QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, QUE OUÇA! - Parte III

A Paz do Senhor!

No primeiro texto desta série, colocamos da necessidade de realmente colocar em prática o que ouvimos nas pregações: arrependimento, santidade, entrega ao Senhor...

Já no segundo texto, podemos ver que de nada adianta uma intensa atividade ministerial, manifestação grandiosa de dons, ativismo religioso... se nosso coração não viver o Amor de Deus genuinamente.

Neste terceiro, vamos trazer mais um alerta para a Igreja, da parte do Senhor Jesus. Te convido a abrir e marcar, em tua Bíblia, a segunte passagem do livro de Apocalipse:

" 15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! 16 Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. 17 Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; 18 Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. 19 Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. 20 Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. 21 Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas." (Apocalipse 3.15-22)

A apostasia é um dos grandes males que assolam as igrejas!

Disfarçado de uma pseudo-espiritualidade, fundamente numa religiosidade vazia, as pessoas justificam-se a si mesmas para não agirem, não colaborarem e nem, de fato, se converterem!

O Reino de Deus é tomado pelo esforço daqueles que buscam mudanças de si mesmos e do meio em que vivem!

Quem ama a Deus e ao próximo não pode ficar parado diante das situações!

Não é, simplesmente, compromisso unicamente dos pastores ou ministros alimentarem o Reino de Deus... Jesus, ao declarar sua grande comissão, "Ide e fazei discípulos", não estava falando apenas com os onze líderes presentes, mas para uma pequena multidão que representava a Igreja toda!

Não faz sentido receber o Espírito Santo, se não for para ser testemunhas de Cristo em todos os lugares! É para isso que Ele nos foi enviado, pela promessa de Deus Pai cumprida em Cristo, naquele primeiro Pentecostes depois de Sua ressurreição.

Portanto, o Espírito Santo nos foi dado para que fôssemos capacitados a sermos testemunhas de Jesus Cristo. E o que é "ser testemunha"?

Ser testemunha é alguém que fala daquilo que viveu!

Não se pode ser testemunha de algo que não se experienciou! Testemunhar algo que não presenciamos é "falso testemunho", ou, em termos jurídicos, "perjúrio"!

Para sermos testemunhas de Jesus Cristo precisamos tê-Lo experienciado!

Para falar de conversão, precisamos ter nos convertido!

Para falar de santidade, precisamos viver a santificação!

Para falar de fidelidade, precisamos ser fiéis!

Para falar de bênção, precisamos ser abençoados... E isso só é possível quando vivemos os princípios de Deus, descritos na Bíblia!

A apostasia é a "mornidão" que muito se vê estes dias, em que as pessoas até vivem uma religiosidade, mas de maneia descomprometida e superficial.

A superficialidade se percebe quando a Palavra pregada não surte efeito de quebrantamento, e o que é professado não é aquilo que, de fato, se vive. Participar de ritos, ou de "moveres" espirituais intensos, mas sem compromisso com a santificação pessoais e com a conquista de novas almas para o Reino de Deus parece ser o que a igreja de Laodicéia estava vivendo naqueles dias, e o que a Igreja de Cristo no mundo está vivendo nos dias de hoje!

Se, por um lado, há alguns que parte para um ativismo religioso, outros vivem em total passividade. Tais apóstatas sentem-se no direito de justificar-se em sua covardia e preguiça com críticas hipócritas às igrejas. Querem fazer os demais crerem que ele "já fez a sua parte", quando na verdade jamais assumiu responsabilidade nenhuma pelo ministério que Deus entregou em suas mãos. Tais apóstatas querem viver um Evangelho fácil, cômodo, superficial no qual não precisam pagar qualquer preço.

O inimigo tem cegado os olhos e ensurdecido os ouvidos de muitos da Igreja, para que fujam da Verdade, não se convertam de fato e pereçam. Mas Deus insiste em alertar-nos: quem tem ouvidos para ouvir, que ouça!

Então,ouçamos o que o Espírito Santo diz às igrejas:

Precisamos aceitar a exortação de Deus sobre nossas vidas, porque Ele nos exorta para que corrijamos nossa rota errada e não caiamos! Sua exortação é uma prova de seu amor zeloso por nossas vidas!

Aceitemos, então, a exortação de Deus e saiamos da apostasia!

Abandonemos a mornidão!

Aqueles que são "frios" - desconhecem a Cristo - não são problema: basta que conheçam a Cristo, e tudo está bem!

Aqueles que são "quentes" - vivem intensamente o Evangelho - também não são problema: eles estão vivendo a cobertura de Deus pela vivência da Palavra.

O problema são os "mornos": aqueles que conhecem a Cristo, mas não vivem de acordo com o que conhecem! Porque estes são, justamente, o alvo preferido da ação de satanás!

Por quê? Porque os apóstatas são "indesculpáveis": eles conhecem a Verdade, mas negam-se a vivê-la!

Vemos em I Reis 15.22-23 que, por rejeitarmos a Palavra de Deus - por não a obedecermos e a vivermos - as promsessas de Deus em nossas vidas podem ser canceladas em nossa vida! Esta é a grande "brecha" que o inimigo precisa para assumir domínio sobre a vida daqueles que são chamados a serem livres, mas que pela apostasia colocam-se sob o domínio do inimigo.

O que fazer, então?

A primeira coisa é reconhecer o estado de apostasia que se encontrar. E não se conformar com isso. Este é o primeiro passo.

O segundo passo, é pedir perdão e se comprometer com Deus a assumir nova postura, vivendo conforme os princípios da Palavra. Também cabe aqui pedir ajuda, em primeiro lugar, ao Espírito Santo de Deus para que nos fortalesça e oriente, e em segundo lugar para nossas autoridades espirituais. Precisamos nos dispor a nos submeter ao discipulado, e permitir que a apostasia seja confrontada, para que seja arrancada de nossa vida.

Não estou dizendo que vai ser fácil vencer a apostasia... É uma luta árdua, desgastante e dolorosa! Mas aos que vencerem receberão o direito de se assentar no trono com Cristo!

Vale a pena!

Faz o seguinte: termina logo de ler este texto, vai orar e depois põe tuas mãos à obra, porque Deus quer te usar!

Seja resposta de oração para tua igreja, para tua família, para tua comunidade!

Torne-se luz e sal, tal qual Cristo te chamou a ser!

Seriados policiais norte-americanos da década de 80 e 90 consagraram a frase: "Levante este traseiro gordo e vai!". É claro que não é exatamente isso que o Espírito Santo diz às igrejas... Pelo menos, não nestes termos.

...mas bem que a gente merecia!

"Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá." (Efésios 5 : 14)

Que assim seja!

Deus nos guarde,ilumine, conduza e abençoe, em Nome de Jesus!

Forte abraço!

Ev. Danielson

0 Comentários em "QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, QUE OUÇA! - Parte III"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10