Se creres, verás a glória de Deus!

"Ao chegar, Jesus verificou que Lázaro já estava no sepulcro havia quatro dias." (João 11:17)

"Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono;
E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,

E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém." 
(Apocalipse 1:4-6)


Na cidade de Betânia, existia uma família que Jesus amava: Marta, Maria (aquela mesma que derramou perfume sobre o Senhor e enxugou com seus cabelos - Mateus 26:6-13) e Lázaro. Aconteceu que esse Lázaro adoeceu e suas irmãs mandaram avisar a Jesus. 

Jesus então ficou mais dois dias no lugar onde estava e somente depois decidiu ir à Betânia visitar seu amigo. Acontece que quando chegaram na casa daquela família, avisaram-no (porém, Ele já sabia) que Lázaro havia falecido. E, para agravar a situação, já fazia alguns dias que o homem tinha entrado em óbito.

Eu fico imaginando Marta e Maria conversando depois que sepultaram Lázaro...
-Maria, esquece! Jesus não vai vir! Já se passaram três dias, Maria! Três dias que Lázaro faleceu e ele, desprezando nossa amizade, não apareceu sequer para nos confortar da perda de nosso irmão.

Mas no quarto dia, Jesus apareceu. Assim que Ele chegou em Betânia, Marta logo saiu ao seu encontro e nesse encontro, Marta teve sua fé engrandecida pela palavras que Jesus lhe disse. (João 11:20-27)

Ela então, confiante, chamou sua irmã Maria e avisou-a que Jesus a chamara, fazendo com que Maria se levantasse rapidamente e corresse em direção do Mestre.

Embora as duas irmãs confiassem em Jesus e acreditassem que Ele era o Messias enviado, por certo haviam dúvidas quanto a Lázaro voltar a viver ou permanecer morto. Afinal, já tinha se passado quatro dias que ele estava na sepultura. Elas viram Jesus chorando junto a sepultura de Lázaro; as esperanças tinham se acabado.

Existia uma tese entre os rabinos da época que por um período de três dias, o espírito do falecido ficava rondando seu corpo, afim de encontrar uma oportunidade de retornar ao corpo. Três dias! Mas Jesus chegou no quarto dia! Aos olhos dos que consolavam a família, tarde demais. Portanto, segundo o conhecimento de todos, não haveria possibilidade de o morto voltar a viver. Ao vermos a afirmação de Marta (João 11:24), percebemos claramente que ela também já havia perdido as esperanças.

A Bíblia nos relata algumas pessoas que voltaram a viver. O próprio Jesus ressuscitou o filho da viúva de Naim e a filha de Jairo. Elias e Eliseu também foram usados por Deus para trazer pessoas de volta à vida. Mas em nenhum lugar na Bíblia ou na história secular, vimos alguém morto a quatro dias, em estado de deterioração, a ponto de cheirar mal, sendo fisicamente ressuscitado  dentre os mortos.

Mas ali estava o Filho de Deus, o Salvador da humanidade, o Messias prometido. Ali estava o que seria o primôgenito dos mortos; ali estava o especialista em causas impossíveis; ali estava Jesus. E após ordenar que a pedra posta na abertura da caverna fosse removida, Jesus olhou para o céu, agradeceu ao Pai por novamente tê-lo ouvido e bradou para que seu amigo Lázaro saísse.

E, após quatro dias morto; após as esperanças de todo fenecerem; após parecer não haver mais solução, Lázaro ouve a voz de Jesus e voltou a viver. ALELUIA! Mais uma vez o sobrenatural de Deus aconteceu através de Seu Filho Jesus e muitos dos judeus que ali estavam, creram nEle.


Existem tantas situações que enfrentamos, que parecem que não há esperanças de sairmos vitoriosos; ou o milagre parece que não irá acontecer.
As nossas forças se desvanecem e parece que Deus não ouve nossas preces. Os dias vão se passando e pensamos que Jesus não virá em nosso socorro.
Mas o que o Eliézer quer que vocês entendam, é que Deus está no controle de tudo. Ele sabe exatamente quando vir até nós e nos dar aquilo que precisamos. Aos nossos olhos, pode demorar um pouco para Ele vir; mas vale a pena esperar, Ele não nos abandonará em nossos momentos de dificuldades e tribulações.
Mantenha-se firme, descanse tua alma em Deus e espere nEle, pois em breve Jesus virá ao teu encontro e essa tua dificuldade será dissipada pelo poder que há no nome do Senhor. Ouça os passos de Jesus vindo em tua direção e a Sua doce voz falando ao teu ouvido: "Eu não te disse que, se creres, verás a Glória de Deus?" (João 11:40)

Em Cristo, a Ressurreição e a Vida; o  Filho de Deus, que pode - e quer - mudar o rumo da tua história
Eliézer Sejač Rodrigues

3 Responses to "Se creres, verás a glória de Deus!"

  1. Paz amado irmão. Suas postagens são uma bênção. Mas me diz uma coisa, nosso amado irmão Danielson não está mais participando do site? O q houve? Não consigo mais me comunicar com ele, vc tem o face dele? Paz!!!

    ResponderExcluir
  2. Paz, Manu!
    O Danielson depois que casou deu uma sumida, perdi o contato com ele também. E ele havia desativado o Facebook dele... acabou que nunca mais conversamos.
    Fica na paz do Senhor!

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10