Leitura Diária • O livro de Isaías




  • 23° livro da Bíblia
  • 66 capítulos
  • 1.292 versículos
ISAÍAS


O livro de Isaías foi escrito pelo profeta Isaías, que viveu em Jerusalém, a capital de Judá. Seu ministério continuou por 50 a 60 anos durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias e possivelmente Manassés.


Esta foi uma época de prosperidade e poucas pessoas no reino de Judá permaneceram fiéis ao Senhor.


O reino irmã de Judá, Israel, sob reinado de Jeroboão II, também desfrutou de prosperidade, mas foi ainda mais corrupta do que Judá, socialmente, politicamente e moralmente.


No início do ministério de Isaías, a Assíria dominava o mundo. Durante a vida de Isaías, a Assíria atacou Samaria, capital do Reino do Norte, derrotou as dez tribos do Reino de Israel, como Isaías havia previsto (Isaías 9:8; Isaías 10:4). Os israelitas foram levados cativos para a Assíria ao leste do rio Tigres.


Israel havia se esquecido "de todos os mandamentos do Senhor seu Deus, e fizeram imagens de fundição de bezerros." Devido a isso, o profeta profetizou que seriam destruídos (II Reis 17:16,18).


A missão de Isaías era manter o pequeno reino de Judá longe de destruição semelhante, fazendo-os retornar aos caminhos do Senhor.


O primeiro capítulo de Isaías é um resumo de toda a sua mensagem. Expõe o pecado de Judá e de Jerusalém (Isaías 1:3-8), exprime o amor do Senhor para o seu arrependimento (Isaías 1:16-19), e indica a segurança de um juízo vindouro (Isaías 1:24,29-31). Ele pregou para que andassem na luz da Palavra de Deus (Isaías 2:5). Mas a nação de Judá foi indiferente e continuou a adorar apenas por formalidade, desconsiderando a relação de aliança com Deus.


A expressão "o Santo de Israel" (Isaías 1:4) é usado 30 vezes neste livro. Foi ao Santo que a nação rejeitou.


Isaías profetizou que, devido ao seu pecado, a nação de Judá seria destruída pelos babilônios. Mas também deu mensagens de consolo e esperança para aqueles que permaneceram fiéis.


Muitas das profecias de salvação vão além do reino de Judá, a todo o seu povo, incluindo os gentios. O convite para aceitar esta salvação é estendido à todos no capítulo 55.


Isaías também profetizou que o Messias nasceria de uma virgem (Isaías 7:14) e que ele iria se sentar no trono de Davi, e que governaria o mundo com justiça e verdade.


Jesus citou Isaías 61:1-2, quando Ele se referiu a Si mesmo (Lucas 4:17-21). O Novo testamento cita mais profecias de Isaías do que de qualquer outro livro do Antigo Testamento.


AUTOR, DATA E LOCAL

  • Escrito por Isaías (Isaías 1:1; 2:1; 7:3; 13:1; 20:2-3; 27:3-21; 28:1-21; 38:3-8), na Palestina por voltade 792-722 a.C.

Texto traduzido e adaptado no blog "JesuCristo es la solución"

0 Comentários em "Leitura Diária • O livro de Isaías"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS