Notícias da Semana (04/04/11 a 10/04/11)

Brasil>> Tragédia em Realengo - RJ
Homem de 23 anos entra em escola, mata 12 alunos e comete suicídio. O caso aconteceu nesta quinta-feira (07/04/11) em uma escola na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Veja:




Mundo>> Massa gigante de escombros do tsunami japonês chegará aos EUA em 2014
Washington, 8 abr (EFE).- Uma massa gigante de escombros flutuantes empurrada para o oceano pelo tsunami de 11 de março no Japão chegará ao Havaí dentro de um ano e à costa oeste dos Estados Unidos em 2014, segundo anteciparam nesta sexta-feira cientistas da Universidade do Havaí.
Restos de casas, pneus, árvores e outros materiais levados pelo mar após o terremoto japonês demorarão três anos para atravessar o oceano Pacífico, de acordo com uma simulação feita pelo Centro Internacional de Investigação do Pacífico da universidade havaiana.
A maioria dos objetos que flutuam no litoral do Japão, como os carros e os edifícios quase inteiros, se desintegrarão progressivamente em pedaços menores, mas outros mais resistentes, como os navios, podem chegar intactos aos EUA.
A primeira onda de escombros atingirá o litoral noroeste do Havaí no próximo ano, e deve chegar às demais ilhas em 2013, segundo a simulação feita pelos cientistas Nikolai Maximenko e Jan Hafner.
Um ano depois, os resíduos chegariam a praias desde Vancouver até a Baixa Califórnia (México), passando pelos estados de Washington, Oregon e Califórnia, nos Estados Unidos.
Grande parte dessas peças voltará a atingir a costa do Havaí dentro de cinco anos, em 2016, em uma segunda onda que será "mais forte e duradoura que a primeira".
A enorme quantidade de escombros acumulada no litoral do leste do Japão dificultou consideravelmente os trabalhos de resgate após o terremoto e o tsunami, que deixou 12.468 mortos e 15.091 desaparecidos, segundo o último levantamento oficial.

Twitter>> Twitter revela nova página inicial
O Twitter divulgou na noite desta terça-feira (5) sua primeira grande mudança visual de 2011: uma nova homepage já está acessível a alguns dos usuários, e logo será padrão para todos que visitarem o microblog.
O redesenho traz cores sóbrias no lugar do tema azul celeste e altera também o slogan da página inicial do site. Sai "A melhor maneira de descobrir o que é novo no seu mundo" e entra a mensagem "Siga seus interesses: atualizações instantâneas de seus amigos, especialistas da indústria, celebridades favoritas, e o que está acontecendo ao redor do mundo".
A mudança mais visível está na saída dos Trending Topics, os assuntos mais comentados do momento, e dos Top Tweets, uma compilação em tempo real dos posts mais significativos publicados no site. Em seu lugar entra um mapa mundi estilizado, que ocupa a maior parte do espaço e funciona como pano de fundo para uma grande barra de busca e para o passarinho símbolo da rede.
O microblog manteve o destaque às perfis de usuários populares, que ocupam a barra inferior da página.

Instabilidade
Pouco depois novo design ficar disponível, a rede apresentou algumas instabilidades técnicas. Ainda na noite da terça, o site restarou automaticamente em todos os perfis seu layout antigo, com apenas uma coluna central e sem visualização interna de links. Um post na página de alertas da rede informa que “os engenheiros estão trabalhando para reativar o Novo Twitter rapidamente”.

Vetada pela administração Lula, a destinação de 50% dos recursos do Fundo Social do pré-sal para a área de ensino pode ressuscitar na Câmara dos Deputados, sob a forma de emenda ao novo Plano Nacional de Educação (PNE). Entidades aguardam o retorno do PNE à pauta legislativa para pressionar as autoridades a aceitar as mais de 130 sugestões ao projeto de lei, como a elevação do investimento público em educação dos atuais 5% para 10% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2020 - o Executivo prevê 7%. O objetivo é tornar o plano mais ambicioso e encurtar os prazos de algumas das metas estabelecidas pelo governo para o decênio 2011-2020.
Uma comissão especial presidida pelo deputado Gastão Vieira (PMDB-MA) deverá ser instalada na próxima quarta-feira para cuidar do PNE. A versão encaminhada por Lula ao Congresso no final do ano passado contém dez diretrizes e 20 metas - entre elas, a erradicação do analfabetismo. Prevê "destinar recursos do Fundo Social ao desenvolvimento do ensino", sem determinar uma porcentagem, e "ampliar progressivamente o investimento público em educação até atingir, no mínimo, o patamar de 7%" do PIB.
"Os movimentos sociais e as entidades representativas de ensino superior já nos têm procurado para marcar audiência e propor alterações. Devemos chegar ao final com quase 300 emendas", diz o deputado. Segundo Vieira, a criação de uma comissão especial deve acelerar o andamento do projeto de lei na Casa. Depois de aprovado pelos deputados, o texto segue para o Senado. O MEC disse ao Estado que "está confiante na sua tramitação".
Para a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), o PNE deveria apresentar objetivos mais ambiciosos. "A meta de 7% do PIB caberia dez anos atrás, hoje é preciso mais", diz o presidente da UBES, Yann Evanovick. Em março, representantes da UBES e da União Nacional dos Estudantes (UNE) se reuniram com a presidente Dilma Rousseff para apresentar as emendas.
É preciso ser mais coerente com as necessidades educacionais brasileiras, avalia Daniel Cara, coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, que reúne 200 grupos. A entidade critica a "timidez da meta de investimentos em educação pública" e sustenta que essa "é a maior deficiência da atual proposta do Executivo". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cerca de 2 mil pessoas protestaram neste domingo (10) em Tóquio contra as usinas nucleares ao grito de "Não precisamos de Fukushima" em referência à crise atômica gerada pelo terremoto e pelo tsunami de 11 de março no Japão.
Os manifestantes se dividiram por diversas áreas da capital japonesa, entre elas a sede de Tokyo Electric Power (TEPCO), operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, que ainda tem sérios problemas em quatro de seus seis reatores e emite radiação.
As 2 mil pessoas foram convocadas por oito associações antinucleares para pedir o fechamento de todas as centrais nucleares do Japão.
A catástrofe, que nesta segunda-feira completa um mês, destruiu os geradores de energia que refrigeravam os reatores de Fukushima, o que provocou várias explosões e a emissão de radioatividade.

0 Comentários em "Notícias da Semana (04/04/11 a 10/04/11)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10