Eles Precisam Saber - Resgate



Paz do Senhor, povo abençoado! 
Hoje eu vou postar uma música pra quem curte um bom rock gospel, de certo modo nos alertando para o Evangelismo... 
Ta aí!



Eles só querem saber como é possível viver
Só querem aprender pra poder decidir
Eles só querem entender
Eles só querem sentir a fé que pode existir
Que podem descansar, que podem esperar
E não desfalecer
Alguém precisa falar, eles precisam saber
Que não se vende fé
Saber que Deus não é o que se vê na TV
E eles precisam ouvir só o que Deus quer dizer
Será que ninguém vê que é preciso amar
Eles precisam saber
E eles precisam saber o que é a graça de Deus
Que aquilo que Deus faz, aquilo que Deus tem
Não se pode comprar
Eles precisam saber que Deus pode se mover
Por aquilo que são, por compaixão
E não pelo o que podem dar
Alguém precisa dizer, alguém precisa pregar
Que Ele veio pagar, que Ele veio morrer
Pra que possam viver
Eles precisam de amor, eles precisam ver
Que a inocência traz o risco de pagar
Pelo o que não vão ter
Eles precisam de Deus, eles precisam de paz
Eles não querem pais, não querem faraós
Nem um capataz
Eles precisam saber que agora podem pensar
Que aquilo que Deus vê,
O pregador não vê, o predador não dá
Eles precisam de Deus, eles precisam de mais
Eles não podem ver, eles precisam luz
Precisam enxergar
Eles precisam andar, precisam se libertar
Eles só querem Deus, eles só querem paz
Eles só querem amar
Eles precisam saber que eles não são de ninguém
Que ninguém pode dar e nem manipular
Aquilo que Deus tem
Precisam ver o céu, precisam ver a cruz
Precisam se entregar,
Precisam confessar o Nome de Jesus

Se isto não for amor. (Luiz de Carvalho e Denise) - Foi no Calvário (Denise)

Por Queila Freitas.

Olá!! A Paz de Cristo!!
Tudo bem?

Opaaaa, vamos abrindo nosso “Baú Musical”.
Nossa!! Olha o que encontramos!

“Se isto não for amor”, interpretado por Luiz de Carvalho e Denise.




Se Isto Não For Amor


Deixou o esplendor de sua glória 
Pra vir a este mundo aqui 
Estava só e ferido no Gólgota 
Para dar sua vida por mim

Se isto não for amor, o oceano secou 
Não há estrelas no céu, as andorinhas não voam mais 
Se isto não for amor, o céu não é real 
Tudo perde o valor, se isto não for amor

Mesmo na morte lembrou-se 
Do ladrão que ao seu lado estava 
Com amor e ternura falou-lhe 
Ao Paraíso, comigo irás.

Jesus realmente nos provou o quanto nos ama, quando se entregou para morrer por nós e nos salvar da condenação eterna. Me diga, amigo! Qual amor maior que esse? 
Não tenho nem palavras, quando a letra deste belo hino diz tudo.

Vamos ouvir o próximo hino, que nos fala mais um pouco sobre esse amor, tão grandioso, o maior amor que pode existir.

“Foi no calvário”. interpretado por Denise.




Foi No Calvário


Há momentos 
Que as palavras não resolvem
Mas o gesto de Jesus 
Demonstra amor por nós.

Foi no calvário 
Que ele sem falar 
Mostrou ao mundo inteiro 
O que é o amar.

Aqui no mundo 
As desilusões são tantas 
Mas existe uma esperança 
É que ele vai voltar.


Escute, amigo: Jesus está te esperando para que você desfrute a dimensão desse amor, toda altura, toda largura, toda extensão desse amor. E você só pode desfrutar de toda a plenitude dele, se entregando a Cristo Jesus de corpo, alma e espírito. Se entregue hoje a Deus, Ele quer te salvar! Cristo te chama! 
E você que já é salvo no Senhor Jesus também! O Amor de Deus é um poço sem fundo! Quanto mais se cava mais tem... 
Aprofunde-se na palavra, na oração! 
Deus lhe abençoe!


Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. (Efésios 3:14-19)

Wow Hits 2013

Um dos lançamentos mais aguardados teve seu lançamento no dia 25 de Setembro. 

Wow Hits 2013, é a coletânia de todas as músicas mais tocadas nas rádios cristãs norte-americanas no ano de 2012. Com 30 músicas distribuídas em 2 CDs, e 3 músicas em cada CD Deluxe, os álbuns estão recheados de novidades como Building 429 “Where I Belong,” Casting Crowns “Courageous,” Matt Redman “10,000 Reasons (Bless The Lord),” TobyMac “Me Without You,” Sidewalk Prophets’ “Live Like That,” Group 1 Crew “He Said” (feat. Chris August), Britt Nicole “All This Time". 

Em suma, aguardamos por: 

WOW Hits 2013 
Disc 1 

1. Courageous - Casting Crowns 
2. 10,000 Reasons (Bless The Lord) - Matt Redman 
3. Overcome - Jeremy Camp 
4. Blessings - Laura Story 
5. My Hope Is In You - Aaron Shust 
6. I Lift My Hands - Chris Tomlin 
7. The Hurt & The Healer - MercyMe 
8. Forgiveness - Matthew West 
9. We Are - Kari Jobe 
10. Live Like That - Sidewalk Prophets 
11. Fall Apart - Josh Wilson 
12. Angel By Your Side - Francesca Battistelli 
13. Trust In Jesus - Third Day 
14. Do Everything - Steven Curtis Chapman 
15. Someone Worth Dying For - MIKESCHAIR 
16. BONUS: Only A Mountain - Jason Castro 

Deluxe Edition Only: 
17. Love Come To Life - Big Daddy Weave 
18. Carry Me To The Cross - Kutless 
19. Free - Dara Maclean 

