O rosto de Cristo (Feliciano Amaral) # Toma a tua cruz (Leila e Neiva)

Por Queila Freitas


Olá! Que a paz de Cristo Jesus esteja com você!

Hoje no “Baú Musical” vamos relembrar (ou conhecer) mais dois hinos; o primeiro deles, interpretado por Feliciano Amaral, “O Rosto de Cristo”. Fala sobre o privilégio que muitos tiveram de ver Jesus bem de pertinho quando Ele andou nesta terra, muitos tentam reproduzir a sua gravura e pintam em quadros um Cristo sofredor, mas se esquecem que ao terceiro dia Ele ressuscitou, Ele está vivo! Aleluia!!
Um dia vamos ver nosso Jesus face a face quando Ele vier arrebatar a sua igreja.

Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados. (I Coríntios 15:51-52)


O Rosto de Cristo

Sempre que eu leio a história de Cristo 
Eu fico a pensar com grande emoção 
No privilégio que muitos tiveram 
De ver o Seu rosto, sentir Sua mão.
Eu também queria a mesma alegria 
De vê-Lo bem perto, bem junto a mim 
E olhar os Seus olhos, serenos e meigos 
E como eu seria tão feliz assim.

Queria saber como era o Seu rosto 
Embora eu sinta que era mui lindo 
Inspirava fé e também confiança 
E dava a todos um gozo infindo.

E ao ver as gravuras, os quadros pintados 
Daquilo que dizem ser o meu Senhor 
Meu ser não aceita o que está na tela 
É falsa a inspiração do pintor.

Não creio, não creio, num Cristo vencido 
Cheio de amargura, semblante de dor 
Eu creio num Cristo de rosto alegre 
Pois creio num Cristo que é vencedor.

E um dia também O verei face a face 
E assim eu creio, pela minha fé 
Ó aleluia! Verei o Seu rosto 
Verei a Jesus, como Ele é 
Ó aleluia! Verei o Seu rosto 
Verei a Jesus, como Ele é.

O próximo hino tem por título “Toma a tua cruz”, interpretado por Leila e Neiva. Este belo cântico nos faz lembrar do sacrifício que temos que fazer todos os dias, todas as horas, todos os minutos e segundos, de negar o nosso “eu”, nosso querer, nossa vontade e fazer a vontade de Cristo.

Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. (Mateus 16:24-25)


Toma a Tua cruz

Andava eu em longa estrada um dia,
E nela um peregrino vi,
Pesado fardo aos ombros Ele trazia,
A cruz eu bem reconheci.


Tua cruz vai toma e segue-me
Ouvi dizer Jesus a mim
Posso eu deixar de me sacrificar, tendo Ele sofrido assim?


Clamei Senhor quão grande é teu sofrer,
Mas o meu nome proferiu
Quis arranca-lo dos opróbrios mil
Foi meu pecado que o atraiu


Tua cruz vai toma e segue-me
Ouvi dizer Jesus a mim
Posso eu deixar de me sacrificar, tendo Ele sofrido assim?


A cruz e minha vida vou levar
Até a coroa receber
Finda esta jornada perto está
Bem logo a Cristo eu hei de ver



Até a próxima semana.
Deus abençoe você!

0 Comentários em "O rosto de Cristo (Feliciano Amaral) # Toma a tua cruz (Leila e Neiva)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS