Leitura Diária • O segundo livro dos Reis




POR ELIÉZER RODRIGUES.

  • 12° Livro da Bíblia
  • 25 Capítulos
  • 719 versículos

II REIS

Com exceção de Saul, todos os reis de Judá e de Israel são registradas em I e II Reis.
Após a morte de Salomão, 10 das tribos se revoltaram contra seu filho Roboão e formaram o Reino do Norte chamado Israel (por vezes referido como a Efraim e Samaria). A rebelião foi liderada por Jeroboão, que imediatamente estabeleceu a adoração ao bezerro de ouro em Betel, a fim de evitar que as pessoas cultuassem em Jerusalém e se reunissem com as outras tribos.
Os primeiros 17 capítulos de II Reis, são dedicados ao reino dividido. Roboão foi o primeiro rei do Reino do Sul, que consistia nas tribos de Judá, Benjamim e os levitas que permaneceram fiéis ao templo de adoração escolhido por Deus em Jerusalém. (I Reis 12:20-21).
Os profetas foram proeminentes na história dos reis. Expuseram a corrupção da nação, profetizaram o julgamento de Deus e apelaram ao povo para voltarem ao Senhor. O profeta mais proeminente em I Reis foi Elias em II Reis foi Eliseu.
Dezenove reis governaram Israel durante sua história de 210 anos como um reino dividido, mas nenhum deles amava a Deus fielmente.
No nono ano de Oséias, rei das tribos do norte, Salmaneser conquistou Samaria. Muitas pessoas foram levadas para diferentes partes do Império Assírio, e as dez tribos perderam sua identidade (II Reis 17). Os poucos israelenses que ficaram se casaram com outros cativos de terras estrangeiras e ficaram conhecidos como os samaritanos. Eles eram odiados pelos judeus (João 4:9).
As tribos de Rúben, Gade e metade da tribo de Manassés tinham ocupado territórios a leste do rio Jordão, perto da Terra Prometida, e foram os primeiros a ser conquistados pelos assírios (I Crônicas 5:25-26).
O reino do sul de Judá, que era menor, (I Reis 18-25) também teve 19 reis. (Isto não inclui a usurpadora Rainha Atalia ou Gedalias, que foi nomeada governadora por dois meses - II Reis 11:1-16, 25:22-25). O Reino do Sul continuou como uma nação por cerca de 136 anos após a destruição de Israel.
Nabucodonosor, rei da Babilônia, destruiu os dois templos de Salomão e Jerusalém (compare II Reis 25:3-13, Jeremias 52:12-17). A maioria da população foi deportada para a Babilônia. Aqueles que foram autorizados a permanecer fugiram para o Egito, levando Jeramias como refém.

Texto adaptado e traduzido do blog "Jesus Cristo es la solución".

0 Comentários em "Leitura Diária • O segundo livro dos Reis"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10