Leitura Diária • Jó 25-29


POR: ELIÉZER RODRIGUES

DESTAQUES
  • Resposta de Bildade
  • Jó repreende Bildade
  • Jó louva a Deus, sua fidelidade e sua sabedoria
  • Jó se lembra de sua riqueza anterior

TEXTO ÁUREO: "Mas onde se achará a sabedoria? E onde está o lugar da inteligência? ... Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência." (Jó 28:12,28)

ANÁLISE
Em meio as falsas insinuações e acusações, a fé que Jó tinha em Deus era a fonte de sua fortaleza.Seu discernimento espiritual não foi afetado pelas opiniões de seus críticos. Jó deixou claramente estabelecido que não estava preocupado com a "razão" de seus sofrimentos, mas em ter uma correta relação com o Deus que tudo sabe.

Quando termos um real encontro com o Senhor, muitos mistérios serão revelados a nós. Veremos que Deus, em sua sabedoria, teve um grande propósito ao permitir alguns sofrimentos em nossas vidas.

O conhecimento humano, em constante evolução, é muito limitado, e está continuamente sendo revisada, ampliada e alterado.Longe de Deus, o homem não tem as respostas para os problemas de sua vida e não sabe nada concernente a eternidade. A verdade espiritual pode ser compreendida somente por aqueles que tem renascido em Seu Espírito. "... o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria..." (I Coríntios 1:21), mas o conhecimento de Sua vontade está ao alcance de todos os cristãos.

Mesmo que pareça estranho à um mundo descrente, a sabedoria de Deus só pode ser encontrada se obedecermos Sua Palavra. "... bom entendimento têm todos que lhe obedecem..." (Salmos 111:10)

Aqueles que rejeitam Cristo em suas vidas não descobrem a verdadeira manifestação de Sua sabedoria e entendimento. Se perdem do maior descobrimento de suas vidas: Cristo, que é a Verdade.

"Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência" (Colossenses 2:3)

PENSAMENTO DE HOJE: O tamanho da nossa fé se mostra pela forma como reagimos a nossas lutas e sofrimentos

CRISTO REVELADO
  • Através da compaixão de Jó pelos outros (Jó 29:15-16)
  • Cristo teve compaixão da multidão que precisava de ajuda (Mateus 14:14; Mateus 15:30-39)

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"
A Irresponsabilidade Mata  -  Pr. Olavo Feijó

A Irresponsabilidade Mata - Pr. Olavo Feijó

Sabe pessoal eu já vi pessoas e eu mesmo as vezes vivi algumas atitudes muitos irresponsáveis que hoje me arrependo e também acho que essa mensagem se encaixa pra todos nós, agindo com mais prudência nesse mundo tão mal, para não agir igual caim.
Deus abençoe a todos.



Gênesis 4:9 - ¶ E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão?


Após matar seu irmão Abel, Caim é confrontado pelo Criador: “Então o Senhor perguntou a Caim – Onde está seu irmão Abel? – Repondeu ele – Não sei; sou eu o responsável pelo meu irmão?” (Gênesis 4:9).

O ódio gera comportamento irresponsável. A inveja estimula atitude irresponsável. E a irresponsabilidade, no máximo de sua insensibilidade, mata. Foi assim com Caim, antes de atacar seu irmão e matá-lo.

A Bíblia nos quer pessoas responsáveis. Na responsabilidade bíblica, os relacionamentos produzem vida. Por exemplo, o crente responsável deve “alegrar-se com os que se alegram e chorar com os que choram”. Na responsabilidade bíblica, “ninguém vive para si” e, por isso, deve “levar as cargas uns dos outros”. As decisões mais íntimas do meu irmão não são da minha responsabilidade. O dar apoio, para que as decisões corretas do meu irmão venham a se concretizar, isto é da minha responsabilidade. A Bíblia diz que “aquele que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado”: somos responsáveis pelo que conhecemos. Se a irresponsabilidade mata, o senso de responsabilidade, entregue ao Senhor, conduz à vida.

Fonte: http://devocionais.amoremcristo.com/devocionais_texto.asp?id=1006
Take you back (Jeremy Camp)

Take you back (Jeremy Camp)

Oláaa pessoal
Essa semana quero compartilhar com vocês uma linda canção! Que a vida de muitos de vocês  possa ser impactada através dessa mensagem!
Desejo a todos uma ótima semana =)
Fiquem com Deus

Leitura Diária • Jó 21-24




POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • Jó declara que os homens ímpios às vezes prosperaram
  • Elifaz acusa Jó de pecado
  • O desejo de Jó em implorar a Deus.

TEXTO ÁUREO: Lista com marcadores"Nas suas pisadas os meus pés se afirmaram; guardei o seu caminho, e não me desviei dele. Do preceito de seus lábios nunca me apartei, e as palavras da sua boca guardei mais do que a minha porção." (Jó 23:11-12)

ANÁLISE
Em sua última tentativa de convencer a Jó que ele era um hipócrita, Elifaz disse: "Apega-te, pois, a ele, e tem paz..." (Jó 22:21). Elifaz tirou a sua própria conclusão de que os homens maus são infelizes. E já que Jó estava em estado miserável, ele tinha que ser um homem mau.

Mas Jó argumentou que Deus era fiel à Sua Palavra, então ele seria fiel ao seu servo. É por isso que Jó disse que a Palavra de Deus era mais preciosa para ele do que "o alimento necessário."

Em cada geração há cristãos fiéis que se satisfazem pela leitura da Palavra de Deus, e procuram compreender a Sua vontade e andar em Seus caminhos. No meio da confusão e do sofrimento, tem na Sua Palavra a fonte da verdadeira força.

"... está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus" (Mateus 4:4)

PENSAMENTO DE HOJE: A Palavra de Deus nos fortalece diariamente, para que possamos resistir as dificuldades que enfrentamos.

CRISTO REVELADO
  • Através da fé que Jó tinha em Deus, mesmo em meio aos seus sofrimentos (Jó 23:10)
  • "...pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas." (I Pedro 2:21)

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución."

O QUARTO DO PÂNICO



A paz do Senhor, galera!
O filme sobre o qual falarei hoje não foi indicado à nenhum Oscar, me corrijam se eu estiver enganado. Mas mediante ao título do filme tiro um pensamento muito interessante sobre nossa vida.

Vejamos então o que diz a sinopse do filme O QUARTO DO PÂNICO.

SINOPSE

O Quarto do Pânico é um filme de suspense norte-americano de 2002 dirigido por David Fincher, com as atrizes Jodie Foster e Kristen Stewart e os atores Forest Whitaker e Jared Leto.
O filme conta a história de uma mulher recém-separada Meg Altman (Jodie Foster) que se muda com sua filha Sarah (Kristen Stewart) para um casarão, que possui um cômodo medieval e de extrema segurança, chamado de O Quarto do Pânico.

Ao se ver encurralada por ladrões, Meg e sua filha para se protegerem se abrigam no quarto, de onde espionam o que acontece em sua casa através de um circuito fechado de televisão.

Tudo transcorria bem até Meg descobrir que o que os bandidos querem está exatamente naquele quarto, e ao ver sua filha passar por uma crise de saúde, Meg será obrigada a sair do quarto para buscar medicamentos, o que pode colocar a sua vida em alto risco.





CRISTO, A NOSSA FORTALEZA!


Vimos que neste filme, ladrões tentam roubar "algo" na casa da protagonista e ela se refugia num quarto chamado "O Quarto do pânico".
Hoje ficarei apenas com essa parte do enredo do filme.

A Palavra de Deus nos diz o seguinte em Apocalípse 3:11: "Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa."

Então, devemos guardar o que temos para que ninguém tome o que é nosso. Mas quem iria tomar o que é nosso?

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar" (I Pedro 5:8).

Opa!!! Então vejamos: Temos uma coroa e o diabo anda ao nosso derredor procurando nos tragar. Se não estivermos abrigados, parece-me que seremos presas fáceis para ele.
Xiii... Então creio que agora seja hora de, no melhor estilo Chapolin Colorado, perguntarmos: "Oh! E agora quem poderá nos defender?"

Mas pensando bem, nem tudo está perdido pra nós. Iremos deixar que nosso inimigo tome o que é nosso? Acho bastante razoável que nos refugiemos em alguém.
O salmista Davi escreveu o seguinte: "Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia" (Salmos 46:1)

Acredito que já começamos a entrar em vantagem. Deus é fortaleza do necessitado, Ele é refúgio pro angustiado (Isaías 25:4). Então não importa quem o ou quê tentará nos roubar, se estivermos abrigados em suas asas, mal nenhum irá nos sobrevir.

Eita que foi bom eu falar em asa. Ouvi uma vez um famoso "pregador com sobrenome de bolsa de viagem" falar algo sobre as Asas de Deus que achei bem interessante.
Vejamos então... O inimigo está ao nosso derredor, tentando nos roubar. Que cabra safado, neh? Por isso que o chamam de 'coisa-ruim'. Bom, continuamos...

Mas a Bíblia diz de Deus nos cobrirá com suas penas e debaixo de suas asas estaremos seguros (Salmos 91:4).

Imaginemos então uma galinha protegendo seus pintinhos. Um gavião sobrevoa o galinheiro, procurando um pintinho desabrigado para que possa ter sua refeição.
Aí sempre tem aquele pintinho metido à besta que acha crescido o suficiente para andar sozinho. O gavião tá lá em cima só olhando. E a galinha ali cuidando. "Não sai daqui, meu filho". E o pintinho vai se afastando um pouco. A galinha cacarejando ou seja lá qual a forma que usa pra se comunicar diz: "Vem aqui, rapaz. Olha o gavião ali em cima".
O gavião não é nem louco em atacar um pintinho debaixo das asas da galinha. Galinha vira leão quando é pra poteger suas crias.
Mas o abobalhado pintinho se afasta cada vez mais das asas da galinha. O gavião que de bobo não tem nada, calcula a distância entre o pintinho e a galinha e num bote ligeiro... VUPT!!! Adeus, pintinho!


O que Deus me impulsiona a dizer é: NÃO SAIA DE PERTO DO SENHOR! Você pode se achar auto-suficiente para caminhar sozinho, mas o gavião está só te observando e esperando você estar longe de Cristo para te tragar.

Portanto, devemos ter muito cuidado e estarmos sempre abrigados em Cristo. Ele é a Rocha da nossa salvação. Ele é nosso refúgio. Ele é nossa fortaleza.
E tendo Cristo como nosso lugar forte, o inimigo não terá como roubar o que temos e muito menos tragar nossas vidas.


Que a graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o amor do Todo-Poderoso Deus e a comunhão do doce e amável Espírito Santo seja com cada um de nós.


Eliézer Rodrigues
Siga-me no twitter > @eliezer_sejac
E-mail > eliezer_rodrigues@hotmail.com

Mande-me dúvidas, críticas, sugestões.
Seja um semeador você também. Nos ajude a semear a preciosa semente.
Blog O Semeador! Semeie essa semente e colha conosco os frutos.

MUITOS CRERAM

Lázaro: ressuscitado, mas ainda enrolado na mortalha.


A Paz de Jesus Cristo esteja contigo!
No Evangelho de João, capítulo 11, versículos do 1 ao 45, encontramos a passagem em que Lázaro, irmão de Marta e Maria, amigos de Jesus, fica enfermo e morre. O Mestre vai até a cidade onde Lázaro está sepultado já há 4 dias, e o chama de volta à vida. Te convido a ler a narrativa desse fato na íntegra, porque aqui vou apenas pinçar alguns pontos. (Leia: João 11.1-45)
No versículo 35, Jesus chora, comprovando que Deus se importa com nosso sofrimento. Quando sofremos, Deus sofre junto... Deus não é insensível às nossas misérias! Mas Deus não quer apenas "chorar conosco": Ele tem uma solução para nossas dores, para todos que derem ouvidos à Sua Voz!
No versículo 39, Jesus manda que remova a pedra do túmulo... Ou seja: ressuscitar mortos (o impossível) é trabalho de Deus, mas remover pedras (o possível) é responsabilidade dos homens. Deus move o impossível, mas temos que ser responsáveis por nossa parte! Deus não vai cumprir nossa responsabilidade em nosso lugar!
No versículo 41, Jesus dá graças ao Pai antes de ver o milagre. A fé e a gratidão é o "gatilho" que move o impossível de Deus: pessoas descrentes e ingratas não conseguirão mover o sobrenatural de Deus em sua vida! Por outro lado, como está no versículo 40, aqueles que crêem, verão Sua Glória! Mas além da fé, deveremos ser gratos por tudo o que Deus já fez, e por tudo o que Ele ainda vai fazer! Em tudo, deveremos dar graças!
No versículo 44, Jesus manda que se remova as faixas (a mortalha) em que Lázaro estava enrolado... Ou seja: não adianta receber apenas a nova vida, mas precisamos nos desenrolar das "mortalhas" (costumes, formas de pensar e agir) que tínhamos no tempo que "estávamos mortos". Andar em novidade de vida é se livrar das mortalhas que nos envolviam, enrolavam e prendiam: pecado, iniquidade, carnalidade, egoísmo, orgulho... Aliás, deixa eu acrescentar mais um detalhe: precisamos vigiar para não sermos "crentes-múmias" - receber o Senhor Jesus como Salvador, mas continuar enrolado com a mortalha dos costumes da vida pré-conversão! Precisamos nos desligar da vida antiga, e ir!
Vários outros ensinamentos podemos extrair dessa passagem... Muitos, MESMO! Mas é o versículo 45 que mais me chamou a atenção nos últimos dias! Vou explicar por quê... Mas antes, deixa eu transcrevê-lo:

"Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram n'Ele." (João 11.45)

Muitos??? Como asim: "muitos"? Só "muitos", mas não "todos"???!!!
Se está dizendo que "muitos" creram n'Ele, é porque não foram TODOS!
Muitos que viram Jesus resssuscitando Lázaro creram n'Ele... E os outros que viram e não creram???
Precisamos nos lembrar que isso não é uma história, uma lenda...Mas um fato (testificado por nossa fé): Jesus é o Cristo, filho de Deus vivo, que ressuscitou e vive e reina para sempre... O que Ele fez no passado, ainda faz hoje.
E como no passado, alguns creem... Outros não!
As vezes, queremos fazer "chantagem" com Deus:
"Deus, se Tu me deres tal bênção, me fizeres tal milagre, eu Te seguirei e Te servirei!"
Me perdoa a dureza e o sarcasmo, mas: alguém acredita que Deus NECESSITE de nós prá alguma coisa???
Ele é o Todo-Poderoso! Onipotente, Onipresente, Onisciente e Eterno! Santo, Perfeito e Soberano... Do que Ele necessitaria?
É bem verdade que, por Ele nos amar, Ele DESEJA que estejamos com Ele... Mas se nós não estamos com Ele, é nós que perdemos, não Ele!
Uma frase que já li por aí: "Deus sem ti, continua Deus... E tu, sem Deus: quem és???"
Deus não nos quer porque somos bons: Deus nos quer porque Ele é Bom!
Deus não nos usa porque somos bons: Deus nos usa porque Ele é Bom!
Deus é Bom! Deus nos ama! Mas Ele não é dependente de nós: nós é que somos dependentes d'Ele! (...quer reconheçamos isso, ou não!)
Então, essa "chantagem" com Deus é tola e inútil, além de blasfema, pois está escrito: "Não tentarás o Senhor teu Deus!"
Jesus mandou que retirassem a pedra que tapava o túmulo. A pedra mantinha a morte e a podridão isolada no fundo de uma caverna, longe da luz... Removendo-se a pedra, a Luz de Cristo entrou na caverna e Lázaro ressuscitou.
Há uma pedra muito pesada isolando a morte e a podridão dentro de nós mesmos: a dureza de coração!
Coração duro, incrédulo, impenitente, ingrato, orgulhoso e soberbo, que mantém as obras da carne apodrecendo dentro de nós mesmos!
Foi esse coração de pedra de alguns judeus que impediram que eles cressem em Jesus, mesmo vendo seus milagres!
É esse mesmo coração de pedra que faz com que nós conheçamos a Palavra, vemos os sinais e, mesmo assim, não nos convertamos de fato!
Em qual grupo seríamos contados: entre os muitos que creram, ou entre os outros que não creram?
Em abril de 2010, o blog O Semeador recheou suas páginas de testemunhos dos colunistas (veja na coluna "Testemunhos"). Diariamente, vemos testemunhos de obras maravilhosas de Deus em nossa vida, ou à nossa volta...
...quantos se quebrantam, se sensibilizam com isso?
Se CRERMOS, veremos a Glória de Deus!
...mas para os que não crêem, a Glória de Deus pode até se manifestar, mas continuarão frios e cegos, e longe da Vida Nova que Cristo conquistou a cada um!
Removamos, portanto, a pedra de nosso coração!
Removamos a incredulidade!
Removamos a frieza!
Removamos os orgulho!
Assim, a morte e a podridão que estavam obstruídas dentro de nós poderão ouvir a voz do Senhor dizer:
"Saia para fora!"
E então, veremos a Sua Glória!
Que Deus nos abençoe, guarde, ilumine e conduza, em Nome de Jesus!
Forte abraço!
Ev. Danielson
PS: Volto, com este texto, às atividades normais no blog... Perdoem-me pelas duas semanas de ausência, devido a intensas atividades no ministério. Mas agora, graças a Deus, tudo volta à rotina! Até a próxima semana, se Deus quiser!
Conceito de monitor com impressora economiza espaço e traz um visual descolado

Conceito de monitor com impressora economiza espaço e traz um visual descolado


Com esta invenção, o "print screen" seria bem mais real!
Conceito de monitor com impressora
Fonte: Yanko Design
O designer Byeong Min Choe idealizou um monitor que certamente faria muitos usuários felizes. O Document Extractor é mais do que uma tela para o seu computador. Com um visual ao estilo iMac, o monitor traz uma impressora embutida.
A ideia do designer é tornar a impressão de imagens direto da internet mais simples, fazendo uso do bom o velho “Print Screen”. Com o Document Extractor, bastaria o usuário selecionar o que deseja imprimir e enviar para a impressora.
Características
O Document Extractor possuiria tela sensível ao toque, o que tornaria a utilização do computador ainda mais intuitiva e divertida. Sendo assim, para selecionar o conteúdo a ser impresso bastariam alguns toques na tela.
O papel para impressão ficaria armazenado na parte de trás do monitor, o que faria com que as folhas não fossem vistas por quem está utilizando o aparelho. Outra característica legal do Document Extractor é o fato de ele economizar espaço na mesa de trabalho, uma vez que a impressora externa se torna dispensável. Byeong Min Choe, o criador do monitor, não o idealizou apenas com uma impressora, mas sim como uma multifuncional. Isso porque a ideia é que, além de imprimir, o Document Extractor também possua função de scanner. Viabilidade, intenção de produção ou possível valor de comercialização não foram divulgados pelo criador do aparelho.

Nosso Senhor




POR BRUNO ARGONA


A paz do Senhor a todos. Semana passada não pude postar, pessoal. Semana de provas na faculdade é uma correria, hoje como estou mais aliviado nos estudos vim aqui trazer uma palavra breve a todos nós.

Irmãos confesso que essa última semana eu estava esperançoso com uma porta de emprego que eu havia feito entrevista, fiquei na espera da resposta com a esperança de que tudo daria certo, anteontem veio a resposta e negativa por sinal. Mas eu orei, e Deus tranquilizou meu coração, pois não é a vontade do homem que deve prevalecer, mas sim a vontade de Deus. A partir do momento que entregamos nossa vida à Deus ele faz a vontade D’ele.

Sei que é só um exemplo essa minha situação, mas todos nós passamos todos os dias por decepções e lutas, coisas muitas vezes que não encontramos a razão nem os famosos porquês, não é verdade? Portanto vim trazer um salmo para nossa reflexão, e que possamos nos derramar na presença do Senhor, firmar N’ele todas as nossas necessidades e confianças. Leiamos o Salmo 116:

  1. Eu amo o Senhor, porque ele me ouviu quando lhe fiz a minha súplica.
  2. Ele inclinou os seus ouvidos para mim; eu o invocarei toda a minha vida.
  3. As cordas da morte me envolveram, as angústias do Sheol vieram sobre mim; aflição e tristeza me dominaram.
  4. Então clamei pelo nome do Senhor: "Livra-me, Senhor! "
  5. O Senhor é misericordioso e justo; o nosso Deus é compassivo.
  6. O Senhor protege os simples; quando eu já estava sem forças, ele me salvou.
  7. Retorne ao seu descanso, ó minha alma, porque o Senhor tem sido bom para você!
  8. Pois tu me livraste da morte, os meus olhos, das lágrimas e os meus pés, de tropeçar,
  9. Para que eu pudesse andar diante do Senhor na terra dos viventes

Bom, por hoje é só pessoal, agora vou voltar à correria de semana de provas, mas espero que Deus tenha falado com todos nós por meio de sua sábia Palavra.
Fiquem na paz do Senhor e até semana que vem pessoal!

