vez é: Os cristãos devem sair às ruas e se manifestar?
Andei lendo e ouvindo bastante coisas e darei meu parecer a respeito disso.

Alguém citou o trecho de Romanos 13:1 "Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas." 


Precisamos entender uma única coisa: Nós, o povo brasileiro, é quem estamos sendo desrespeitados. Estamos simplesmente cobrando os nossos direitos. Pagamos impostos, tributos e somos pagos com péssima qualidade nos órgãos públicos.
Vale lembrar que quando o apóstolo Paulo estava para ser açoitado sem julgamento, ele apelou para a justiça. Ele sendo cidadão romano, teria que antes ser julgado NUM TRIBUNAL SECULAR, para somente depois caso condenado, ir para a prisão e ser açoitado. (Atos 22:24-30)

Minha posição é: lute por melhorias, reivindique o que é seu por direito, manisfeste-se, proteste... Mas, cuidado!
Faça tudo com ordem e com decência... e super importante não causarmos escândalos.
Essa é uma questão, de certa forma, bastante pessoal. Não deixe que ninguém tire seu direito de ir e de vir, e muito menos o seu direito de se manifestar contra os males da sociedade.

No amor de Cristo,

0 Comentários em "O cristão deve se unir às manifestações ou deve ficar de fora dessa?"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10