BEZERROS DE OURO - II

Há quem idolatre seu ministério...

A Paz do Senhor!
Quando semana passada abordei o tema "idolatria no meio do povo de Deus" (Texto: "Bezerros de Ouro"), me limitei a falar um pouco sobre os crentes que idolatram figuras ilustres, como pregadores, ministros de louvor ou a própria congregação. No tema de hoje quero ir um pouco mais além, e falar da IDOLATRIA AO MINISTÉRIO.
"Idolatria ao ministério". Não sei se muitos já falaram sobre isso, mas não apenas pessoas são idolatradas, mas também funções e títulos!
Há quem faça do título, do ministério, dos dons, das ofertas, do poder, do reconhecimento... seu bezerro de ouro pessoal!
Há pessoas que têm sede por títulos e posições. Sede de vanglória! Essa concupicência permeia o meio evangélico, contaminando a sanidade do Corpo de Cristo!
Ouvi uma mulher de Deus, a quem admiro muito, citar uma frase durante uma pregação. Ela falou algo como:
"A palavra ministério quer dizer serviço. No entanto, algumas pessoas acham que ministério quer dizer ser-visto!"
Infelizmente, este é um pecado antigo no meio da Igreja:

"Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa mente." (Filipenses 1.15)

Mesmo na igreja primitiva havia aqueles que abusavam do Evangelho por questões pessoais!
Hoje, também!
Há quem adore mais "a oferta do altar" do que, de fato, servir à Deus de todo o coração!
Há, portanto, os que adoram estar no altar de Deus, mas de fato não adoram a Deus!
Adoram estar no altar de Deus, não importa como... Querem ter contato com a oferta do altar: o ministério da Palavra e do Louvor, e receber "o salário de sua obra"...

"Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?" (Mateus 23:19)

Altar é lugar de SACRIFÍCIO! Altar é lugar de RENÚNCIA!
Muitos ministros têm feito do altar lugar de ganho e abuso: ganho de lucros, reconhecimentos e abuso da Graça de Deus!
A Palavra nos diz que toda autoridade vem de Deus (Romanos 13.1), mas os homens têm-se levantado a si mesmo como autoridades, atribuindo a si mesmos títulos conforme suas concupicências! Se autodenominam pastores, bispos, apóstolos, patriarcas... O que mais? Querubins terrenos? Vice-deus???
À preço de pregar ou cantar, quebram todos os princípios!
Alguns, pelo lucro da oferta... Outros, simplesmente, pela glória do reconhecimento público!
Idólatras de si mesmos!
Hipócritas, que tentam justificar sua concupicência com o ativismo tolo...
"Temos que cumprir com o Ide!" - dizem eles... Mas seu coração não está no Evangelho transformador de vidas, mas sim na conveniência de "oportunidades" para aparecerem em público e para receberem ofertas!
Idólatras das ofertas!
Idólatras do reconhecimento!
Idólatras do poder!
Quem os ilude que escaparão da ira de Deus???

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci: apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." (Mateus 7:21-23)

Sabe qual é o primeiro versículo da Bíblia? Aquele que diz:

"NO PRINCÍPIO criou Deus os Céus e a terra." (Gênesis 1.1)