Disc 2

1. God's Not Dead (Like A Lion) - Newsboys 
2. Me Without You - TobyMac 
3. Where I Belong - Building 429 
4. All This Time - Britt Nicole 
5. Lift Me Up - The Afters 
6. Busted Heart (Hold On To Me) - for KING & COUNTRY 
7. Hold Me - Jamie Grace (feat. TobyMac) 
8. Strong Enough To Save - Tenth Avenue North 
9. He Said - Group 1 Crew (feat. Chris August) 
10. Center Of It - Chris August 
11. Good Morning - Mandisa (feat. TobyMac) 
12. One Day Too Late - Skillet 
13. The Redeemer - Sanctus Real 
14. The Light In Me - Brandon Heath 
15. Make A Move - Royal Tailor 
16. BONUS: Banner of Love - Luminate 
17. BONUS: When Mercy Found Me - Rhett Walker 

Band Deluxe Edition Only: 
18. Let Me Feel You Shine - David Crowder*Band 
19. Down - Mat Kearney 
20. Feel It In Your Heart - Abandon 

Para quem ainda não conhece, as coletâneas WOW, e suas ramificações como WOW Hits, WOW Gospel e WOW Worship, tiveram início em 1995 por três grandes companhias de música cristã, EMI Christian Music Group, Provident Music Group, e Word Entertainment. 

Para mais informações: WOWilovechristianmusic.com  

Por Suzianne Raquel 
@suzianneraquel 

Três histórias e um destino


Cada um pode trilhar a própria história e ir ao encontro do seu destino. Mas, às vezes, durante esse percurso, as circunstâncias parecem nos engolir diante de um grande desafio, e acabamos nos perdendo no caminho. Frank é um dedicado líder religioso que se torna obcecado pelo poder e pela ambição desenfreada. O que falará mais alto: o lado espiritual ou a vida material? Jeremias é fruto de uma família desestruturada que aprende na “escola das ruas” a se virar sozinho. Só um milagre poderá salvá-lo de um futuro trágico. Elizabeth foi educada por uma mãe superprotetora, mas, ao conhecer seu grande amor, experimenta, pela primeira vez, a liberdade para a qual não estava preparada. Três histórias diferentes, três pessoas buscando a mesma resposta para seus dilemas: como traçar um novo rumo na vida?

 

 FONTE

Eu já assisti, e gostei muito do fime...Recomendo =)


Se o meu povo... (Pr. Manoel Teixeira)


Oi, gente! Como estão? 

Este último fim de semana foi a festa dos jovens da minha igreja e essa foi a pregação do último dia de congresso, com o "Vô Manoel"! 

Espero que gostem. 
Beijão a todos!




Falsificação

Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. -- 2 Coríntios 11:14

As melhores falsificações são justamente as que mais se assemelham ao objeto a ser falsificado.


Ultimamente, digo, já há meses, parece que o que Deus quer me dizer o tempo todo é “abre o olho” e claro, não vou deixar de compartilhar. Eu sei que o VIGIAR que a Bíblia fala, é quase sempre levado para o lado de relacionamentos e pecados na área sexual; mas o diabo é astuto, ele usa sim essa arma, mas não só essa, e talvez essa nem seja a arma mais “letal” dele, penso mesmo que não seja.

Quando algo é muito “na lata”, quero dizer, um pecado ou algo errado que não se discute, todo mundo sabe que é errado e ponto final, a gente pode até cair, mas se temos um compromisso com Deus, entendemos rápido que vacilamos, nos arrependemos, pedimos perdão e estamos logo em pé de novo. O grande problema são os erros que nem sempre parecem erros, esses me preocupam mais.

Jesus disse o seguinte, que ficou registrado em Mateus 24:24: “Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível, enganar até os eleitos/escolhidos.” Eu não preciso dizer para cristãos protestantes, que aparições de “santas” “imagens’ ou “espíritos desencarnados” e etc são facilmente explicáveis com um só versículo da bíblia: Satanás se disfarça de anjo de luz e do que mais ele quiser se disfarçar, logo, isso não nos confunde, a gente sabe que é artimanha do diabo e, embora muita gente caia nessa, qualquer um que tenha o mínimo entendimento da palavra não vai acreditar em qualquer coisa sobrenatural desse tipo que apareça ensinando doutrina estranha a palavra de Deus. Mas, e quando o ensino é dado por “pastores”, “apóstolos”, “patriarcas”, “profetas” e tantos outros títulos eclesiásticos que temos hoje em dia? Como a gente se defende disso? Como a gente não cai nessa?

Pessoal, um microfone na mão é um perigo, um púlpito então nem se fala. É incrível como as pessoas foram tão ensinadas a obedecer sem indagar, sem questionar, que se algum líder religioso prega um absurdo claramente sem fundamento bíblico, os crentes acatam como verdade absoluta e ai de quem discutir, que não se levante contra um ungido do senhor, que não contrarie o líder estabelecido por Deus. Nós condenamos a igreja romana por fazer a mesma coisa com seus fieis, implantar a cultura do medo, das maldições e todas as outras para dominar o povo e os manter bem “quietinhos” e agora fazemos a mesma coisa com os nossos. Ei, Buda era um líder, o papa também é, a presidente do Brasil também, Hitler um dos lideres mais influentes que o mundo já conheceu, Alan Kardec também foi um líder, eu devo seguir a todos por que foram todos líderes levantados por Deus? Desculpem-me mas Deus não nos ensinou a dizer amém pra tudo que todo mundo diz.

Jesus questionou todos os religiosos de sua época. E por favor, não confundam OUSADIA com REBELDIA. Não estou aqui pregando para que nos rebelemos. A igreja atual/moderna esta “doente” e só não vê quem não quer, mas somos parte dela, não estamos fora do que está acontecendo, fazemos parte disso, o que quero dizer é que precisamos aprender a consultar nas escrituras se o que estamos aprendendo é realmente palavra de Deus, palavra do diabo, ou simplesmente uma opinião/visão pessoal de certo líder denominacional, aí então, tentarmos alertar, falar, abrir os olhos de quem precisar e de quem quiser, é claro.

Já imaginaram se Jesus visse tudo errado nos templos de sua época e ficasse quieto? Já imaginaram se Lutero, em nome da obediência cega à liderança da igreja em sua época se calasse diante dos absurdos que estavam sendo cometidos?