Leitura Diária • Jó 17-20




POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • O apelo de Jó a Deus
  • Acusação cruel de Bildade
  • Jó reafirma sua fé no Redentor que vive
  • Zofar refere-se a Jó como um homem mau.

TEXTO ÁUREO: "Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra." (Jó 19:25)

ANÁLISE
O segundo discurso de Bildade foi mais crítico, dizendo que os sofrimentos de Jó o colocavam como um pecador hipócrita que estava preso em seu próprios crimes (Jó 18:8).
Ele concluiu dizendo: "Tais são, na verdade, as moradas do perverso, e este é o lugar do que não conhece a Deus." (Jó 18:21)

Estas acusações infundadas dos amigos de Jó devem ter sido um duro golpe para ele. Mas este sofrimento e abusos continuos levaram Jó para mais perto do seu Senhor. Ele podia ver além de sua dor e disse: "Eu sei que o meu Redentor vive"

Esta grande revelação foi feita por Jó quando ele não tinha ninguém que se importasse com ele e, do ponto de vista humano, parecia que Deus não existia. Mas Jó podia suportar o sofrimento intenso e as acusações injustas porque estava vivendo na expectativa da aparição gloriosa de seu Redentor.

Nós também podemos suportar muitas lutas quando colocamos nossos olhos em Jesus, nosso Redentor vivo. Ele é sempre fiel.

"Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia." (II Timóteo 1:12)

PENSAMENTO DE HOJE: Quando tudo falha, percebemos a proteção eterna do nosso Pai celeste.

CRISTO REVELADO
  • Como o Redentor (Jó 19:25).
  • Cristo, nosso Redentor, nos comprou com seu próprio sangue na cruz (Apocalípse 5:9)

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"

Marchando

Por Vanessa Utzig

1Cr 14:15E há de ser que, ouvindo tu um ruído de marcha pelas copas das amoreiras, então sairás à peleja; porque Deus terá saído diante de ti, para ferir o exército dos filisteus.


Melquideseque estava indignado. Etelvina lavando a louça ouvia o marido que da sala contígua, lamentava:
- Claro, assim é fácil convencerem o povo que acredita em tudo o que vê na TV! Levam um pastorzinho mequetrefe sem preparo e ainda com jeitinho efeminado, pra descer a lenha nos crentes! Querem mesmo acabar com a gente! Nem se sabe quem é esse pastor, um desconhecido! Por que não chamaram o Silas Malafaia pra esse debate? Covardes!
- Calma, pai. – pede o filho, estendido no sofá. – É só um programa fajuto, de baixaria e bobageira. Liga não.
- “Liga não”? Jacob, muita gente vê este programa fajuto! E eles dizem que o povo de Deus é homofóbico! Olha só, estão falando da violência contra os homossexuais como se fosse muita, como se apenas eles sofressem violência! E querem que o Brasil inteiro pague por isso! Um horror, absurdo! E são espertos, safados; pra debater sobre a questão da “homofobia” convidam um pastorzinho desconhecido e despreparado, ainda com jeito efeminado, provavelmente alguém que teve envolvimento homossexual. Por que não convidaram o Silas Malafaia? Por medo, claro. Sabem que com ele não tem vez. Iam tomar um banho de conhecimento e persuasão. Nem mesmo sabendo que com o Silas a audiência ia bombar! Nem assim tiveram coragem. São covardes mesmo, querem mesmo aprovar essa porcaria de projeto de lei essa PLC 122/06 a mordaça gay abominável. Nem vou assistir esse lixo! Queria ver se fosse com o Silas!
- Ah, pai, vai que o pastorzinho é legal, Deus pode usar ele, a gente não pode julgar pela aparência...
- É verdade, filho. Mas o que a gente viu até agora é a Luciana Gimenez e sua catrefa trucidando o pastorzinho. Até aquele cara que nem sei o nome, aquele que “casou” com seu parceiro, disse pro pastorzinho que ele é gay enrustido! Eu é que não vou assistir esse lixo, dar ibope pro maligno, me envenenar, me amargurar com ira.
- É, Melqui. Nossa luta não é contra a carne e o sangue... – Etelvina setencia ali da cozinha, enquanto encerra seu expediente guardando a louça lavada.
- Eu sei, Ete. Só queria ver o debate com o Silas e não com esse pobre pastor desconhecido...
- E despreparado. Verdade, concordo contigo, Melqui. – Etelvina apaga a luz da cozinha e vai pra junto do marido, que zipa daqui e dali e acaba desligando a TV.
- Qual é, pai? Desliga a televisão assim, sem avisar?
- Te levanta deste sofá, Jacob, vai dormir que tem aula amanhã cedo.
A família reunida ora agradecendo a Deus pelo dia, pedindo perdão por suas falhas egoístas e em cada “boa noite” a certeza de um dia melhor amanhã. Graças a Deus.
 Agora, leiam este artigo do Julio Severo, pois é isso mesmo, assim que tenho encarado esta situação absurda de perseguição aos cristãos. Mas entendo que a Palavra de Deus nos alerta que seríamos perseguidos. O mundo nos odeia... O mundo querendo dizer, o sistema mundano.
Joa 15:19Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.

Joa 16:33Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
        
                 

Prática homossexual torna-se cada vez mais garantia contra impunidade e descaso policial

