Heresias e Modismos >> SUPERSTIÇÃO

Por: Carol Albini




Olá pessoal!!! A Paz do Senhor Jesus a todos!!!

Hoje vou falar sobre A INFLUÊNCIA ESCRAVIZADORA DA SUPERSTIÇÃO.
"Porque não vos fizemos saber a virtude de nosso Senhor Jesus Cristo seguindo fábulas
artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade". 2 Pedro 1:16

A pessoa que não tem Jesus, procura abafar suas incertezas e ansiedades colocando sua fé em mentiras e imaginações. Quem tem Jesus, por outro lado, não tem medo da vida pois superstições são próprias de quem não conhece a Verdade. Disse Jesus: "Conhecereis a verdade e a verdade voz libertará" (Jo. 8:32). Quem a conhece, sabe que superstições são falsas.

E saber que muitas igrejas ainda pregam superstições... aiaiaiiii...
O que??? Você não sabia??? Veja alguns exemplos: Não seria o uso de elementos como galhinho de arruda, sal grosso e copo d'água, na liturgia, uma volta ao misticismo medieval, tão condenado pelos reformadores? A teologia da maldição hereditária não seria um desprezo à doutrina da graça e uma superstição religiosa em sua essência?
É lamentável saber que existe isso em nossas igrejas! Mas isso é resultado de FALTA DE ENSINO! Na igreja onde a prioridade é o estudo da Palavra, será praticamente impossível apontar uma falha desta!

Veja alguns exemplos de casos menores de superstição:
  1. Deixar a Bíblia aperta no Salmo 91 para afastar desgraças;
  2. Utilizar a expressão "Tá amarrado!" de forma séria, como uma espécie de precaução espiritual;brir a Bíblia aleatóriamente para "tirar um versículo" que funcione como orientação de Deus para tomarmos uma decisão;
  3. Trocar a leitura sistemática e regular da Bíblia pela "caixinha de promessas";
  4. considerar que a oração no monte tem mais eficácia do que a feita dentro do quarto ou na igreja; e
  5. Acreditar que objetos de Israel (pedrinhas, água do Rio Jordão, folhas) têm algum poder especial.

Veja agora, alguns casos mais graves de superstição moderna em igrejas:

  1. A teologia da maldição hereditária;
  2. O uso indiscriminado do óleo da unção;
  3. A angeolatria; e
  4. O modismo da batalha espiritual.


Enfim, a Bíblia condena a superstição! Ela não é baseada em superstições, pois é a inerente Palavra de Deus (2 Tm. 3:16-17). O Evangelho está enraizado em fatos históricos, não em mitos (2 Pe. 1:16). Além disso, a Palavra de Deus condena veementemente a magia e a feitiçaria, bem como a superstiosidade. As fábulas, crendices e os falsos ensinos são, por ela, combatidos (2 Tm. 4:1-4).

A pessoa que aceitou a Jesus como Senhor e Salvador de sua vida sabe que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus (Jo. 10:10; Rm. 8:28). Ele sabe de onde veio, quem é, o que está fazendo aqui e para onde vai. Ele conhece como será o fim, não vive de mentiras e incertezas, mas ama e vive a Verdade, que é a única coisa que liberta realmente o ser humano (Jo. 8:32,36).

Fujamos de toda a sorte de superstição. Que nossa fé seja absolutamente bíblica.

CURIOSIDADES À PARTE

Superstição faz mal à alma e ao corpo. Segundo uma pesquisa feita por cientistas dos EUA e
divulgada em 2001 pela revista British Medical Journal, as superstições causam estresses e podem levar à morte. O estudo foi realizado com japoneses e chineses, que temem o número 4 tanto quanto muitos ocidentais temem o 13. É que, em mandarim, chinês e japonês, a pronúncia das palavras "mortes" e "quatro" é praticamente a mesma.

A superstição em torno do 4 é tão forte na Ásia que costumeiramente os orientais evitam morar no quarto andar, viajar no quarto dia do mês e usar placas de carro com o número 4.

Segundo o estudo, liderado pelo professor David Philips, sociólogo da Universidade da Califórnia, o número de mortes por problemas cardíacos entre chineses e japoneses é 7% maior no quarto dia do mês. Segundo o especialista, a razão dessas mortes é, em sua maioria,
excesso de estresse e preocupação, que são reações que estariam relacionadas à superstição.

Pelo jeito, ser guiado pela superstição, e não pela Bíblia, não só acarreta prejuízo eterno após a morte. Garante também uma péssima vida aqui na Terra.

"Toda e qualquer superstição é perigosa, pois desagrada a Deus. Isso não é mero passatempo
inofensivo. " (Aldo dos santos Menezes)



Espero que tenha gostado...
Caso você queira ajudar essa coluna, com artigos, sugestões ou críticas, até mesmo uma curiosidade que você tem e ainda não desvendou, escreva-me!

falecom.carolzitah@gmail.com
Faça parte deste blog, seja um semeador também, sua participação é muito importante para todos!!!
VISITE NOSSA COMUNIDADE NO ORKUT
Siga-nos no Twitter
Siga-me no Twitter

0 Comentários em "Heresias e Modismos >> SUPERSTIÇÃO"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS