Eternamente seu adorador.




É incrível como temos um amor enorme por Jesus quando começamos a conhecê-lo, queremos que todos saibam que nosso coração está inundado por um amor que purifica de todo mau, como nos declaramos para Ele, e queremos que as outras pessoas sintam o que estamos sentindo.

Abrimos o coração para ouvir Deus falar ou só para adorá-lo e se comover com isso... Oramos incessantemente falando com ele das coisas que nos incomodam, das que acontecem, das que descobrimos, e esse vinculo com Cristo vai ficando mais forte quando nos apaixonamos da mensagem que da cruz. Como Jesus deixando sua glória veio a este mundo como cordeiro se sacrificou por nós para que vivêssemos em paz com o nosso espírito e aprendamos como ele a nos doar pelo próximo, independente se esse próximo nos aborreceu ou não, assim como Ele se doou a nós.  Jesus nos mostrou como viver em unidade como o Pai, assim como ele e o Pai são um, ensinou a nossa geração corrupta o valor do perdão, que muitas vezes  não nos desse...  Falamos que perdoamos, porém cultivamos a magoa, remorsos, lamuria em nossos corações...

Jesus nos ensinou que a vida de quem o serve não é fácil, mais se pararmos para pensar nosso fardo com Cristo é mais fácil de carregar por que além de te ajudar a carregar, Ele ainda vai te motivando: “Vamos lá! Você não está sozinho, eu to te ajudando, mesmo que as pessoas te virem às costas, mesmo que elas te caluniam, mesmo que sofras bullying, eu estarei com você. Eu te conheço melhor que qualquer um... Você não terá mais lutas do que você aguenta, meu sangue te protege e te traz vida. Não te abandonarei... E quando chegar a hora, os que os seus olhos jamais viram, o que sua imaginação jamais pensou, os sonhos que jamais arderam em seu coração isso você receberá, lá não terá mais fardos, mais lutas, mais dores, mais egoísmo. Prossiga!”. E quando estamos sozinhos sem Ele além de carregar seus fardos ainda tem aqueles que o farão ficar ainda mais pesado, dizendo que você não vai conseguir que sua vida é uma droga, que morrer às vezes é a única solução...

Vocês já perceberam como somos mais adoradores, devotos, fazemos as coisas com muito mais garra na igreja quando a festa tá chegando, aparece gente que se raramente vê no conjunto para cantar também, é onde ensaiamos varias vezes o mesmo hino sem reclamar, pensamos no tema, oramos mais, lemos mais a Bíblia, buscamos mais, acordamos de madrugada, levantamos cedo para ir à consagração, para quando chegar à festa está tudo perfeito. No dia da festa cantamos como nunca, abrimos nossos corações, ouvimos Deus falar. E quando passa a festa todos somem novamente. As más vontades e as teimosias dão as caras, paramos de orar com a intensidade de antes, a Bíblia fica em um canto abandonada, reclamamos quando os ensaios passam de certa hora, quando o culto passa de certa hora,  quando a pregação e os hinos das pessoas que cantaram na igreja não nos agrada. Como seria maravilhoso que vivêssemos nossa vida espiritual esperando a grande festa das Bodas do Cordeiro, que essa expectativa ardesse em nossos corações tão veementemente que vivêssemos uma vida de santidade, obediência, temor a Deus, por que queremos ser convidados de honra da festa mais badalada do momento, onde seremos apresentados a quem nos criou e nos dá a vida.

Sabe o conjunto da minha igreja canta um hino cujo refrão é assim: Eu serei... Eternamente teu Adorador. Na cova na fornalha onde for.  Não temerei. Te adorarei, Senhor... Eu serei eternamente teu adorador,  se testado e provado for, E eu serei eternamente teu adorador...

Que independente o que aconteça, como bonança ou não, se passar na faculdade ou não, se tenho o emprego ou estou distribuindo currículos e estudando para concursos, se arrumei o namorado que sonhei ou esteja esperando no Senhor, se tenho amigos falsos ou verdadeiros, se meus pais me apoiem ou esperam que eu tenha “desculpas” para tomar decisões, que tenha os filhos que planejo, que more na casa que desenhei, se tenha contas para pagar, se minha vida hoje for do jeito que sonhei ou esteja vivendo altos e baixos.. Emocionalmente, profissionalmente, afetivamente, que venhamos lembrar que o modo que vivemos está vida é que abre a porta de entrada para a eternidade, que venhamos ser adoradores, venhamos dá glória ao invés de lamuriar, que venhamos colocar Cristo nas nossas decisões, e que vivamos uma vida cada dia mais santa e digna para naquele dia ouvimos: Vinde benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. (Mateus 25.34)

Gabrielle P.

0 Comentários em "Eternamente seu adorador."

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10