Quão bondoso amigo é Cristo (Joseph Scriven)

Por Queila Freitas.

Olá! 
A Paz do Senhor! 

No “Baú Musical” de hoje vamos conhecer uma história muito edificante e que podemos aprender muito com ela, do hino “O Bondoso Amigo”.





Joseph M. Scriven (1819-1896) era irlandês. Era noivo de uma moça pelo qual se apaixonou, um dia antes de seu casamento sua noiva morreu em um acidente trágico de afogamento. Desolado, Joseph partiu de sua terra natal para começar uma nova vida no Canadá. Ele se apaixonou novamente e noivou com Eliza Roche. Mas, mais uma vez, as esperanças e sonhos de Joseph foram desfeitos quando Eliza ficou doente e morreu antes do casamento acontecer. 

Podemos imaginar o tumulto que tomou o coração desse jovem, mas a história nos diz que a sua fé em Deus o sustentou. Ele nunca se casou, mas passou o resto de sua vida doando todo o seu tempo, dinheiro e até mesmo as roupas para ajudar os necessitados espalhando o amor e a compaixão de Jesus onde quer que fosse. 

Ao mesmo tempo em que Eliza morreu, Joseph recebeu a notícia da Irlanda que sua mãe estava doente. Ele não poderia ir para ficar com ela, então ele escreveu “O Bondoso Amigo” e lhe enviou. Pouco antes de Scriven morrer, ele foi visitado por um amigo. O visitante viu a folha de papel que estava sobre uma mesa ao lado da cama. "Você é o autor deste belo poema?" perguntou a Joseph. "Eu e o Senhor escrevemos juntos", foi a resposta.
Como resultado desta visita, quase 30 anos depois de ter enviado o poema para confortar sua mãe, ele foi publicado em um livro chamado Hinos e outros versos. Logo em seguida, o músico Charles C. Converse (1834-1918) escreveu a melodia para esse poema.

Ira Sankey, músico e companheiro de mistério do pregador D.L.Moody, descobriu este hino em 1875, e o incluiu em sua publicação super conhecida “Hinos de Sankey N°1”. 
De lá para cá “O Bondoso Amigo” tem sido um dos hinos mais conhecido de todos os tempos.

A vida aparentemente triste e obscura de um homem resultou em tantas vidas sendo edificadas e consoladas, e ainda hoje, traz consolo sempre que estas belas e confortantes palavras são cantadas.
Cristo é realmente nosso melhor amigo, com Ele podemos contar a qualquer hora, e ele nunca está ocupado, ele sempre está disponível para nos ajudar, para escutar o que temos a dizer. 

Querido leitor, se estás passando por um momento difícil, corre para falar com Jesus Cristo! Ele te consola! Ele te ama! Ele nos provou isso lá na cruz! Jesus é nosso melhor amigo!

Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. (João 15:13)





O Bondoso Amigo


Quão, bondoso amigo é Cristo! 
Carregou co’a nossa dor, 
E nos manda que levemos 
Os cuidados ao Senhor. 
Falta ao coração dorido 
Gozo, paz, consolação? 
Isso é porque não levamos 
Tudo a Deus em oração.

Tu estás fraco e carregado 
De cuidados e temor? 
A Jesus, refúgio eterno, 
Vai com fé teu mal expor!
Teus amigos te desprezam? 
Conta-Lhe isso em oração, 
E com Seu amor tão terno, 
Paz terás no coração.

Cristo é verdadeiro amigo, 
Disto provas nos mostrou, 
Quando pra levar consigo 
O culpado encarnou. 
Derramou Seu sangue puro 
Nossa mancha pra lavar; 
Gozo em vida e no futuro 
NEle podemos alcançar.



Fontes e Referencias:

0 Comentários em "Quão bondoso amigo é Cristo (Joseph Scriven)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10