Oremos pelos líderes, oremos por cada crente, oremos para que venha sobre nós um espírito de sabedoria e entendimento da palavra do Senhor, porque, com toda certeza, milagres, sinais e maravilhas aparecerão mais do que nunca em nossos dias, mas, nem sempre vão ser obras do Senhor, e aí, se não estivermos vigiando e de olhos bem abertos, o diabo vai se disfarçar de anjo de luz, de profeta, de televangelista e do que mais for preciso para enganar, se possível, até os eleitos/escolhidos.

Nele, que nos ensinou que a SUA PALAVRA é a única coisa que JAMAIS PASSARÁ;

Vinicius Aguiar 
@Vinyaguiar

Consequências

A Paz do Senhor povo querido de Deus. Hoje iremos falar sobre consequências. As consequências dos nossos atos cometidos sem a direção de Deus.
Deus nos deu o direito da escolha, ou seja, somos livres para decidir. Em nosso cotidiano nos deparamos com centenas de opções, e então escolhemos  algumas delas. Escolhemos o que vamos vestir o que vamos calçar, comer, beber, escolhemos o que vamos assistir, o que vamos falar, escolhemos nossos amigos, escolhemos até com quem nos casar. Enfim nós temos esse direito. Só que muitas vezes extrapolamos desse direito. Ficamos focados no Egocentrismo, valorizamos e priorizamos apenas nossa vontade, nosso ponto de vista, nossas escolhas.
Só por que Deus nos deu esse direito não significa que devemos agir sem buscar a direção dEle. E apesar de tudo isso, o ser humano está acostumado a culpar á Deus pelo o que acontece (pelo que deu errado). E alguns chegam a ser tão ignorantes a ponto de não reconhecerem que a culpa é de si próprio. 
Deus jamais nos deixa sem saída, mas Ele quer que buscamos a solução, a direção e a resposta dEle, por que ele é nosso socorro, independente de qual for a situação, ou o motivo.
“Elevo os meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro?
O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra”.
Sl 121- 1,2
Deus prepara para nós um futuro abençoado, Ele arquiteta cada detalhe para nos fazer feliz, mas para que isso aconteça devemos priorizar a sua vontade. Nós fizemos muitos planos, porém devemos nos conscientizar que  a resposta deve vir do Senhor.
Se você não está contente com o que está colhendo, pare, observe e mude o que você está plantando. Tão importante quanto à semente que plantamos, é a terra em que plantamos. Ou seja se agirmos fora da direção de Deus, colheremos decepção, dor, sofrimento, tristezas, e isso tudo chama-se consequências dos nossos ATOS.
Quero citar uma consequência antiga, mas que sempre permanece atual.
Deus nos promete um casamento abençoado, mas então muitas vezes pensamos que Deus está demorando em cumprir, e resolvemos agir de forma própria. Já ouvi muitos dizerem: “Se não der certo com ele (a), vou tentar com outro (a), e se não der tento com outro (a), e assim vou tentando achar a pessoa certa”. Agora analisando essa situação lhe pergunto: “Será que Deus demora a cumprir, ou nós é que não sabemos esperar”?
Para você que quer ter um casamento abençoado, eu lhe aconselho a esperar somente no Senhor, busque a direção dEle, não haja por vontade, mas haja através da vontade de Deus. Já acompanhei vários casos de pessoas que por não buscarem a vontade de Deus, sofreram as consequências. Algumas pessoas não admitem o fim de um relacionamento e então se isolam, entram em uma rotina depressiva, e alguns chegam até cometer homicídio/suicídio.
“Lembro-me de um caso chocante que aconteceu alguns anos atrás, uma jovem cheia de sonhos e projetos, se envolve com um rapaz, contra a vontade de seus pais, e sem a direção de Deus. Certo tempo depois esse rapaz não quis mais ter contato com ela, ela se humilhou, implorou, tentou de tantas formas, mas ele se manteve na sua decisão, e então certo dia essa menina, pegou a arma que seu pai tinha em sua casa, e se suicidou com um tiro na boca. O ATO chocou a cidade, e o tal rapaz nem se quer apareceu no velório, simplesmente para ele isso não importava”...
Esse é um entre milhares de casos que acontecem , quando deixamos de fazer a vontade de Deus, quando deixamos de ouvir a voz do Senhor.
Nós plantamos, nós colhemos! Escolha bem o que plantar, para depois não sofrer as consequências do seu plantio.
Deus te abençoe e até a próxima, se Deus assim permitir!


www.andressateodoro.com 
www.silvairteodoro.com


O Avivamento da Rua Azusa e a História de Kethleen

Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a Ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. (Apocalipse 1:4-6)




