Acalme-se


Se ele aquietar, quem então inquietará? (Jó 34.29.) 
Existe um tipo de calma que se manifesta em meio à fúria do temporal. Vamos navegando tranqüilamente; Ele está conosco no barco, ao chegarmos ao meio do lago, longe da terra, sob a escuridão da noite, de repente levanta-se uma furiosa tempestade. A terra e o inferno parecem estar aliados contra nós, e cada onda parece que vai tragar-nos.
Mas ali Ele desperta do Seu sono e repreende as ondas; Sua mão levantada traz bênção e repouso sobre a ira dos elementos em tumulto. E a sua voz faz-se ouvir acima do silvo dos ventos que crispam as águas: "Cala-te, aquieta-te".
— Você não a está ouvindo? Segue-se depois uma grande bonança. "Se ele aquietar..." Existe uma calma que está presente, mesmo quando não sentimos consolações.
Algumas vezes Ele retira de nós esses sentimentos, porque começamos a dar-lhes muito valor. Somos tentados a olhar para o gozo, para os êxtases, para os transportes e visões, com uma atenção um tanto especial. Então ele, por nos amar muito, os afasta de nós.
Mas por Sua graça, nos leva a distinguir entre os sentimentos e Ele mesmo. Chega-Se a nós e nos assegura de Sua presença. E uma grande calma nos vem guardar o coração e a mente. "Se ele aquietar, quem então inquietará?"

                   Trecho retirado e adaptado do livro: Mananciais no deserto (Lettie B. Cowman)

Por: Camila Scherrer


Ótima semana à todos!
Fiquem com Deus


1 Response to "Acalme-se"

  1. Louvo a Deus pela sua vida!
    Deus a abençoe e continue usando-a grandemente para Tua obra!
    A paz.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10