"Princípio" não conota apenas "começo", ou "início". Afinal, Deus Eterno não tem nem começo nem fim! Princípio, também, conota FUNDAMENTOS!
Deus só age através dos Princípios que Ele mesmo estabeleceu desde a fundação do mundo!
Deus é fiel aos Seus princípios!
Não se pode fazer a Obra de Deus sem estar sob Seus Princípios!
Não se pode fazer a Obra de Deus sobre: adultério, mentira, roubo, manipulação, cobiça, iniqüidades diversas...
Não se pode dizer que se está servindo, de fato, a Deus se nosso coração estiver sob motivações e princípios errados!
Não se pode, também, servir a Deus associando-se com quem está em iniqüidade!
Olhe bem: todos nós somos santos lutando contra o pecado e, eventualmente, pecamos! Todos pecam! E quando pecamos, devemos: reconhecer o pecado, confessá-lo, pedir perdão, abandonar a prática e reparar os danos!
Mas uma coisa é "pecar eventualmente", outra coisa bem diferente é ter compromisso com um sistema pecaminoso! O pecado, na vida dos crentes, é uma eventualidade a ser evitada, não um compromisso a ser mantido! Compromisso com o pecado (mentira, adultério, desvio de dinheiro, etc...) é INIQUIDADE, e Deus não habita entre iníquos!
portanto, não apenas devemos JAMAIS estar em iniqüidade... Também devemos nos apartar de todo iníquo!
Infelizmente, muitos ministros e sacerdotes de Deus têm se mantido sob sistemas de iniqüidade.
Muito mal exemplo!
Eu fui ateu! Eu sei muito bem do que estou falando!
Quando eu era ateu, as pessoas vinham falar de Jesus prá mim, e eu lançava elas longe, envergonhadas, dizendo: "Que Deus é esse? Que igreja é essa? Olha o mal exemplo dos líderes de vocês!". E eu tinha base para dizer isso! Afinal, os maus exemplos de líderes cristãos estão notórios em absolutamente todas as facções das igrejas!
Muitos ministros e sacerdotes de Deus tem se preocupado muito com o brilho, glórias, prosperidade, poder, riqueza... Eles tem se preocupado com o conforto e com a alegria!
É hora destes ministros começarem a CHORAR:

"Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?" (Joel 2.17)

Há os que lêem este texto que são novos convertidos. À eles, digo: a Obra de Jesus Cristo é muito maior e mais importante do que a sujeira dos homens dentro da igreja! Só porque alguns homens corromperam a fé, não quer dizer que Jesus Cristo não seja o Salvador, e o Evangelho o Caminho para a libertação, cura e salvação! Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida: siga-O! Busque-O de todo o coração! E há, sim, no meio da igreja, crentes que de fato buscam viver a Fé genuinamente! Vale a pena congregar em uma igreja! Vale a pena ter a cobertura de um pastor... Mas conheça a Palavra da Verdade, para que não seja enganado!
Há aqueles que lêem este texto e têm chamado ministerial. À estes, eu digo: não é por quê teus líderes erraram, que tu precisas fazer o mesmo! Perdoe teus líderes, e siga teu chamado conforme os Princípios de Deus! Vale mais agradar a Deus do quê aos homens!
Há aqueles que lêem este texto e já são ministros, sacerdotes e líderes... A estes, afirmo: convertamo-nos dos maus caminhos e voltemos ao Senhor! Deus tem um chamado para tua vida, e te levantou para ser Luz, e não trevas! Abandone aquilo que te desviou da Palavra, e retorne ao Primeiro Amor! Deus ainda quer te usar... Mas precisa se arrepender!
Sabe para quê Deus levantou líderes?

"E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo." (Efésios 4.11-13)

Deus levanta líderes para serem guias, não para serem servidos!
Para que TODOS CRESÇAM, não para que os líderes apareçam e sejam referenciados!
Deus levanta líderes para que o Corpo de Cristo seja edificado, não para que estes líderes vivam em bonança às custas da fé do povo!
Os líderes são servos!
Ministério quer dizer serviço... E não "qualquer" serviço, mas serviço sob os Princípios Bíblicos!
Honra e submissão não é idolatria e sujeição!
Liderança não é poder abusivo!
Só a Jesus Cristo seja dada a honra, a glória e o louvor!
Só Deus é soberano!
Deus é fiel... E devemos ser fiel a Ele, aos Seus princípios e à Sua Palavra!
Que o Espírito Santo sopre sobre as igrejas um vento de arrependimento e purificação do Altar!
Que os Altares erguidos sob o Nome de Jesus sirvam, de fato, ao Deus Altíssimo!
Que os ministérios sejam exercidos na humildade, no temor de Deus, e no amor...
...para que a Igreja sejam, de fato, Igreja!
E que Cristo resplandeça - não os homens, ou a cobiça - através dos diferentos ministérios levantados por Ele!
Deus nos ilumine, guie e abençoe, em Nome de Jesus!
Forte abraço!
Ev. Danielson

0 Comentários em "BEZERROS DE OURO - II"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10