O Avivamento da Rua Azusa, em Los Angeles, que durou de 1906 a 1909, foi, sem dúvida alguma, o grande catalisador da expansão mundial do Movimento Pentecostal. No auge do avivamento, aquele humilde galpão situado à Rua Azusa, 312 - que servia de templo para a recém-fundada Missão da Fé Apostólica, liderada pelo pastor William Joseph Seymor - tornou-se o centro das atenções do mundo religioso, e durante um tempo, até mesmo do meio secular.
Segundo o jornais da época, algumas características do Avivamento de Azusa chamavam muito a atenção. Por exemplo, o fato de que aquele galpão reunia tanto negros quantos brancos, e gente de todos os extratos sociais, que se prostravam juntos em adoração a Deus. Isso causava repulsa em alguns e admiração em outros. Homens e mulheres, brancos e negros, educados e iletrados, se ajoelhavam juntos e se abraçavam em momentos de quebrantamento. Vinham pessoas das cidades circunvizinhas, mas também do meio-oeste, dos estados da Nova Inglaterra, do Canadá, da Grã-Bretanha. Chegavam repórteres vindos de todo o país para investigar as cerimônias, e quer seus relatos fossem simpáticos ou antipáticos para com a causa, sempre achavam material para uma boa história.
Outro grande destaque naquele movimento era a real e abundante manifestação dos dons espirituais. Há registro de curas instantâneas em Azusa após oração, de ex-cegos testemunhando que voltaram a ver e do dom de variedade de línguas sendo manifestado inúmeras vezes. Pessoas iletradas eram, de repente, usadas por Deus em profecia falando em alemão, espanhol e hebraico, e sendo entendidas plenamente por imigrantes curiosos que visitavam Azusa e saíam de lá impactadas pelas mensagens que ouviam em sua própria língua.
Harvey McAlister relata-nos uma dessas manifestações:
Pessoas viajavam de toda parte do mundo para investigar o que estava acontecendo ali na rua Azusa. Havia um largo auditório com um cenáculo no andar superior. O lugar ficava aberto dia e noite, e isso durante vários anos a fio, com cultos de pregação duas ou três vezes diariamente, e havia pessoas orando no cenáculo superior dia e noite. No fim das pregações, as multidões se retiravam para o cenáculo a fim de orarem. Quando chegava o tempo para outra pregação, alguém fazia soar uma campainha e todos desciam para participar do culto.
Kathleen, uma adolescente na ocasião, estava no cenáculo. Um homem entrou no edifício e, ouvindo o povo orar, aventurou-se a subir ao cenáculo. No momento em que ele entrou, Kethleen, movida pelo Espírito Santo, levantou-se e apontou para o homem, que estava de pé no alto da escada, e falou em uma língua diferente da sua por diversos minutos.
O toque da campainha, chamando o povo para o culto de pregação, irrompeu. Todos se levantaram e se encaminharam para a escada. O homem, ao aproximar-se de Kethleen nas escadas, tomou o braço da jovem e a dirigiu escadas abaixo, para defronte da mesa do pregador, e esperou até que a ordem foi restaurada no auditório. Então, ele falou: "Sou judeu e vim a esta cidade para investigar esse falar em línguas. Nenhuma pessoa nesta cidade conhece meu primeiro e meu último nome, posto que estou aqui sob um nome falso. Ninguém nesta cidade conhece minha ocupação, nem qualquer coisa a meu respeito. Costumo ouvir pregadores com o propósito de desmontar os seus sermões, usando isso em preleções  contra a religião cristã. Mas, esta jovem, quando entrei no salão, começou a falar no idioma hebraico. Ela disse qual o meu primeiro e o meu último nome, e disse-me por qual motivo eu estou na cidade e também disse qual a minha ocupação na vida, e então conclamou-me a arrepender-me. Ela me disse certas coisas sobre a minha vida que seria impossível para qualquer pessoa nesta cidade conhecer."
E então, o homem caiu de joelhos, clamou e orou como se seu coração se partisse.
O Avivamento da Rua Azusa aconteceu há mais de 100 anos, sem fanfarras, sem propagandas, sem mídia, sem baladinha para atrair o povo, sem promessas de prosperidades financeiras à quem fosse nas reuniões... e esse movimento simples, que se iniciou em um galpão alugado, foi avante. Impactando aquela geração e sendo lembrada um século depois como um dos maiores movimentos pentecostais de todos os tempos.
Que Deus tenha misericórdia da nossa geração e que Ele dê graça e sabedoria aos remanescentes que, indo contra a esmagadora maioria, ainda O buscam com o intuito de adorá-lo em espírito e em verdade.
Em Cristo, que nos outorgou poder ao recebermos o Espírito Santo (Atos 1:8)


Testemunho - Romário



Assembleia de Deus Templo Central
Monsenhor Tabosa / CE

A paz do Senhor a todos!
Meu nome é Romário tenho 17 anos e gostaria de contar à obra que DEUS fez na minha Vida.
Cheguei a conhecer o mundo muito cedo.
Minha avó me prendia muito dentro de casa. Só podia sair de casa pro colégio, mas um dia conheci uns meninos que fizeram muito a minha cabeça e a partir dali tudo mudou. Comecei a sair e passar 3 dias fora de casa.
Com 10 anos de idade já estava bebendo, fumando e comecei a usa maconha e acabei indo para cocaína e depois para o crack, então comecei a roubar pra usar droga.
Tirava as coisas de dentro de casa e fui expulso então comecei a morar na rua.
Não tomava mais banho, e com 15 anos eu estava pesando 36 quilos.
Roubava para sustentar meu vício.
Comecei a ser preso e ir para o fórum, batia na minha mãe e cada vez estava pior.
As pessoas olhavam pra mim com outros olhares. Eu era um menino muito conhecido e por isso perdi a confiança de todo mundo. Sentia-me muito mau e comecei a desgostar de mim mesmo.
As pessoas diziam que eu não tinha mais jeito, que ou eu ia para o cemitério ou pra cadeia.
Até que um dia usei umas drogas de um traficante e não paguei e ele me ameaçou de morte.
Mudei-me e onde comecei a trabalhar o meu patrão é crente e pregava pra mim, falando que Jesus me amava, mas eu nem ligava. Até que um dia fiquei curioso e disse “se esse Jesus existe, Ele vai se manifestar pra mim e volto pra minha cidade.”
Quando foi a noite, eu ia passando e um irmão me chamou e disse que Deus tinha um plano na minha vida e me convidou pra ir pra igreja.
Fui e nesse dia Deus Falou comigo. Aceitei a Jesus e minha vida foi mudando e Deus foi me libertando... E para a honra e a glória do Senhor, hoje estou liberto!
Voltei a morar com meus pais e tenho a confiança de todos e já fazem dois anos que aceitei Jesus. Passei dois meses de muita luta mas superei e estou firme! Que Deus os abençoe!

Por: Jéssica Bruna



Tem um pouco de Filipe dentro de você?

Tem um pouco de Filipe dentro de você?






