PODEM PASSAR A SACOLINHA! (parte I)

"Tim Tones", o perverso falso profeta vivido pelo humorista Chico Anysio

A Paz do Senhor!
A reflexão de hoje ficou um pouco extensa, "só para viariar", e por isso estarei postando em duas partes: uma hoje, outra amanhã.
Quando criança, eu aproveitava a distração dos meus pais para assistir TV fora do horário “permitido”. Eles me proibiam de assistir programas de TV após às 21:00h, principalmente novelas e programas humorísticos de moralidade contestável... Mas eventualmente, eu burlava a regra e assistia um programa humorístico chamado “Chico Anísio Show”, em que o humorista Chico Anísio apresentava quadros de vários tipos próprios. Um dos quadros era do falso profeta, o “Pastor Tim Tones”, que criou uma igreja própria para manipular a fé de seus fiéis! “Tim Tones” fazia discursos inflamados, exaltando-se a si mesmo e condenando a todos aqueles que se opunham à suas doutrinas! Invariavelmente, encerrava seus “cultos” constrangendo os presentes a lançarem altas ofertas, com a frase: “Podem... passar... a sacoliiiinhaaaaaaa!” Mas ainda bem que isso é só coisa de programa humorístico, e jamais acontece nada semelhante na vida real! (Uma ironiazinha básica, só pra apimentar um pouquinho este texto...)
O personagem “Tim Tones”, de Chico Anísio, é uma severa crítica aos lobos em pele de ovelha que manipulam a fé do povo para adquirir poder e riqueza. Jesus Cristo alertou com nos últimos tempos esses falsos pastores, falsos apóstolos e falsos profetas se proliferariam – e, infelizmente, vemos que Suas Palavras tem se cumprido nos dias de hoje.
Por resultado disso, muitas pessoas têm desacreditado do Evangelho, e afastado das igrejas, dada a frustração acumulada ano após ano, por decepções com falsas igrejas. As marcas nefastas deixadas pelas falsas doutrinas têm destruído a alma de muitos, apostatado a muitos, e criado barreiras de desconfiança e preconceito contra o Evangelho Verdadeiro e seus legítimos ministros! Devido ao mau testemunho dos falsos pastores, os pastores verdadeiros e a Igreja verdadeira sofre preconceito!
Apesar do espírito de engano que ronda a Igreja de Cristo, dos falsos mestres e falsos profetas, apesar das falsas doutrinas se proliferarem absurdamente... Não há motivo para se afastar da Igreja! Ao contrário, essas heresias todas são uma oportunidade dos verdadeiros cristãos manifestarem seu caráter corajosamente, como lemos em I Coríntios 11.19!
Mas como reconhecer se uma doutrina é falsa? Simples: Conhecendo profundamente as Sagradas Escrituras! As pessoas que conhecem de fato a Bíblia jamais vão se deixar ser confundidas com heresias absurdas! Se existe tanto falso mestre pregando falsas doutrinas, é porque seus seguidores não conhecem a Doutrina verdadeira!
(Aliás, são incontáveis os casos que conheço de pessoas que estavam em falsas doutrinas e foram libertas das heresias, depois que começaram a estudar a Bíblia e buscar a sabedoria pelo Espírito Santo...!)
As verdadeiras igrejas pregam a Doutrina de Jesus Cristo (leia sobreeste assunto clicando aqui), e os verdadeiros homens de Deus pregam o verdadeiro Evangelho e o vivem em suas vidas, em palavra e bom testemunho.
Ninguém é perfeito, a não ser Jesus Cristo! Mas pregar heresias e viver em iniquidade, definitivamente, desqualifica qualquer um quanto a se auto-denominar “homem de Deus”! Homens de Deus pregam a Palavra de Deus e procuram vivê-la em sua vida!