Julio Severo
Um morto na rua. A polícia cumpriu o seu dever de fazer suas averiguações do crime e comunica o caso ao delegado, que pergunta: “A vítima era gay?”
Quando a resposta é negativa, o delegado diz: “Joguem então esse caso nas estatísticas dos mais de 50 mil brasileiros assassinados todos os anos”.
Não é que a polícia seja amante da impunidade. Com dezenas de milhares de assassinatos ocorrendo, fica difícil para poucos policiais mal pagos e mal treinados resolverem tantos crimes. Tudo o que lhes resta é cuidar dos casos que recebem holofotes.
Em 2007, o menino Gabriel Kuhn, de 12 anos, foi estuprado e esquartejado ainda vivo, morrendo de hemorragia depois que suas duas pernas foram arrancadas a golpes de serra, mas o caso nunca ganhou fama na grande imprensa. Um crime comum — estupro, esquartejamento e assassinato de um menino — não atrai tanto a atenção da mídia quanto o caso de um gay que sofre uma agressão.
A moda é, por causa da pressão do movimento homolátrico, tirar da nuvem negra do descaso somente incidentes onde homossexuais sofrem arranhões, agressões e assassinatos — ou até mesmo, como muitas vezes ocorre, aqueles que simplesmente se sentiram ofendidos. O PLC 122/06, por exemplo, pune o autor de uma simples “ofensa” contra a prática homossexual com uma pena tão pesada quanto leva um estuprador de crianças.
Na classificação dos crimes, a prática homossexual dá a uma vítima o direito de não ser tratada com a mesma indiferença com que são tratadas todas as outras vítimas.
A impunidade que afeta crimes contra bebês, meninos, meninas, rapazes, moças, homens e mulheres está perdendo sua força quando a vítima é viciada naqueles impudicos atos privilegiados, pois legisladores, jornalistas e grupos de direitos humanos colocaram os praticantes do homossexualismo na categoria de indivíduos que merecem atenção VIP.
Se você é homossexual, há agora as delegacias especializadas de “direitos humanos”, onde você terá atendimento personalizado. Há o disque-denúncia gay, para você usar e abusar, denunciando como “homofóbico” até o cão do vizinho que incomoda com seus incessantes latidos. Se você não é gay, você terá de se juntar ao povão e entrar na fila do atendimento público. Afinal, o perfil dos gays é economicamente mais elevado e essa classe endinheirada não pode se misturar com as pessoas comuns. Uma mistura só ocorre quando o gay ricão vai atrás de um rapaz ou menino pobretão para oferecer presentes em troca “daquilo”.
Contudo, os homossexuais não são os alvos preferenciais de assassinatos. Se fossem, haveria dezenas de milhares deles perdendo a vida todos os anos. Quem está perdendo a vida aos milhares são os brasileiros comuns que, de 1980 a 2005, sofreram o astronômico e assombroso número de aproximadamente 800 mil assassinatos. Então você pergunta: “Mas como é que nunca ouvi falar disso?” Simples: eles não eram gays.
Nesse mesmo período de 25 anos, 2.511 homossexuais foram assassinados, de acordo com informações do próprio Grupo Gay da Bahia, fundado por Luiz Mott. Esse pequeno número pode incluir também episódios onde a causa do crime é a paixão irracional de um amante da vítima. Além disso, é supervalorizada e supermaquiada a morte de homossexuais que frequentam, às 2h da madrugada, ambientes de drogas, prostituição e criminalidade.
Embora as vítimas homossexuais não cheguem nem a 1% dos 800 mil brasileiros assassinados, elas se tornaram a estrela principal do “show”. É como se os homossexuais é que somassem 800 mil vítimas, e todos os outros brasileiros não passassem de 2 mil assassinados.
Por ano, são assassinados 122 homossexuais, ou 1 a cada três dias, conforme alegação do sr. Luiz Mott. Em contraste marcante, por ano são assassinados 50 mil brasileiros, 414 a cada três dias, ou 138 por dia. Isso significa que o número de brasileiros mortos por dia é maior do que o número total de homossexuais mortos por ano, indicando, nas palavras de Solano Portela, que “a melhor forma de escapar com vida, no Brasil, é virar gay”.
A maioria dos homossexuais assassinados é de travestis, conforme Oswaldo Braga, presidente do Movimento Gay de Minas, que declarou: “São homossexuais que estão mais envolvidos com a criminalidade, como prostituição e tráfico de drogas, ficando mais expostos à violência”. (Tribuna de Minas, 09/03/2007, p. 3.)
Não se sabe o motivo por que travestis e outros homossexuais, que escolhem ambientes de criminalidade e prostituição, não sofrem uma proporção muito maior de assassinatos. Será que a bandidagem agora tem também medo de ser acusada de “homofóbica”?
Certas atitudes do homossexual perturbado (por homossexual queremos dizer o homem que dá ou recebe o pênis no ânus) passaram a fazer parte integral da propaganda que trata como “homocausto” (holocausto de homossexuais) os 122 homossexuais assassinados todos os anos no Brasil. Esse homocausto na verdade soma uma proporção baixíssima que entra em choque com o quadro imenso de todos os outros brasileiros assassinados. Mas a realidade maior é vencida pela realidade pequena à custa daquelas atitudes típicas de gay espalhafatoso, como mentiras, intrigas, estardalhaços e fofocas, sofisticamente mascarados em linguagem de propaganda.
Com a pressão e opressão da Gaystapo na mídia, que chance tem a vasta maioria das vítimas (que são tratadas como cidadãos de quinta categoria) diante das “vítimas de primeira classe”?
A agenda da homolatrina joga a verdade no chão e exalta a homolatria acima de toda e qualquer estatística e realidade social, ganhando no puro estardalhaço.
No entanto, se os homossexuais são realmente 10% da população brasileira, conforme alegam os grupos gays do Brasil, onde estão então os 80 mil homossexuais mortos no período de 25 anos? Se eles são apenas 5%, então onde estão os 40 mil homossexuais mortos? Se eles são apenas 1%, onde estão os 8 mil mortos?
Com todos os holofotes da mídia no pequeno número de vítimas homossexuais, a impunidade só tende a aumentar para todos os brasileiros, pois mais atenção e policiamento para homossexuais significa menos atenção e policiamento para todos os cidadãos.
Os crimes agora só ficarão protegidos de impunidade conforme a homolatria da vítima. O agredido é gay? O culpado será condenado e preso, sem chance de escapar. A vítima não é gay? Então a polícia está ocupada demais para investigar, dando ao culpado a chance de suspirar de alívio. É a ideologização e idiotização do sistema de punição. É a homolatria privilegiando quem presta culto ao ânus.
Quer que um caso de agressão ou assassinato em sua localidade receba atenção da imprensa, dos políticos e da polícia? Numa sociedade mergulhada na homolatrina, só lhe resta alegar que a vítima é gay. No incidente do menino Gabriel Kuhn, que foi estuprado e esquartejado, o caso dele seria lembrado regularmente em todos os canais de TV e no próprio Congresso Nacional — se o esquartejador não fosse homossexual. E há milhares de outros casos de meninos estuprados que não viram notícia na tela da TV Globo ou da TV Record, porque o estuprador é homossexual.
Quando a vítima é homossexual, holofotes. A “causa” do crime é a “homofobia” e ponto final. Cada caso de “homofobia” se torna motivo para campanhas espalhafatosas em favor de leis para proteger depravados de primeira categoria como se fossem vítimas de primeira classe.
Quando o criminoso é homossexual, manipulação, falsificação e ocultamento, protegendo a prática homossexual de toda desonra. A “causa” do crime é um mistério! A culpa é jogada em tudo e em todos, menos na chamada “orientação sexual”.
A agenda da homolatrina garante atenção VIP para vítimas homossexuais e impunidade para homossexuais que cometem insanidades. Luiz Mott, o líder máximo do movimento homossexual brasileiro, é acusado de defender a pedofilia, enquanto o homossexual Denílson Lopes, professor universitário, tem descaradamente defendido o sexo com crianças. Além disso, um filme brasileiro promoveu abertamente o sexo homossexual entre meninos. Em cada um desses casos, as autoridades jamais tomaram qualquer medida. Contudo, se um pastor ou padre dissesse apenas 10% do que Mott e Lopes disseram sobre sexo com crianças, já estariam — e com muita justiça — presos e completamente desmoralizados com denúncias jornalísticas desde a revista Veja até a Rede Globo.
Na violência generalizada que assola a todos no Brasil, a homolatria agora faz toda a diferença na hora de decidir quais vítimas recebem tratamento de estrela de cinema e quais perpetradores obtêm impunidade.

Leitura Diária • Jó 13-16




POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • Jó defende sua integridade
  • Jó deseja morrer
  • Elifaz intensifica sua condenação
  • Queixa de Jó pelo modo como estava sendo tratado

TEXTO ÁUREO: "Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo, os meus caminhos defenderei diante dele... Quantas culpas e pecados tenho eu? Notifica-me a minha transgressão e o meu pecado." (Jó 13:15,23)

ANÁLISE
Zofar, um homem que acreditava saber de tudo, convencido de que Jó era culpado de um grande pecado, já que todas as áreas de sua vida foi afetada por tragédias, concluiu assim: "Às tuas mentiras se hão de calar os homens?... sabe que Deus exige de ti menos do que merece a tua iniquidade." (Jó 11:3,6)

Satanás instigou as críticas da esposa de Jó e de seus "amigos piedosos" para apoiar suas acusações satânicas de que Jó amaldiçoasse a Deus para salvar sua própria vida. Mas cada acusação aprofundava a fé e o amor de Jó por Deus, a ponto de ele chegar a dizer: "Ainda que ele me mate, nele esperarei" (Jó 13:15). Este foi o momento decisivo na provação de Jó.

Para sermos como Cristo em sua morte, devemos estar desejosos de dar tudo à Deus, de ver nossa carne morrer e de abdicar as nossas próprias vontades, somente pelo privilégio de agradá-lo.

"Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presentenão são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada" (Romanos 8:18)

PENSAMENTO DE HOJE: Ainda que nossa consciência tente nos condenar, temos a confiança de que Deus escuta e responde as nossas orações.

CRISTO REVELADO
  • Pelas feridas de Jó (Jó 16:10).
  • Cristo também foi ferido por aqueles que o ridicularizaram. (Mateus 27:29-44; Salmos 22:7; Salmos 109:25; Isaías 53).

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"

Defendendo Nossas Razões

Por: Eliane Alves

Sei que não existe ninguém igual a ninguém. Por mais semelhantes que sejamos uns dos outros, nunca seremos iguais! E nesta diversidade de pensamentos, comportamentos e atitudes opostas que encontramos entre nós, a razão destaca-se como uma das grandes causadoras de tantos rompimentos e separações entre famílias, amigos e irmãos.
Uma vez usada com inteligência e sabedoria, não há nada de mal; porém, o grande problema é quando nos esquecemos disso e nos sentimos detentores da verdade e não damos ouvidos a mais nada e ninguém. Quando temos a necessidade de defender tanto aquilo que achamos que é certo sem nos inclinarmos a ouvir, aprender, ou receber de outro muitas vezes aquilo que nos fará avançar, ver, entender ou compreender o que não conseguimos do nosso ponto de vista, nos tornamos pessoas arrogantes e insensatas! Talvez o motivo de tantas guerras entre igrejas, irmãos, ministérios, famílias e relacionamentos em geral, sejam pelo fato de estarmos ocupados demais defendendo demasiadamente nossas próprias razões! Qualquer coisa que nos tire do Alvo maior das nossas vidas que é Cristo, estará nos levando para o inferno! É tempo de esvaziarmos a “mochila” e deixarmos para trás aquilo que tem nos impedido de caminhar e prosseguir! O que você tem defendido? Esta é minha pergunta para você, pense nisto!
Testemunho do Sidney

Testemunho do Sidney

Testemunho do Sidney Palhano dos Santos
4ª Igreja do Evangelho Quadrangular 
Curitiba / PR

Que a Graça e Paz de Jesus esteja com todos! 
No inicio do mês de Agosto, estava em uma reunião na empresa no período da manhã mais ou menos 10:00 horas, quando senti uma forte dor no peito e simplesmente apaguei. 
Os companheiros de trabalho acionaram a ambulância que demorou aproximadamente 30 minutos para chegar, e fui levado ao centro de emergências da prefeitura. Neste período tive alguns momentos de lucidez e novamente apagava. 
Somente por volta das 21:30 horas que os médicos me liberaram, mas no dia seguinte era necessário fazer uma tomografia para fazer uma análise mas detalhada. 
Na manhã seguinte fui com a minha esposa ao Hospital fazer o exame aonde para minha surpresa foi constato uma lesão no meu cérebro no lado esquerdo, aonde eu fiquei internado na UTI para fazer uma cirurgia para retirada do coagulo no meu cérebro. 
Quando a medica falou isto eu olhei a ela e falei que o Senhor Jesus Cristo é o médico dos médicos e não iria permitir. 
Foram feitos vários exames e após 5 dias, os médicos me liberaram pois o coagulo já havia diminuído, mas eu deveria passar por observação neurológica, fiquei impedido de dirigir e estaria iria tomar um medicamento para o resto da minha vida. 
Mas o Senhor Jesus é fiel e justo, hoje fazendo este relato, no mesmo mês voltei a dirigir e não utilizar medicamento nenhum. 
O Senhor me fez lembrar de JO:11-4 que esta doença não era para morte e sim para Glória de DEUS. 
Amados creiam que o Senhor Jesus faz milagres ainda hoje!

QUER SEU TESTEMUNHO PUBLICADO AQUI?
ESCREVA PARA:
jessica-brunaa@hotmail.com

Leitura Diária • Jó 9-12




POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • Jó reconhece a justiça de Deus
  • Jó lamenta sua condição
  • A acusação de Zofar
  • Jó proclama fé na sabedoria e onipotência de Deus.

TEXTO ÁUREO: "Então respondeu Zofar, o naamatita, e disse: ...Às tuas mentiras se hão de calar os homens? E zombarás tu sem que ninguém te envergonhe? Pois dizes: A minha doutrina é pura, e limpo sou aos teus olhos. Mas na verdade, quem dera que Deus falasse e abrisse os seus lábios contra ti!" (Jó 11:1,3-5)

ANÁLISE
Zofar foi enganado pela mesma falsa opinião expressa pelos seus colegas, acerca de que sofrimentos severam comprovam grandes pecados. Como muitas vezes acontece, esse "consolador" legalista e religioso se tornou em uma crítica. Ele continuou repreendendo e denunciando Jó continuou como vão e mentiroso, fingindo ser justo.

Zofar continuou: "Quem dera que Deus falasse e abrisse os seus lábios contra ti!" Deus abriu a boca e falou, mas foi contra estes críticos. Ele disse enfaticamente à Elifaz: "A minha ira se acendeu contra ti, e contra os teus dois amigos, porque não falastes de mim o que era reto, como o meu servo Jó." (Jó 42:7). Isso mostra que o conselho deste homem e de seus amigos foram apenas o raciocínio humano e não o Deus.

Aqui nós vemos que pessoas que expressam uma crítica negativa dos cristãos estão fazendo o trabalho do inimigo. A Palavra de Deus nos adverte que não devemos impor ainda mais dificuldades para aqueles que precisam do nosso conforto. Os críticos religiosos e acusadores dos cristãos, muitas vezes não entendem o método que Deus usa para lidar com seus discípulos.

Não é fácil para orar pelos "falsos consoladores", como fez Jó. Mas nada revela mais claramente o que somos, como a maneira que reagimos a estas críticas dos que nos interpretam mal.

"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:44)

PENSAMENTO DE HOJE: Cuide como reagir com aqueles que não são amáveis com você.

CRISTO REPRESENTADO
  • Através do mediador (Jó 9:32-33)
  • Cristo é o "mediador entre Deus e os homens" (I Timóteo 2:5)

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"

Leitura Diária • Jó 5-8

Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas. (Sl 34:19)


POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • Continua repreensão de Elifaz contra Jó
  • A resposta de Jó
  • Jó acusa seus amigos
  • Teoria de Bildade sobre a agonia de Jó.

TEXTO ÁUREO: "Oh! se a minha mágoa retamente se pesasse, e a minha miséria juntamente se pusesse numa balança!... Porque as flechas do Todo-Poderoso estão em mim... " (Jó 6:2,4)

ANÁLISE
Depois de contemplar por uma semana em silêncio o sofrimento de Jó, Elifaz, o mais velho de seus quatro amigos, foi o primeiro a falar. Seus muitos anos de observação levou-o a crer que todo sofrimento era resultado do pecado. Portanto, disse a Jó: Segundo eu tenho visto, os que lavram iniquidade, e semeiam mal, segam o mesmo." (Jó 4:8). Elifaz tentou convencer a Jó que confessasse seu pecado.

Bildade e Zofar, concordaram com a opinião de Elifaz. Ignorando a sugestão de ser um hipócrita, Jó apelou para uma análise mais aprofundada de seu caráter, dizendo: "Oh! se a minha mágoa retamente se pesasse, e a minha miséria juntamente se pusesse numa balança." (Jó 6:2)

Jó sentiu o dardo amargo da condenação de Elifaz e, pior, parecia que ele tinha sido abatido "pelas flechas do Todo-Poderoso". (Jó 6:4)

As experiências de Jó nos ajudam a permanecer fiéis, sem importar as adversidades. Através do sofrimento de Jó, podemos aprender não somente que Deus está no controle total, mas também que Ele está fazendo a Sua vontade perfeita através de nós. Isso explica a declaração: "Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele" (Filipenses 1:29).

Então não devemos nos surpreender se nos interpretarem mal ou se enfrentarmos pesares e sofrimentos.

"Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis." (I Pedro 4:12-13)

PENSAMENTO DE HOJE: Deus nunca se esquece de nenhum de seus filhos.

CRISTO REVELADO
  • Por meio da condição lastimável de Jó (Jó 7:1-6).
  • Cristo foi conhecido como "homem de dores, e experimentado nos trabalhos" (Isaías 53:3).

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"
As Astutas Ciladas Do Maligno - Pr. Olavo Feijó

As Astutas Ciladas Do Maligno - Pr. Olavo Feijó

Olá pessoal, vou postar um devocional do Pr. Olavo que achei muito importante, acompanhem:

Efésios 6:11 - Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

A partir dos ensinos de Jesus, os vários autores do Novo Testamento nos alertam sobre os planos desonestos de Satanás contra os escolhidos de Deus. Por isso, Paulo recomenda firmemente: “Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as astutas ciladas do Maligno” (Efésios 6:11).

Muitos de nós crentes ainda não compreendemos as estratégias desonestas e sutis de Satanás, com o objetivo de castigar os que aceitam Jesus como soberano. Como “pai da mentira”, o Maligno usa todos os métodos desonestos, para desencaminhar os cristãos. É coisa comum, por exemplo, Satanás usar Testos bíblicos fora do contexto, como arma de condenação: é grande o número de crentes que sofrem pensando que pecaram “contra o Espírito Santo!”.

O único jeito de não continuar como vítima das “astutas ciladas do Maligno” é alimentar-se diariamente da Bíblia. Do contexto bíblico. Não tem que ser um capítulo inteiro, todos os dias – há muita gente que não tem todo este tempo. Mas é possível, no domingo, em oração, escolher seis versículos relacionados com as pregações ouvidas no templo (ou em casa) – aí, cada dia seguinte, pegar o texto, escrito em uma tira de papel, e ler o verso durante o dia, nos segundos de folga que surgirem. Mais poderosas que as “astutas ciladas do Maligno” são as armas do Santo Espírito.


Fonte: Gotas Bíblicas - Pr. Olavo Feijó

E o diabo muitas vezes usa até a bíblia com meias verdades pra confundir os crentes, por isso precisamos vigiar e orar muito sendo cheios do Espírito Santo com a nossa espada palavra e nosso escudo da fé.
Estejamos atentos.
Deus os abençoe!

Leitura Diária • Jó 1-4




POR ELIÉZER RODRIGUES.

DESTAQUES
  • Riqueza e Justiça Jó
  • Satanás recebe permissão para afligir Jó
  • O péssimo conselho da esposa de Jó
  • Jó é visitado por seus três amigos
  • Jó conta sua miséria e desespero
  • Elifaz repreende Jó.

TEXTO ÁUREO: "E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR." (Jó 2:1)


Ficamos muito surprANÁLISEesos ao descobrir Satanás na presença do Senhor. (Jó 1:6-12, Jó 2:1-7). Mas ele estava lá apenas para caluniar e acusar um "homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal" (Jó 1:1.8, Jó 2:3)

Satanás, "o acusador de nossos irmãos" (Apocalipse 12:10), usou mais tarde os "amigos" de Jó, para o humilhar e o desencorajar.

Você pode entender a angústia e o sofrimento de Jó, o servo do Senhor, que foi destituído de sua família, de seus bens e de sua saúde? Este sofrimento não era um infortúnio ou má sorte, não foi castigo de Deus, como amigos de Jó acreditavam. Todos sofrimento de Jó foi causado pelos ataques de Satanás, mas Deus permitiu isso a fim de trazer Jó a uma relação mais estreita com Ele mesmo.

As vitórias espirituais não acontecem por acaso, dependem de nossa fé em Deus. Se você se afastar do poder que vive em Sua Palavra, todos os esforços para viver uma vida cristã vitoriosa estarão condenados ao fracasso

"Portanto, tomai toda a armadura de Deus... e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" (Efésios 6:13,17)

PENSAMENTO DE HOJE: Para se manter fiel em meio as dificuldades, temos que desenvolver o amor pela Palavra de Deus e exercer a fé que nEle nos foi dada.

CRISTO REVELADO
  • Na conversa entre Deus e satanás (Jó 1:8-12)
  • Podemos ver o significdo da declaração de Cristo a Pedro: "Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo" (Lucas 22:31)

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"

Leitura Diária • O livro de Jó




POR ELIÉZER RODRIGUES.


  • 18° livro da Bíblia
  • 42 capítulos
  • 1.070 versículos

Este livro se inicia com uma breve história de um homem chamado Jó. Ele foi um homem de Deus e muito próspero. "... este homem era maior do que todos os do Oriente... homem sincero e reto..." (Jó 1:3; Jó 2:3). Nos primeiros capítulos lemos as acusações de satanás contra Jó e as incríveis catástrofes que Deus permitiu acontecer em sua vida.

No livro de Jó, vemos os raciocínios de Deus, de aatanás, de Jó, da sua esposa, de seus três amigos e de Eliú. Ao ler cada capítulo cuidadosamente distinguimos a sabedoria de Jó e, embora bem intencionada, os confusos e incorretos argumentos dos seus amigos (capítulos 3-37). Deus honrou muito a Jó por ter falado a verdade. Deus disse que os amigos de Jó não tinha falado a verdade sobre Ele, da maneira que o Seu servo Jó tinha feito (Jó 42:7; comparar com Jó 1:1.8).

Os discursos dos amigos de Jó revelam o fracasso do raciocínio humano ao menos que ele seja guiado pelas Escrituras.

Nos últimos capítulos (38-42), Deus revela Sua sabedoria e, mais uma vez, reconhece a justiça de Jó.

O livro de Jó mostra claramente que mesmo não sabendo o motivo de nosso sofrimento, é muito importante que nossa confiança em Deus seja mantida.

Através das provações e sofrimentos de Jó, sua fé, seu amor e sua fidelidade a Deus foi fortalecida e ele recebeu uma grande revelação da sabedoria de Deus. Embora Deus nunca revelou a Jó a razão de suas tragédias, Jó confiou que Deus, Criador de tudo, estava no controle de todas as coisas.

Texto traduzido e adaptado do blog "Jesus Cristo es la solución"

AS CRÔNICAS DE NÁRNIA: O LEÃO, A FEITICEIRA E O GUARDA-ROUPAS



Eita lá! Eita lá! Eita lá!
Tudo bem, lagartixas? xD

Hoje no Coisa de Cinema, veremos um filme um pouco mais atual. As crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupas ganhou o Oscar de Melhor Maquiagem e foi indicado em Melhor Som e Efeitos Especiais.

Lendo a sinopse, você logo vai ver a ligação desse filme com a vida de um cristão e com coisas que aconteceram.

Vamos lá?

SINOPSE

Neste filme são narradas as aventuras dos quatro irmãos Pevensie: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia, que fugindo dos bombardeios a Londres durante a II Guerra Mundial, vão até a casa de um professor que morava no campo. Lá encontram, dentro de um guarda-roupa, uma passagem que liga nosso mundo ao mundo de Nárnia.

Eles chegam a este país que está sendo castigado por um inverno decretado pela Feiticeira Branca, também conhecida como Jadis.

Infelizmente Edmundo, tentado pelas promessas da Feiticeira Branca, acaba traindo os próprios irmãos, avisando-a de que seus irmãos estão em Nárnia e que estão procurando Aslam. Mas de qualquer maneira os outros três acabam por encontrar Aslam, além de conseguirem salvar Edmundo da Feiticeira, que o havia encarceirado. Como prova de amor, Aslam se oferece em troca de Edmundo para ser sacrificado na Mesa de Pedra, local onde os traidores são entregues à Feiticeira para sacrifício.

Mas a morte não é capaz de vencer Aslam, que revive por ser inocente. Então a Feiticeira agrupa seus súditos fiéis para atacar o exército de Aslam, liderado agora por Pedro. Aslam primeiramente vai libertar os narnianos que foram transformados em estátuas de pedra pela Feiticeira em seu castelo. Soprando nas estátuas Aslam faz isso e logo então vai ajudar Pedro na batalha, derrotando definitivamente a Feiticeira e seu exército.

Com a vitória, os quatro irmãos são coroados reis e rainhas de Nárnia em Cair Paravel. Eles governam por muitos anos, iniciando a Época de Ouro.


O LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ MORREU POR VOCÊ.

Depois dessa sinopse está meio óbvio o que vou escrever aqui.
Você é peregrino num mundo onde as trevas vão tomando mais espaço a cada dia. O inverno e frieza espiritual tentam sempre se instalar em tua vida.

Mesmo com todas essas situações adversas, deves procurar pelo verdadeiro Rei, o Leão da Tribo de Judá. Ele é capaz de acabar com esse inverno e fazer com que a alegria e a paz volte a reinar em teu mundo.

Mas agora começo, verdadeiramente, minha analogia sobre esse filme.

Sempre que estás a procura do Rei, acabas por encontrar o príncipe desse mundo (João 14:30) que, se passando por rei, tenta te seduzir. Qual é o intuito dele?
Ele te oferece "coisas atraentes" desse mundo para que deixes de procurar o verdadeiro Rei e então possa te aprisionar e reinar em tua vida.

Devido as tuas falha e pecados, estás fora da presença de Deus e condenado a morte. (Romanos 3:23) O nosso adversário te paralisa, impedindo-te de seguir em frente e de procurar pelo verdadeiro Rei.

Mas eis que surge Ele, o Leão da Tribo de Judá. Foi Ele que se entregou a morte por você. Ele morreu para te salvar, mas ressuscitou e vem para guerrear as tuas guerras.

Ele quer te mostrar quem é o verdadeiro Rei. Confie Nele. Olhe para Ele. Busque a Ele.
E mesmo que você, seduzido e encarcerado pelo pecado, tenha paralizado na tua caminhada, Ele é capaz de te dar vida e te fazer prosseguir.

Clame ao verdadeiro Rei, sinta o vento de Deus soprando em sua vida, fazendo que você reviva e esteja pronto pra guerrear contra o mal.

Lembre-se sempre: Ele morreu por você. Ele quer te fazer seu filho e herdeiro de Deus. (Romanos 8:17; Tito 3:7) E então reinarás com Ele conforme Sua promessa. (II Timóteo 2:12a).

Mas como eu posso ter direito a isso? Eu neguei a Cristo e acabei cedendo aos apelos do mundo, como posso ser herdeiro de Deus?
Basta você se arrepender de seus pecados. Basta você aceitar a Cristo como teu Rei e salvador da tua vida. Ele não despreza um coração contrito (Salmos 51:17b).

Entregue hoje mesmo tua vida a Cristo e passe a ter direito de entrar na Santa Cidade.

Que a graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o amor do Todo-Poderoso Deus e a comunhão do doce e amável Espírito Santo seja com cada um de nós.


Eliézer Rodrigues
Siga-me no twitter > @eliezer_sejac
E-mail > eliezer_rodrigues@hotmail.com

Mande-me dúvidas, críticas, sugestões.
Seja um semeador você também. Nos ajude a semear a preciosa semente.
Blog O Semeador! Semeie essa semente e colha conosco os frutos.

Blog Archive

TOP 10