Quando Deus se cala é que Ele fala.


Quando era criança costumava brincar na igreja ou na escola de uma brincadeira chamada “Brincadeira do silêncio”. A brincadeira começa quando uma pessoa é designada para a função de observar por alguns minutos a pessoa que mais em silêncio se encontrava para ser o próximo a escolher e assim sucessivamente.
Eu lembro que sempre tinha uns mais agoniados que não conseguiam esperar sua vez e acabavam reclamando: - Ah, eu nunca sou escolhido! Ta demorando muito pra escolher! Escolheu só porque é amigo dele(a). Já, tinha outros que levavam mais a serio, faziam silêncio absoluto e  esperavam apreensivos para serem o próximo escolhido.

Nem sempre é fácil suportar o silêncio não é mesmo?! Como demora o silêncio dos médicos quando alguém querido está na mesa de cirurgia, como é duro o silêncio quando depois de um exame temos que aguardar o resultado, sem poder fazer nada. Sem falar na ansiedade pela espera do resultado de uma prova de vestibular.
Quem de nós nunca vivenciou a agonia da espera por uma resposta, e a única que se ouviu foi um eterno silêncio?!
Eu imagino a angústia que Habacuque deveria estar sentindo quando questionou ao Senhor: Até quando clamarei por socorro sem que Tu ouças? Habacuque 1:2
Ou da aflição que sentia o salmista, aquele que era segundo o coração de Deus, quando entristecido gritou: Até quando Senhor? Esquecer-te-ás de mim para sempre? Atenta-te para mim, responde-me Senhor, Deus meu. Salmos 13:1
Há um hino conhecido que diz que quando Ele fica em silêncio é porque está trabalhando. Claro que não significa que Ele só trabalhe em silêncio, Ele tem diferentes maneiras de agir em nosso favor.
Ele silencia para nos provar, para medir o nosso nível de confiança nele.
Foi assim com Abraão quando sem questionar caminhou três dias com seu filho até o monte para sacrificá-lo. Enquanto isso, o cordeiro que substituiria Isaac estava sendo preparado por Ele.
José vivenciou por alguns anos o silêncio daquele que estava lhe preparando um grande reinado e um lindo reencontro.
O que dizer do profeta que teve autoridade para dizer:-Segundo a minha palavra não chove mais. Estava agora, numa caverna vivendo na pele o sofrimento do silêncio do Deus que ele  muito bem conhecia.
O próprio Jesus, quando estava prestes a morrer naquela cruz, naquele momento de humilhação, clamou ao pai e nenhuma palavra de ouviu.
É imensurável, mas acredito que o coração de Deus ao ver seu filho ali, clamando por ajuda, deve ter partido em pedaços. Ele não podia olhar pra Jesus naquela hora, se olhasse, destruiria a terra, acabaria com a humanidade, arrancaria seu filho daquele sofrimento.Mas se assim fosse, o que seria de nós? Sim, estaríamos condenados eternamente ao pecado e a morte. Deus calou-se para que o sangue de Cristo falasse mais alto.
Ele silencia, porque faz parte do seu plano, que é prefeito.
Ele silencia, para que clamemos, busquemos, oremos. Mesmo que possa não parecer , mesmo que você esteja vivenciando o silêncio dele, creia, Ele está te conduzindo para mais perto da sua presença!

Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com olhos se viu, um Deus além de Ti, que trabalha para aquele que nele espera. Isaias 64:4

Lance sobre Ele toda vossa ansiedade porque Ele tem cuidado de vós. 1 Pedro 5:7
No amor de Jesus, Thayse!
_____________________________________


0 Comentários em "Quando Deus se cala é que Ele fala."

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10