Precisamos quebrar uma armadilha que o inimigo tem levantado contra a Igreja: o receio de contribuir financeiramente com a Obra de Deus! O inimigo tem semeado entre o povo de Deus um “joio” que é o pensamento malicioso, a desconfiança e receios diversos contra ofertas e dízimo! Ainda há aquela falsa doutrina, plantada por espíritos de sofisma, de que dízimo e ofertas são coisas do Velho Testamento, e que para nós, do Tempo da Graça, não é necessário contribuir!
Ainda que eu ame a profundidade e a beleza da Palavra de Deus revelada pelo profeta Malaquias (leia e MEDITE: Malaquias 3.8-12), e de tantas outras passagens em que Deus nos revela o sentido do dízimo e das ofertas através de escritores do Antigo Testamento, estou selecionando, para esta reflexão de hoje, textos exclusivamente neotestamentários que falam sobre dízimo e ofertas. Não que eu os citarei todos que tratam do assunto, mas alguns que me tocam e que me levam a compartilhar o que o Espírito Santo me leva a refletir sobre o tema – exclusivamente no Novo Testamento! (O primeiro sofisma é quebrado, portanto: “dízimo” e “oferta” não é assunto exclusivo do Velho Testamento! Contribuição financeira à Obra de Deus é assunto do Tempo da Graça, SIM!)
Tenham certeza de uma coisa: a vontade de Satanás, o inimigo de nossas almas, é que as reais Igrejas, que pregam e vivem a sã Doutrina Evangélica, e seus legítimos ministros, sejam destruídos! Para isso, o inimigo tem plantado idéias contra a Igreja, e incentivado a proliferação de falsas igrejas!
Amados: manter as portas de uma igreja aberta requer recursos financeiros! Mesmos pregadores de rua necessitam de recursos financeiros para se manterem pregando! Cada igreja legítima que sofre de problemas financeiros, cada evangelista ou missionário que passa por dificuldades, é uma derrota que o Reino de Deus sofre! Toda vez que alguém retém seu dízimo e oferta, dando ouvidos à voz maliciosa do inimigo, quem perde são as almas que deixam de ser alcançadas!
Nem todos têm chamado para serem pastores de igreja, ou evangelistas de rua, ou missionários em campo... Mas TODOS podem – e DEVEM! - contribuir para que estes ministérios permaneçam em funcionamento! São os dízimos e ofertas dos crentes fiéis que pagam: alimentação, transporte, água, luz, telefone, aluguéis, obras sociais, publicações, e tantas e tantas outras coisas que os Ministérios Cristãos realizam – e que consome dinheiro!
Sabe por quê, na igreja primitiva, não haviam necessitados? Porque os primeiros cristãos levavam muito a sério a questão dos dízimos e ofertas! (Leia Atos 4.34) Aliás, é essa estratégia que as FALSAS IGREJAS, que pregam e vivem doutrinas demoníacas, usam para prosperar: copiaram a fórmula dos primeiros cristãos, e levam muito a sério a questão de dízimos e ofertas!
Pensemos bem: as falsas igrejas prosperam copiando princípios que o Espírito Santo deu-nos à nós, cristãos, através dos Apóstolos... Mas nós nos DESVIAMOS e esquecemos estes princípios, e por isso não prosperamos! Que triste ironia! Ou que terrível tolice estamos cometendo!
Investimos” em tantas coisas: em clubes, em times, em bens supérfluos, em estética e sei lá mais no quê... Mas reagimos de má vontade e nos revoltamos quando nossa igreja, ou ministérios cristãos genuínos, falam de dízimo e ofertas!!! Afinal, o que tem mais valor para nossas vidas?
Se os filhos da Luz não valorizam nem investem no Reino de Deus, saibam que os servos de satanás não deixam de investir no reino das trevas! Desperta, igreja, e comece a investir na Obra de Deus!
Na segunda parte deste texto, continuaremos refletindo sobre isso à Luz da Palavra de Deus!
Que Deus te guarde, ilumine, conduza e abençoe, em Nome de Jesus!
Forte abraço!
Ev. Danielson
PS: Continua na próxima postagem desta coluna.

0 Comentários em "PODEM PASSAR A SACOLINHA! (parte I)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS