Leitura Diária • Salmos 52-59



POR ELIÉZER RODRIGUES.


DESTAQUES 

  • Evolução da linguagem corrompida e loucura do ateísmo
  • Uma oração de proteção 
  • Protesto contra amigos enganosos 
  • A confiança do salmista em Deus 
  • Orações por libertação.


TEXTO ÁUREO: "Consome-os na tua indignação, consome-os, para que não existam, e para que saibam que Deus reina em Jacó até aos fins da terra." (Salmos 59:13)

ANÁLISE
Alguns dos Salmos expressam raiva contra os inimigos e ímpios. Isso pode ser difícil de entender, mas expressam o juízo de Deus contra todos os que fazem o mal. Estas palavras inspiradas por Deus manifestam Sua aversão ao pecado.


A reação autoritária contra o pecado que está nos Salmos de juízo, também pode ser visto no Novo Testamento, onde Paulo diz: "Alexandre, o latoeiro, causou-me muitos males; o Senhor lhe pague segundo as suas obras." (II Timóteo 4:14)


Os motivos para o salmista e o apóstolo Paulo se manifestarem contra o pecado não tinha nada a ver com ciúme, ódio ou inveja pessoal. Ambos os homens foram ungidos por Deus para expressar seu ódio CONTRA O PECADO.


"Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder" (II Tessalonicenses 1:8-9)

PENSAMENTO DE HOJE: A rebelião contra Deus é excessivamente pecaminosa. (Romanos 7:13).

CRISTO REVELADO

  • Como o Único que salva aqueles que invocam a Ele (Salmos 55:16-17)
  • "Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." (Romanos 10:13)
Texto traduzido e adaptado do blog "JesuCristo es la solución"

0 Comentários em "Leitura Diária • Salmos 52-59"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS