Dinheiro!? Pra quê dinheiro?!

Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a Ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. (Apocalipse 1:4-6)

Eita lá! Eita lá! Eita lá!

Não! Não irei falar sobre dízimos, ofertas e nem sobre o amor ao dinheiro ser raiz dos males. Veremos algumas curiosidades sobre o dinheiro na Bíblia.
Como era o dinheiro no tempo bíblico?
Qual o valor atualizado de cada um?
Vejamos uma breve lista de dinheiros e curiosidades.

O SICLO (Êxodo 30:13) valia cerca de seis centavos de real (R$ 0,06). Metade desse valor , ou meio siclo, era a oferta ao Senhor pela expiação de suas almas.
A DRÁCMA (Lucas 15:8) era uma moeda de prata equivalente a cerca de vinte e dois centavos de real. (R$ 0,22)
O ESTÁTER (Mateus 17:27) era uma moeda grega equivalente a cerca de quatro dracmas ou cerca de oitenta e oito centavos (R$ 0,88). Lembrando que foi esse o valor que Pedro encontrou na boca do peixe e pagou o tributo por ele e por Jesus.
A MINA (Lucas 19:13) não era uma moeda, mas sim uma parte da unidade monetária grega, equivalente a cem dracmas ou vinte e dois reais (R$ 22,00). Foi esse o valor que cada um dos servos recebeu para negociar na parábola dos 10 servos e das 10 minas.
O TALENTO (Mateus 18:24) era uma moeda grega que valia quase três mil reais (R$ 3.000,00).
O DENÁRIO (Mateus 18:28) era uma moeda de prata do grande império romano. Em tempos normais seu valor era de uns quarenta centavos, mas depois sofreu uma desvalorização, durante o domínio de Nero, chegando a valer apenas uns vinte e dois centavos (R$ 0,22)
Na parábola dos dois devedores, o servo não quis perdoar seu conservo pelos vinte e dois reais (R$ 22,00) que esse lhe devia; no entanto o rei lhe havia perdoado cerca de trinta milhões de reais (R$ 30.000.000,00).
O ASSE ou CEITIL (Mateus 10:29) era uma moeda romana que tinha o valor de dois centavos (R$ 0,02) e dava para comprar dois passarinhos.
O QUADRANTE (Marcos 12:42) era uma moeda romana de cobre que valia metade de um centavo. Essa foi a oferta que a viúva depositou na arca do tesouro.
Calcula-se que o presente que Naamã ofereceu a Eliseu, do qual Geazi erroneamente se apropriou, equivalia a uns noventa e cinco mil reais (R$ 95.000,00). (II Reis 5:23)
Judas vendeu a Jesus por 30 moedas de prata, equivalentes a menos de quarenta reais (R$ 40,00). (Mateus 26:15)
O preço pelo qual os irmãos de José o venderam por 20 moedas de prata, que correspondia a uns vinte e cinco reais (R$ 25,00). (Gênesis 37:28)

Essa é nossa curiosidade da semana. Espero que vocês tenham gostado.
Semana que vem eu volto com mais alguma coisa curiosa, engraçada ou diferente. Ou não, vai que eu seja demitido. Se for demitido, cobrarei na justiça minhas drácmas. hahaha
Mas, agora vou indo; ou como diria nossos hermanos bolivianos: "Pero, ahora me voy!"
Até breve... Que Deus vos abençoe e continue prestigiando todos os demais texto do O Semeador no decorrer da semana.
Em Cristo, que nos resgatou pagando alto e incalculável preço

0 Comentários em "Dinheiro!? Pra quê dinheiro?!"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS