Você que ouviu o louvor acima, pode convidar Rosangela Cristina para cantar em sua igreja ou congresso.

Basta entrar em contato e levar essa levita do Senhor para cultuar a Deus juntamente convosco e, temos por certo, que serão tocados pela unção e pelo mover do Senhor.

Contatos:

Fone: (49) 9992-5202
E-mail: rosinha_foustel@hotmail.com

domingo, 12 de setembro de 2010

JUDAS, UM CABRA SAFADO!!!

"Meu amigo: trais a Mim com um beijo???"

A Paz do Senhor Jesus Cristo esteja contigo!
O grupo Pingo D'Água gravou e executa uma canção que, se minhas fontes não se enganaram, era uma cantiga popular do nordeste brasileiro (por favor, leitores, me corrijam se estiver errado!). A letra da canção é a seguinte:
"Jesus morreu na cruz / Pra perdoar nossos pecados / Judas O traiu / Aquele cabra safado
Cabra safado / Cabra safado / Judas traiu Jesus / porque era um cabra safado"

Desde o prinípio da cultura cristã, tem se usado o nome do discípulo de Jesus, Judas Iscariotes, como sinônimo de: traidor, dissimulado, indigno e coisas piores. Em resumo, como a cantiga proclama, na cultura cristã: Judas = cabra safado.
Sim, de fato, os Evangelhos atestam o ato de traição de Judas Isacriotes! Judas, realmente, traiu o Mestre, entregando-O nas mãos da guarda do templo por 30 moedas... Ato ediondo, realmente!
Mas quero chamar atenção para outros aspectos pouco comentados a respeito de Judas Iscariotes. Coisas que têm a ver comigo e, provavelmente, contigo também.
(Contigo? Será? Não... Tu não deves ter nada a ver com Judas Iscariotes! O evangelista Danielson é muito tolo, ou louco, em falar algo como assim...!)
Quero compartilhar contigo algumas passagens do Evangelho. Para começar, o Evangelho escrito por João. Neste trecho, Jesus havia acabado de pronunciar um duro discurso exortativo, e grande parte dos Seus seguidores, não suportando o que Jesus dizia, resolveram abandoná-Lo:

"Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente. Respondeu-lhe Jesus: Não vos escolhi a vós os doze? E um de vós é um diabo. E isto dizia ele de Judas Iscariotes, filho de Simão; porque este o havia de entregar, sendo um dos doze." (João 6.67-71)

Jesus escolheu um diabo como discípulo???
A palavra "diabo" vem do grego "diabolon" e significa "opositor", ou algo como "aquele que causa intriga" ou, simplesmente, "inimigo".
Me recuso a acreditar que Deus, sendo infinitamente Bom e Justo, chame alguém à vida para destiná-lo ao inferno! (me perdoem aqueles que crêem em destino). Em diversas passagens bíblicas - sendo a minha preferida Deuteronômio 30.19 - Deus deixa bem claro que o destino depende da atitude de cada um! Deus não faz acepção de pessoas, dando oportunidades para que todos se salvem; alguns, infelizmente, não aproveitam estas oportunidades, e por isso se perdem!
Judas suicidou-se por remorso, após ver a conseqüência de seu ato de traição. Não suportou a culpa, nem a vergonha, e enforcou-se logo após a prisão de seu Mestre, Jesus. Antes disso, tentou desfazer seu ato de traição, devolvendo o dinheiro pago... Mas frustrada a tentativa, desesperou-se.
Mais uma vez: me recuso a aceitar que a morte de Judas Iscariotes ter sido vontade de Deus!
Quer saber no que eu creio?
Eu creio que Deus esperasse que Judas, em vez de sentir remorso, se ARREPENDESSE!
Remorso é diferente de arrependimento!
Remorso é um sentimento derivativo do orgulho: sente-se vergonha por ter falhado (orgulho ferido), e tenta-se fugir do problema, ou mascará-lo.
Arrependimento não é orgulho ferido: arrependimento é coração quebrantado! É assumir o próprio erro! É reconhecer que errou e não fugir!
Se Judas tivesse se arrependido, teria corrido aos pés do Senhor Jesus para pedir perdão! Ele teria reconhecido, frente aos seus 11 condiscípulos, que havia traído o Mestre, e pediria perdão!
Foi o que aconteceu com Pedro: fugiu, quando Jesus foi preso, e O negou três vezes. Mas após Sua ressurreição, Pedro foi até Ele e reconsciliou-se com o Mestre!
Eu creio, profundamente, que era isso que Deus desejava quanto a Judas: que ele se arrependesse!
Posso afirmar isso com convicção, pois está escrito:

"Desejaria Eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?" (Ezequiel 18.23)

Deus desejava que Judas Iscariotes se convertesse de sua traição e vivesse! No entanto, Judas escolheu o remorso (orgulho ferido) ao arrependimento, e o remorso lhe foi letal!
Jesus sabia que Judas era um "intrigueiro", um "opositor". Mas nunca deixou de dar-lhe a oportunidade de arrependimento! Até mesmo no ato de traição:

"E logo, aproximando-se de Jesus, disse: Eu te saúdo, Rabi; e beijou-o. Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, aproximando-se eles, lançaram mão de Jesus, e o prenderam." (Mateus 26.49-50)

Chamando Judas de "amigo" o Mestre não estava sendo irônico: estava sendo misericordioso! É como se Jesus dissesse: "Judas, eu sei que tu vieste Me trair... Mas Eu ainda aceito a tua amizade!"
Era a oportunidade de Judas se arreender... Deus abomina o pecado, mas ama o pecador! Jesus não deixou de amar a Judas: só desejava que ele se arrependesse de ser "um diabo"!
Uma coisa que me chama a atenção é que só Jesus foi preso... Não é estranho que Judas não tenha acusado seus condiscípulos?
"Olha, aquele ali é Simão Pedro, braço direito de Jesus! E aquele ali é João, Seu melhor amigo!"
Judas não fez isso... Ele traiu unicamente ao Mestre...
(Lendo algumas passagens, me fizeram crer que a traição de Judas foi algo que surpreendeu os discípulos... Pelo que entendi, é possível que Judas fosse respeitado e até querido entre os seguidores de Jesus. Uma espécie de "bom exemplo"... O ato de traição teria sido algo bem inesperado por aqueles que admiravam o "bom exemplo" de Judas!)
...o que me faz pensar muito nas nossas vidas, hoje!
Muitas vezes, somos fiéis a doutrinas, à líderes, à ministérios... Mas traimos a Jesus!
Somos "bons exemplos" frente aos homens, mas em nossa intimidade traimos a Deus!
Como?
Por não resistirmos ao pecado, por nos negarmos a viver de fato o verdadeiro Evangelho... Por não buscar a transformação de nosso caráter!
Muitas vezes, somos, sim, como que "diabos": criamos intrigas, nos opomos a Verdade Bíblica, manipulamos situações ao nosso favor, abusamos do poder que está em nossas mãos...!
Mas à frente dos outros, usamos uma máscara de crente piedoso, e justificamos as coisas com versículos bíblicos!

"Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos Céus." (Mateus 7.21)

Como vimos, a vontade do Pai, que está nos Céus, é que o ímpio se arrependa e se converta de seus caminhos, para que viva!
O desejo de Deus é que deixemos de ser "cabras safados", e passemos a viver uma transformação constante em nosso caráter em busca da santidade e do amor!
Judas traiu Jesus porque era um "cabra safado"... E nós? Somos o quê?
Por Graça de Nosso Senhor, a misericórdia de Deus é infinita!
Embora possamos ter começado como Judas, não precisamos terminar como ele!
Que sejamos transparentes e íntegros diante de Deus e dos homens!

"Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." (I João 1.8-9)

Judas não seguiu este caminho, e atraiu maldição sobre sua vida... Mas Deus espera que aprendamos com esse terrível mal exemplo, e não cometamos o mesmo erro!
A voz de Jesus Cristo ecoa aos ouvidos de todos nós, "cabras safados":

"O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no Evangelho!" (Marcos 1.15)

Que o Espírito Santo de Deus nos convença ao arrependimento, e que o Sangue de Cristo cubra nossas faltas, para que vivamos, de fato, em novidade de vida!
Que Deus te guarde, ilumine, conduza e abençoe grandiosamente, em Nome de Jesus!
Forte abraço!
Ev. Danielson

1 comentários:

Taynah disse...

Oooi menininho :)
Em uma pregação da Paty Mayonese, ela fala sobre Adão dizendo que talvez se ele tivesse admitido a culpa ao invez de transferi-la a Eva, quem sabe hoje estariamos no paraiso :)
É preciso admitir o pecado e pedir perdão a Deus, quem sabe assim mudamos o caminho mal que antes era nosso "destino"...
Gostei do texto, engraçado que hj pela madrugada Deus me deu um salmo referente ao profundo desânimo em relação a traição de um amigo (Salmo 55) e vc publica sobre a traição de Judas...
Beeeijo e otima semana pela frente

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Somos Afiliados



Vale o clique

Léo Brandão
Undertlight
 
Design por Gerson Bruno