“ Um anjo do Senhor disse à filipe: Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza. Ele se levantou e partiu”.
- Atos 8:26,27
  Logo após a morte de Estevão, a igreja começou a ser duramente perseguida e muitos foram dispersos, e o mais interessante é que mesmo assim, eles pregavam por onde eles iam. E é aí que Filipe entra. A passagem entre ele e o etíope é preciosa e nos deixa uma lição.
Segundo o livro de Atos, um anjo enviado por Deus disse para que ele fosse por determinado caminho,e ele imediatamente foi. No caminho, Deus pôde usá-lo para anunciar as boas novas de salvação ao etíope.
O grande detalhe dá-se ao fato do etíope ler, mas não conseguir entender a passagem da Bíblia:
“Ele respondeu: Como posso entender se alguém não me explicar?”.
- Atos 8:31
  À partir daquele momento e de tudo o que ocorreu depois, o etíope entendeu o plano de Jesus Cristo, creu e foi batizado. 
  Toda a história, me lembra da letra de uma música do Palavrantiga que diz “Na cidade dos homens tem gente que consegue ler, mas os outros estão néscios pra Ti” (Rookmaarker-Palavrantiga), e do versículo da Bíblia que diz: “O deus dessa era cegou o entendimento dos descrentes , para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (2 Coríntios 4:4).
  O episódio de Filipe nos ensina que devemos (assim como ele fez), ouvir a voz de Deus, entender seus propósitos e obedecer. Ele entendeu o chamado e percebeu que Deus tinha algo a fazer. E fez. Através da vida dele, uma vida naquele caminho pôde conhecer e também entender as maravilhas do evangelho e de quem é Jesus.
   Neste mundo onde as dúvidas somam-se às conturbações da vida, pessoas também tem se esquecido, tem se deixado cegar e deixado de entender o real amor que vem de Jesus Cristo.
Somos nós quem devemos fazer a diferença, aceitar o desafio de sermos usados por Deus, sob a direção dEle!
  Que a cada dia sejamos como Filipe nesse mundo que precisa tanto conhecer o Salvador! Ouça a Sua voz e vá! Deus cuidará do resto e deixará tudo sob controle!
@Dehlimaa.

Essência - Davi Sacer


Paz do Senhor, povo de Deus! 
Tá aí mais um hino que inspira muito... 
Façam bom proveito. hehe



A cada passo que eu dou,
Em cada frase que eu falar,
Em cada música cantada,
Quero Te agradar, quero Te agradar,
Quero Te agradar Senhor....
Meu amor, Meu tudo,
Te adorar é o meu prazer,
Meu Senhor, Meu Dono,
A essência que me faz viver....
Só Tu És a minha canção....
Só Tu És a minha canção....

Postado por:  Ester Bittencourt

Quão bondoso amigo é Cristo (Joseph Scriven)

Por Queila Freitas.

Olá! 
A Paz do Senhor! 

No “Baú Musical” de hoje vamos conhecer uma história muito edificante e que podemos aprender muito com ela, do hino “O Bondoso Amigo”.





Joseph M. Scriven (1819-1896) era irlandês. Era noivo de uma moça pelo qual se apaixonou, um dia antes de seu casamento sua noiva morreu em um acidente trágico de afogamento. Desolado, Joseph partiu de sua terra natal para começar uma nova vida no Canadá. Ele se apaixonou novamente e noivou com Eliza Roche. Mas, mais uma vez, as esperanças e sonhos de Joseph foram desfeitos quando Eliza ficou doente e morreu antes do casamento acontecer. 

Podemos imaginar o tumulto que tomou o coração desse jovem, mas a história nos diz que a sua fé em Deus o sustentou. Ele nunca se casou, mas passou o resto de sua vida doando todo o seu tempo, dinheiro e até mesmo as roupas para ajudar os necessitados espalhando o amor e a compaixão de Jesus onde quer que fosse. 

Ao mesmo tempo em que Eliza morreu, Joseph recebeu a notícia da Irlanda que sua mãe estava doente. Ele não poderia ir para ficar com ela, então ele escreveu “O Bondoso Amigo” e lhe enviou. Pouco antes de Scriven morrer, ele foi visitado por um amigo. O visitante viu a folha de papel que estava sobre uma mesa ao lado da cama. "Você é o autor deste belo poema?" perguntou a Joseph. "Eu e o Senhor escrevemos juntos", foi a resposta.
Como resultado desta visita, quase 30 anos depois de ter enviado o poema para confortar sua mãe, ele foi publicado em um livro chamado Hinos e outros versos. Logo em seguida, o músico Charles C. Converse (1834-1918) escreveu a melodia para esse poema.

Ira Sankey, músico e companheiro de mistério do pregador D.L.Moody, descobriu este hino em 1875, e o incluiu em sua publicação super conhecida “Hinos de Sankey N°1”. 
De lá para cá “O Bondoso Amigo” tem sido um dos hinos mais conhecido de todos os tempos.

A vida aparentemente triste e obscura de um homem resultou em tantas vidas sendo edificadas e consoladas, e ainda hoje, traz consolo sempre que estas belas e confortantes palavras são cantadas.
Cristo é realmente nosso melhor amigo, com Ele podemos contar a qualquer hora, e ele nunca está ocupado, ele sempre está disponível para nos ajudar, para escutar o que temos a dizer. 

Querido leitor, se estás passando por um momento difícil, corre para falar com Jesus Cristo! Ele te consola! Ele te ama! Ele nos provou isso lá na cruz! Jesus é nosso melhor amigo!

Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. (João 15:13)





O Bondoso Amigo


Quão, bondoso amigo é Cristo! 
Carregou co’a nossa dor, 
E nos manda que levemos 
Os cuidados ao Senhor. 
Falta ao coração dorido 
Gozo, paz, consolação? 
Isso é porque não levamos 
Tudo a Deus em oração.

Tu estás fraco e carregado 
De cuidados e temor? 
A Jesus, refúgio eterno, 
Vai com fé teu mal expor!
Teus amigos te desprezam? 
Conta-Lhe isso em oração, 
E com Seu amor tão terno, 
Paz terás no coração.

Cristo é verdadeiro amigo, 
Disto provas nos mostrou, 
Quando pra levar consigo 
O culpado encarnou. 
Derramou Seu sangue puro 
Nossa mancha pra lavar; 
Gozo em vida e no futuro 
NEle podemos alcançar.



Fontes e Referencias:

Onze mentiras do diabo. (Pr. Jorge Linhares)


Oi, gente!

