Não entregue o seu segredo.



NÃO ENTREGUE O SEU SEGREDO. (Pr. Danilo Figueira)



Há um segredo divino na vida de cada um de nós. Refiro-me a uma marca pessoal em nossa relação com o Senhor, algo que foi implantado em nós por Ele mesmo e que representa a principal fonte de vigor espiritual em nossa trajetória ministerial.


“Descobriu-lhe todo o coração e lhe disse: Nunca subiu navalha à minha cabeça, porque sou nazireu de Deus, desde o ventre de minha mãe; se vier a ser rapado, ir-se-á de mim a minha força, e me enfraquecerei e serei como qualquer outro homem.” (Juízes 16:17)


Sansão tinha um segredo de Deus em sua vida. Nascido por milagre para cumprir um propósito divino, consagrado nazireu desde o ventre de sua mãe, esse homem era tomado de uma força sobrenatural sempre que isso se fazia necessário. Curiosamente, sua relação com Deus estava vinculada a uma particularidade: seus cabelos nunca deveriam conhecer a navalha. Por ordem do Senhor, antes mesmo que ele viesse à luz, este seria o sinal visível de sua aliança espiritual. De suas tranças vinha a força sobrenatural com a qual ele se mantinha vivo e vencia seus inimigos.


Um dia, porém, Sansão barganhou o seu segredo, entregou nas mãos dos inimigos aquilo que fazia dele um homem especial. Seduzido por uma paixão, enganado pela astúcia de uma mercenária chamada Dalila, ele descobriu o próprio coração e perdeu aquilo que o identificava diante de Deus. Quando os filisteus cortaram suas longas tranças, Sansão perdeu a força e se tornou como um homem qualquer.


Há um segredo divino na vida de cada um de nós. Refiro-me a uma marca pessoal em nossa relação com o Senhor, algo que foi implantado em nós por Ele mesmo e que representa a principal fonte de vigor espiritual em nossa trajetória ministerial.


O segredo de algumas pessoas é a adoração. Embora esta seja uma marca necessária em qualquer cristão, por um desígnio divino alguns o vivem de maneira intensa e profunda. São pessoas que costumam passar horas e horas na presença de Deus, apenas derramando o seu coração em amor, contemplação, louvor, ação de graças. Fazem isso naturalmente (ou sobrenaturalmente), sem que seja uma imposição de disciplina espiritual, e assim conquistam grandes coisas na presença do Senhor. Às vezes, não chamam a atenção por nada mais. Não têm carisma, não são eloquentes, não se destacam como líderes, mas quando entram no lugar secreto para derramarem-se diante de Deus, conseguem parar ou mover os céus.


Há outras pessoas que têm na oração seu distintivo maior. Mais uma vez, preciso ressaltar que se trata de uma virtude necessária no cotidiano de qualquer crente. No entanto, alguns fluem nisso sem despender esforço. Podem não fazer nada muito bem na vida, mas quando dobram os joelhos e intercedem, são recebidos no lugar santíssimo como verdadeiros amigos de Deus, capazes de fazê-lo parar para dar-lhes atenção a qualquer tempo. Muitas das vitórias da igreja são resultado desses gigantes de oração, digo na perspectiva espiritual, porque no natural muitas vezes estão disfarçados na figura frágil de senhoras idosas ou de homens que mal sabem falar o Português correto, mas que se fazem entender muito bem pelos gemidos do Espírito.


Conheço gente cujo grande segredo é a integridade. Escravas da verdade e da equidade, são pessoas que conquistam suas vitórias pelo fato de não bar-ganharem princípios nunca. Seus passos são tão retos e previsíveis que produzem crédito no céu e respaldam sua autoridade na terra... Outros têm na generosidade o segredo dos milagres que deflagram. Semeiam, ofertam, dão sem parar e abundantemente, como se fosse uma compulsão. E o mais intrigante é que seus celeiros nunca estão vazios!
Relacionamento distingue alguns outros cristãos. O segredo de serem amados, de atraírem os homens e o Senhor, de ocuparem um lugar fundamental na vida da igreja, de terem sucesso na liderança é que não conseguem se isolar, estão sempre promovendo a comunhão, a amizade, fazendo de suas casas e de seu tempo um “bem-vindo” tão explícito e convidativo que simplesmente as pessoas não resistem a segui-los.


Qual é o segredo que Deus, em sua soberania, implantou em sua vida? O serviço? O evangelismo? A compaixão? Independente de qual seja, quero lhe dizer que os inimigos estão tentando descobri-lo e tirá-lo de você.


Sansão permitiu que seus cabelos fossem cortados e assim tornou-se “como qualquer homem”. Ao entregar-se à paixões carnais, ao iludir-se com a idéia de que nunca aconteceria com ele, ao ceder à insistência de Dalila, ao brincar com aquilo que era vital em sua relação com o Senhor, esse nazireu deixou que Satanás cortasse a fonte de seu vigor. O resultado foi trágico... Com a visão comprometida, cadeias nos pés e empurrando moinho como se fosse um animal, esse homem de Deus tornou-se motivo de zombaria no arraial dos inimigos. Não foram só longas tranças... Foi o segredo de Deus em sua vida que ele colocou nas mãos de Dalila.


Cultive aquilo que Deus pôs especialmente em você. Defenda esse segredo com unhas e dentes. Nunca deixe de crescer nisso. Não se esqueça de que, sem essa marca divina, sua força se vai e você não passa de uma pessoa qualquer... E se, de alguma maneira, a navalha do inimigo já lhe impôs essa perda, volte a fazer brotar o que lhe dava vitória!

Pr. Danilo Figueira, da Comunidade Cristã de Ribeirão Preto (www.comcrist.org) 

POR VINICIUS AGUIAR

0 Comentários em "Não entregue o seu segredo."

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10