Você conhece Jesus? (Parte II)

Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a Ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. (Apocalipse 1:4-6)

Eita lá! Eita lá! Eita lá!

Pela infinita bondade e misericórdia de Deus, mais uma vez vos escrevo. Continuaremos a meditar sobre Jó 42:5: "Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram." 

Na última semana, escrevi sobre aqueles que conhecem a Deus apenas mediante aquilo que leem; mas a lista dos que tem um pseudo-conhecimento de Deus vai além. Hoje veremos algo referente aos que conhecem Deus apenas pelo que ouvem.

Espero que esse texto lhe cause reflexão, do mesmo modo como fez eu parar e pensar sobre a forma como conheço a Deus.

Eu ouvi dizer certa vez, que um casal aqui de Itajaí/SC foi cantar em um congresso no oeste catarinense e que no domingo pela tarde, foram convidados à ir na casa de um pobre senhor da pequena cidade em que estavam. Chegando lá, observaram a triste realidade daquele homem: além da pequena condição financeira, ele também tinha uma grave debilitação física. Estava há vários anos em uma cadeira de rodas, sem poder andar. Esse casal, durante a visita, cantou alguns louvores a Deus e foram impulsionados a cantar um louvor relatando o milagre do "Tanque de Betesda". Para surpresa e alegria de todos os presentes, na metade do louvor, aquele homem saltou da cadeira de rodas e começou a saltar dentro de casa e a caminhar, para a honra e a glória de Deus.

Outro dia eu ouvi dizer que uma moça estava varrendo sua casa e ouvindo alguns louvores, quando ela foi tomada pelo Espírito Santo e teve uma visão muito linda. Nessa visão ela viu uma espécie de teatro como o tema "Soldado Ferido" e a igreja era renovada através daquela encenação. Ela colocou aquela visão em prática e, através do teatro realizado, dezenas de almas aceitaram a Jesus como seu Salvador. 

Ainda ouvir dizer de uma menina com um grave caso de depressão, causado por diversas brigas entre seus pais, pela ausência de seus familiares, pela exclusão dos amigos e professores. Todas essas dificuldades, unidas ao falecimento de um grande amigo, fizeram-na desejar a morte várias vezes. Mas Deus é Deus que vê o que está no oculto, Ele sonda os corações, conhece as intenções e esquadrinha os pensamentos; e numa tarde usou uma jovem para falar ao coração dessa jovem, curando toda a depressão e fazendo com que ela fosse totalmente liberta desse mal.

Me contaram também de uma menina que com 5 meses de idade caiu do colo de sua avó e bateu violentamente com a cabeça no chão. Após ser internada e estar correndo risco de morte, por ter afetado gravemente sua cabeça na queda, um homem desconhecido entregou um bilhete para sua avó que dizia: "Esta enfermidade não é para morte, mas sim para a honra e glória do Senhor". Milagrosamente, dias depois a menina voltou para casa, não ficou com nenhuma sequela devido ao acidente e, mais uma vez, o nome do Senhor foi glorificado.

Me falaram que certa jovem se via aflita ao ver sua mãe desesperada em sustentar a casa, visto que seu pai estava desempregado. Então ela entrou em seu quarto e orou a Deus, pedindo que Deus desse à ela um emprego para ajudar sua mãe; e em sua petição, pediu com detalhes o emprego que gostaria de ter, citando questões como área de atuação e até salário pretendido. Depois de um mês orando e jejuando por essa causa, ela sonhou que trabalharia em uma empresa próxima a sua casa e, nesse sonho, via outros quatro funcionários trabalhando. Algumas semanas depois ela foi chamada para uma entrevista na mesma empresa que sonhou e o número de funcionários do escritório eram exatamente os quatro que ela viu no sonho. Ela conseguiu o emprego e a situação financeira da família melhorou através disso. Realmente Deus cuida de cada detalhe de nossas vidas e Ele é Jeová-Jireh, o Deus da providência, que em nenhum momento abandona Seus filhos.

Eu também ouvi falar de uma menina que, tendo uma família linda, preferiu os prazeres do mundo e se entregou aos desejos imorais de uma geração corrompida e depravada que é a que vemos hoje. Após se perder dos princípios, valores, moral e ética que havia sido criada, chegando ao ponto de não dar nenhum valor para a família, ela teve sua vida transformada pelo Espírito Santo e foi resgatada da podridão desse mundo; as coisas velhas se passaram, tudo se fez novo. Ela foi "lavada, santificada e justificada em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" sendo hoje uma nova criatura e refletindo como um espelho a glória de Deus. Mais uma vez, Deus restaura uma vida e nos mostra que há esperança para essa geração. Aleluia! Ele ainda transforma vidas, nos tira do lamaçal de pecado e nos dá o direito de sermos chamados FILHOS DE DEUS. Pois Deus amou o mundo de tal maneira, que entregou o seu Filho unigênito para que TODO aquele que nEle crê, não pereça, mas tenha a vida eterna.

E nós? Também temos experiências com Deus para contar? Ou ficamos somente como ouvintes das experiências de outros e não procuramos ter uma maior intimidade com o Pai?

É... temos ouvido tantas experiências maravilhosas, mas muitos de nós não temos tido experiência nenhuma com Deus. Com nossos ouvidos temos ouvido a respeito das maravilhas que Deus faz, mas em nossas vidas não tem acontecido nada.

Não oramos, não jejuamos (muitos nem sabem o que é isso), não buscamos a Deus e ainda temos a cara de pau em dizer que servimos e conhecemos a Deus. Falar de Jesus para que outros O conheçam, nem pensar; se nem nós o conhecemos de fato, como falar dEle à outros?

Que Deus tenha misericórdia de nossas miseráveis vidas, onde pensamos conhecer ao Deus Todo-Poderoso, mas não temos andado com Ele, a ponto de não termos nenhuma experiência sobrenatural para contar e ficamos apenas como meros ouvintes do poder divino.

Que possamos buscar conhecer, de verdade, a esse Deus, ser cheios do Espírito Santo e caminhar ao lado de Deus, fazer a Sua vontade e levar outras pessoas a entenderem o poderio, a glória e a majestade dEle.

Você pode dar sua opinião, crítica ou sugestão através do comentários ou me procurar no Facebook Eliézer Sejač Rodrigues.
Para ver a primeira parte desse texto, falando sobre os que conhecem Jesus apenas por aquilo que leem a respeito dEle, leia o texto Você conhece Jesus? (Parte I)

Em Cristo,  o qual devemos conhecer e prosseguir conhecendo (Oséias 6:3a)



0 Comentários em "Você conhece Jesus? (Parte II)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10