Esta semana vamos de Jorge Linhares. 
Deus abençoe vocês!

Beijo!




BarlowGirl decide se aposentar

Primeiro, DC Talk em hiato. Pablo Villatoro sai do Group1Crew, Jason Dunn segue carreira solo deixando o Hawk Nelson e agora, BarlowGirl anuncia a aposentadoria.

Para a tristeza de muitos, as meninas decidiram que era hora de parar. O lançamento da última música da BarlowGirls foi no dia 30 de outubro., intitulada Hope Will Lead Us On, teve sua primeira aparição no dia anterior (29) pelo Ustream, (Ustream link: http://www.ustream.tv/channel/barlowgirl-live) onde a banda executou os seus maiores sucessos acusticamente. 


Desde o lançamento em 2004, BarlowGirl já vendeu mais de um milhão de álbuns, recebeu 14 indicações ao Dove Award e quatro vezes foi número 1 com singles nas rádios cristãs. Seu sucesso de 2005, "I Need You To Love Me", liderou as paradas por 13 semanas em 2005, tornando-se o mais longo single número 1 na história da música cristã das paradas da Hit Radio.
 
"Os últimos 10 anos como BarlowGirl tem sido uma das aventuras mais incríveis em que já estivemos", disseram Alyssa, Lauren e Rebecca"Nós não poderíamos ter imaginado esta viagem sem o apoio de nossos incríveis fãs que esperaram em filas para entrar em shows, pediram as estações de rádio para tocar a nossa música, assistindo a todos os nossos podcasts ridículos, comprando ou nos enviando centenas de quilos de chocolate e nos incentivando o caminho inteiro. Estamos muito honradas por ter compartilhado o nosso sonho com vocês. Obrigada por fazer parte disso. "

Mais informações em breve em: www.barlowgirl.com


Por Suzianne Raquel
@suzianneraquel

O papel de religião




Olá pessoal; como estão?!
Semana passada estava vendo alguns blogs, e me deparei com esse texto que me impactou muito...então decidi compartilhar com vocês:


O papel da religião
Que papel você acha que tem a religião? Nenhum. Porque o Evangelho de Jesus não deixa nenhum lugar para a religião. 
O cristianismo não é uma religião, é o anúncio do fim da religião. Religião consiste em fazer algumas coisas tais como comportar-se bem, adorar sacrificando algo, dar alguma coisa em troca do que você recebeu de Deus, seja dinheiro ou a sua presença nos cultos e programas religiosos... 
Sobre isso, o Cristianismo tem apenas dois comentários a fazer: Primeiro é que nenhuma dessas coisas tem a menor chance de ter o favor de Deus. Assim como o sangue de touros e bodes nunca podem tirar os pecados (Ler Hebreus), e nenhum esforço nosso para manter a atenção de Deus poderá ter sucesso (Ler Romanos). 
Segundo ponto é que toda a religião tentou (e falhou) aproximar o homem de Deus pelo esforço e merecimento, mas de uma vez por todas, Jesus foi o único que conseguiu fazer isso com a sua morte e ressurreição. 
O Evangelho, portanto, fechou a loja da religião. A igreja não deve estar no negócio de religião. Nunca foi e nunca será a sua missão, apesar de vários perus eclesiásticos através de dois mil anos agirem como se a religião fosse o seu negócio. A igreja, em vez disso, está no negócio de Proclamar o Evangelho. Ela não está aqui para trazer ao mundo a má notícia de que Deus vai pensar gentilmente sobre nós só depois de termos passado por certos rituais, liturgias e ética... 
A igreja está aqui para trazer ao mundo as Boas Novas de que "quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós" - É isso, em suma, e sem nenhuma finalidade religiosa, que a igreja deve prestar, só para anunciar o Evangelho da graça de Cristo Jesus a todos. Eu costumo dizer que estou “desigrejado” - fora desse modelo de igreja que se presta a divulgar a religiosidade, os CDs e os artistas gospel, os líderes milionários, os profetas que pedem dinheiro em suas palestras, os pastores que vivem de pregar a palavra de Deus mas têm vários apartamentos e carros luxuosos... 
Esse modelo de igreja não representa o Evangelho de Cristo, esse modelo de igreja não me interessa, porque esse modelo de igreja é a representatividade da religião, não do Evangelho. 


 A nossa nova identidade 



Se eu pudesse fazer as coisas certas, eu estabeleceria o meu valor. Identidade é a soma das minhas realizações. Daí, se eu puder satisfazer meu chefe, atender as necessidades do meu cônjuge e filhos, e ainda fazer justiça às minhas aspirações internas, então vou ter a prova do meu valor. 

Há infinitas maneiras de provar nosso valor ao longo da nossa vida. A equação básica é esta: Eu sou o que eu faço. É uma posição religiosa na vida porque tenta responder em termos práticos, a pergunta: Quem sou eu e o que eu vim fazer no universo? 
Na teologia, essa posição é chamada de justificação pelas obras. Ela assume que o meu valor é medido pelo meu desempenho. Por outro lado, ela esconde, mal, um medo escuro e medonho: Se eu não realizar, vou ser julgado indigno. 
O Evangelho nos liberta dessa pressão obsessiva de “realizar”. O Evangelho declara que em Cristo "já somos". Enquanto o mundo, a carne e o diabo nos tentam constantemente para focalizarmos a nossa identidade em algo ou alguém menor do que Jesus. O Evangelho nos liberta ao revelar que a nossa verdadeira identidade está bloqueada em Cristo. 
Nossa conexão em Cristo é a verdadeira definição de quem somos. Se você é um cristão, aqui está a boa notícia: Quem você realmente é não tem nada a ver com você, nem com o quanto você pode realizar, nem com o que você pode se tornar, nem com o seu comportamento bom ou mau, nem com seus pontos fortes, nem com suas fraquezas, tão pouco com o seu sórdido passado, nem com a sua família ou sua educação, sua aparência e assim por diante... 
Sua identidade está firmemente ancorada nas realizações de Cristo, não nas suas realizações. Na força de Cristo, não na sua, o desempenho de Cristo, não no seu. Na vitória de Cristo, não na sua. Sua identidade está firmemente estabelecida na substituição. 
O Evangelho não vai livrá-lo apenas do que os outros pensam sobre você, liberta-o do que você pensa sobre si mesmo. 
Agora você pode passar a vida dando menos importância às regras da religião, porque a sua identidade está em Cristo, não na religião. 
Agora você pode passar a vida sem se preocupar tanto com a beleza, porque a sua identidade está em Cristo, e não na sua beleza. Agora você pode passar a vida dando menos importância para o dinheiro, porque a sua identidade está em Cristo, e não nas suas posses. Agora você pode passar a vida dando menos importância para os seus talentos, porque a sua identidade está em Cristo, e não nos seus talentos. 
 Agora você pode passar a vida dando menos importância para os erros do seu passado, porque a sua identidade está em Cristo, e não nas coisas que você fez no passado. 


 Cristo é a sua nova identidade.


[Texto escrito por: Sóli Limberger - Buscai o Reino ]



São tantas emoções...


Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (Romanos 12:1)


Se chorei ou se sorri; ou se pulei ou se dancei; ou se gritei ou se rolei no chão ou se dei gargalhada, o importante é que emoções eu vivi! Importante? É mesmo? Não, não é não!

Esse é mais um versículo polemico, assunto que faz tradicionais, pentecostais e neopentecostais interpretarem cada um a sua maneira, mas como eu sempre digo, a gente não precisa de livros ou grandes sábios para interpretar a bíblia, é só a gente ler e é o que está escrito, sem mais.

Percebam que Paulo está falando aos romanos “pela compaixão de Deus”; seria quase o que usamos hoje como “pelo amor de Deus”, implorando mesmo, tamanha é a preocupação dele com o assunto de apresentarmos a Deus um culto racional.

A igreja em Corinto, por exemplo, era cheia de dons espirituais, e mesmo assim, Paulo os chama de meninos e carnais em sua primeira carta a eles. Uma igreja com muitos dons espirituais não se traduz em uma igreja madura, e tenho me preocupado muito com o que vejo por aí, uma geração de crentes emotivos e imaturos.

Eu choraria bastante em um show do U2 ou Coldplay, me faria sentir bem, deixaria minha alma em bom estado, mas isso mudaria minha vida? Eu sairia do show como dizem “de alma lavada”, mexeria bastante comigo, mas daqui uma semana minha vida estaria a mesma, talvez daqui a dois dias depois do show. Sabe o que tem acontecido nos cultos da maioria das igrejas atualmente? Exatamente isso! Apelos emocionais, técnicas claramente psicológicas e não espirituais para mexer com as pessoas, que saem desses cultos, shows, eventos com a alma lavada, regozijando, achando tudo lindo, mas uma semana depois, tudo normal, tudo como antes, vazias de novo, e não sabem por quê.

Não sou contra os eventos, tenho minha visão a respeito da “cena gospel atual” mas não vem ao caso. O que quero dizer aqui é que a PALAVRA DE DEUS transforma vidas, não a emoção de momento. Jesus não usou esse artifício, muito pelo contrario, Ele pegou pesado e muita gente abandonou a ideia de segui-lo. Pedro pregou no início da igreja e quase 3000 se converteram. Ele usou show? Sonzão? Mega divulgação? Estrutura de casa noturna? Ele passou horas chorando na ministração? Ele fez as pessoas repetirem com ele sei lá quantas vezes uma afirmação (confissão positiva). Não, ele pregou a palavra, só isso. Só isso? Não, TUDO ISSO. Hoje em dia as igrejas tem tratado a palavra como “ só isso” e é aí que erramos. Quando substituímos a Bíblia por outros apelos como “isca”, quando substituímos o sangue de Jesus pelas leis judaicas do antigo testamento, quando esquecemos o básico do cristianismo e começamos a inventar moda, pronto, não vai dar certo.

É fácil encher igreja, principalmente usando os mesmos métodos que se usam no mundo. É fácil vender CD ou DVD, é fácil convencer pessoas hoje em dia, mas transformar pessoas em verdadeiros cristãos é mais complicado, por que isso acontece com palavra e nada mais, e a palavra tem sido deixada em segundo plano. Não sou contra o entretenimento, desde que isso não seja a principal razão pela qual vamos a igreja.

A Bíblia é um manual para a vida. Tudo que você precisa aprender esta lá. É um livro de receitas que não falha nunca. Se você seguir a receita nunca terá dificuldade; mas até mesmo os crentes hoje em dia tem a tratado como um “um livro antigo” meio ultrapassado, que necessita de uma ajudinha por que, por si só, não pode transformar alguém. MENTIRA!

Meus manos e manas, por favor, vamos voltar ao evangelho “puro e simples”, vamos voltar a ter a Bíblia como única fonte de fé e prática. Vamos buscar nela a revelação e a vontade de Deus pra nós, vamos crer que tudo que precisamos está lá; a fé vem pelo ouvir e ouvir a palavra de Deus, e sem a fé não agradamos ao nosso Senhor. Percebem como santidade, obediência e tudo mais que agrada a Deus vem pela fé, e a fé só vem pela palavra (Bíblia)?

Vamos acordar, antes que seja tarde, antes que sejamos uma geração do “oba oba” e vazios por dentro, do mesmo jeito que são lá fora. Deus mexe sim com nossa emoção e isso é mesmo uma delícia, mas se nossa vida cristã estiver baseada somente em emoções, nunca vamos passar de crianças espirituais, e não digo criança no bom sentido de ser criança, mas no sentido de imaturidade e incompreensão da vontade do Senhor. Vamos pregar a palavra, vamos nos preocupar mais com ensino, vamos deixar a política, os relacionamentos, o entretenimento em segundo, terceiro, último plano e vamos falar da fonte, da única fonte.

Nele, que já deixou TUDO que precisávamos ali, na sua palavra, que é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, repreender, para corrigir, para instruir com justiça (2TM 3:16);

Vinicius Aguiar 
@Vinyaguiar

Como ir para o céu?

"Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém." (Apocalipse 1:4-6)



Durante toda essa semana eu venho pensando sobre o que deveria escrever hoje. Inicialmente pensei em escrever algo referente ao Tanque de Betesda; depois de uma outra conversa que tive, entrou em pauta falar sobre "o arrependimento de Deus". Porém, vendo tudo o que está acontecendo durante a semana, onde vemos o caos e a violência instalados em vários pontos do país, somado a uma experiência incrível que tive na madrugada de quinta-feira, sou impulsionado por Deus a, mais uma vez, falar sobre ARREBATAMENTO.
Tentarei abordar o assunto de forma bastante rápida para que a leitura não se torne enfadonha, cansativa...
Nessa primeira quinzena de novembro, temos visto coisas terríveis acontecendo em vários pontos do Brasil. São Paulo passa por um momento bastante conturbado no que diz respeito a segurança pública; até em cidades pequenas como Itajaí (onde moro) estão acontecendo coisas catastróficas, onde carros e ônibus são incendiados,  e o povo tem medo de sair nas ruas.
Tenho visto algumas pessoas assustadas com tudo isso, pronunciando um dito popular bastante famoso: "É o fim dos tempos!"
Sabemos então que os tempos se findam!
Sabemos que as profecias bíblicas se cumprem!
Sabemos que Jesus prometeu voltar e nos levar para junto dEle!
Sabemos que fazemos parte da geração do arrebatamento!
Sabemos tanta coisa a respeito disso, porém vivemos como se nada disso fosse verdade.
Embora Cristo nos alertou várias vezes acerca desse evento, estamos mais preocupados com nossas vidas terrenas e esquecemos-nos que nossa Pátria está no céu.
Resumindo tudo: Nós sabemos e acreditamos que Cristo voltará, mas andamos de uma forma que demonstramos nunca estar preparados para isso. Que vai demorar mais um pouquinho ainda... Que vai dar tempo de fazer a obra de Deus depois que estudarmos, conseguirmos bons empregos, casarmos, criarmos filhos...
Mas... e se fosse hoje o arrebatamento? O que você faria se Jesus voltasse agora?
Essa pergunta deveria estar sempre matutando em nossas mentes e deveríamos estar sempre alertas aos sinais que mostram que breve Cristo voltará. Devemos também fazer disso o foco principal de nossas vidas; vivermos uma vida pensando no céu; tomarmos atitudes pensando no céu. Termos o céu, e a nossa salvação em Jesus Cristo, como nosso alvo, como nossa prioridade.
Mas o que fazer para estarmos qualificados para o arrebatamento e, consequentemente, para irmos para o céu?
1° - CRER EM JESUS CRISTO; admitir que somos pecadores e que somos salvos somente pela graça de Deus. Confessar a Ele como Único Senhor e Salvador de nossas vidas.
2° - ESTAR EM CRISTO. "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;" (II Coríntios 5:17-18)
3° -  SER DE CRISTO. "Os que são de Cristo Jesus, crucificaram a carne com as suas paixões e cobiças." (Gálatas 5:24)
4° - SER SANTO. "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;" (Hebreus 12:14)
5° - SER BOM. "E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação." (João 5:29)
6° - SER DIGNO. "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem." (Lucas 21:36)
7° - FAZER PARTE DA IGREJA. "Agora me regozijo nos meus sofrimentos por vós, e da minha parte cumpro o que falta das aflições de Cristo na minha carne por seu corpo, que é a igreja," (Colossenses 1:24)
8° - SER PURO. "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro." (I João 3:2-3)
9° - NÃO TER MANCHA NEM MÁCULA. "Para apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível." (Efésios 5:27)
10° - VIVER E ANDAR NO ESPÍRITO. "Porém digo: Andai pelo Espírito, e não satisfareis a cobiça da carne. Pois a carne luta contra o Espírito e o Espírito contra a carne, porque estes são opostos um ao outro; de sorte que não façais as coisas que quereis. Se, porém, sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da Lei... Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança." (Gálatas 5:16-18; 22)
11° - ANDAR NA LUZ. "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." (I João 1:7)
Parece bastante difícil, neh!? Realmente estreita é a porta e apertado é o caminho que nos conduz à salvação; poucos são os que entram por ela.
Seremos arrebatados? Iremos para o céu?
Se não tivermos certeza acerca da nossa salvação ou se as coisas parecem difíceis demais, oremos para que Deus nos dê graça e sabedoria. Para que nos reconciliemos com Ele e possamos viver de modo que nos achemos qualificados para o grande Dia do Senhor.
Se você ainda não aceitou a Jesus como único Salvador e Senhor da sua vida, faça isso agora mesmo. Pois em breve Cristo voltará buscar o Seu povo e você não quer ficar de fora, neh?!
Como faço para aceitar a Jesus e para garantir meu lugar no céu? 
Repita comigo essa oração: "Deus, eu sei que sou falho e pecador; que necessito do teu perdão e da tua misericórdia. Sei também que teu filho Jesus é o único caminho que pode me levar até Ti. Então hoje eu O aceito como meu salvador pessoal e prometo viver uma vida para te honrar, glorificar e bendizer. Escreva meu nome no Livro da Vida do Cordeiro e nunca permita que ele seja apagado de lá. Dá-me força e sabedoria para que eu permaneça fiel a Ti, até o dia em que Jesus Cristo vier me buscar; assim eu poderei te ver face e face e para sempre te adorar em Sua Majestade e Santidade. Eu te peço e, desde já te agradeço; em nome do teu Filho, Jesus, Aquele que vive e que reina para todo o sempre. Amém!"
Agora você já faz parte da família de Jesus. Basta você ir em uma igreja evangélica mais perto de sua casa, procurar o pastor e comunicá-lo de sua decisão de aceitar a Jesus Cristo. Ele irá te esclarecer quaisquer dúvidas e te indicar o Caminho a seguir. Em breve, nos veremos no céu, quando Cristo vier para nos buscar.
Em Cristo, que nos prometeu preparar lugar no céu, afim de estarmos sempre com Ele   

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS