Você que ouviu o louvor acima, pode convidar Rosangela Cristina para cantar em sua igreja ou congresso.

Basta entrar em contato e levar essa levita do Senhor para cultuar a Deus juntamente convosco e, temos por certo, que serão tocados pela unção e pelo mover do Senhor.

Contatos:

Fone: (49) 9992-5202
E-mail: rosinha_foustel@hotmail.com

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Que comunhão tem as trevas com a luz?


E que comunhão tem a luz com as trevas?

POR VINICIUS AGUIAR

Ezequiel 44:23 E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro. 2 Coríntios 6:14 Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

A Paz do Senhor Jesus povo abençoado!!! É com prazer que mais uma vez quero compartilhar algo de Deus com vocês, aliás, com temor e tremor também trago essa palavra.
Tenho algumas “palavras prontas”, acredito que cada um de nós tenha, mas procuro sempre trazer algo profético, uma direção praquele momento dada por Deus, palavra viva, rhema. Tinha preparado algo, mas aconteceu uma coisa comigo ontem e “mudei de idéia” (Leia se, Deus mudou minha idéia)
Não sei se todos sabem, mas alem de fazer parte de uma Cia de Teatro cristã também sou Dj Gospel. Muitas pessoas me procuram perguntando a respeito da musica cristã, mais precisamente a música cristã eletrônica, é mais um ritmo apenas, como o forró, chorinho, sertanejo, rock, pop, e assim como todas as outras é consagrada a Deus desde o início, e cada melodia, cada acorde, cada parte da composição ou produção da música é santa, isto é, separada pra Deus. Digo isso apenas como “Pano de fundo” sobre o que quero falar hoje a vocês. Discernimento entre santo e profano. Separação entre trevas e luz.
Volta e meia vocês me verão usando a música ou a arte num contesto geral para exemplificar algumas coisas, posto que eu seja muito ligado nisso. Como eu disse no começo, ontem, me aconteceu algo no mínimo estranho. Estava tocando numa outra cidade em uma festa cristã, quando alguns convidados me pressionaram a tocar uma música secular. Na verdade alguns me pediram, um me pressionou. Esse um inclusive ministro de louvor nessa Igreja. Não toquei, óbvio, mas Deus me levou a refletir nisso. Quanta gente hoje em dia acha absolutamente normal que o santo seja misturado com o profano. Quanta gente acha simples se misturar trevas com luz.
Não vou me deter apenas na música agora, esse assunto da muito “pano pra manga” e podemos falar disso mais “a fundo” em alguma outra ocasião, quero falar a respeito desses dois versículos que destaquei como chaves.
A Palavra de Deus fala que pessoas espirituais entendem as coisas do Espírito de Deus, mas as naturais as acham loucura (1 Coríntios 2:14). Como seres espirituais que somos, precisamos entender e ter em mente que o diabo, nosso inimigo, arma ciladas o tempo todo, joga flechas contra nós o dia inteiro, e uma das armas que esse sujo adversário mais usa é essa: SOFISMAS. É normal ouvir musica secular, é normal namorar pessoas que não são cristãs, é normal ter como melhor amigo alguém que não conhece a Cristo. Normal, tudo normal, tudo aceitável. Jesus nos ensinou a amar ao próximo, e devemos sim nos fazer de loucos para alcançar a todos que devemos alcançar, mas alto la, isso tudo é pra que nós influenciemos as pessoas e não para que nos deixemos influenciar por elas. Aceitando tudo que o mundo impõem onde seremos sal na terra? Como vão ver diferença em nós? E isso não é o mais importante, mesmo assim, ainda que ganhemos o mundo mesmo não sendo espiritualmente prevenidos, de que adiantaria ganhar o mundo todo e perder a nossa alma?
Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? – É tão difícil pra alguns entender esse versículo? Ontem ainda pensei, não é possível que um cristão não consiga entender isso (por que eu citei isso a ele) então pensei, meu Deus o que estão ensinando nas Igrejas? Hoje ser crente “ta na moda”, como diz uma amiga minha, e realmente esta, ha um tempo atrás era motivo de piada, hoje com tanta gente importante tanto cantor, tanta musica de crente tocando nas rádios, festa gospel, grandes shows gospel, etc etc etc... fica ate bonito encher a boca e dizer: Ah, eu sou crente, sou cristão, sou de Jesus, mas ate que ponto temos vivido o cristianismo verdadeiro seguindo os mandamentos de Deus? Somos realmente cristãos? (Mateus 15:8 Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.)
Quando vivemos realmente “grudados” com Deus, é impossível que ainda tenhamos necessidade de comunhão com as trevas. Chamo trevas a qualquer coisa que não seja de Deus, e você caro(a) irmão(a) e eu, sabemos muito bem o que é e não é de Deus. Não temos necessidade de musica secular, não temos necessidade de conselhos de não cristãos, não temos necessidade de “roda de escarnecedores”, não temos necessidade de procurar a nossa “metade” no mundo, se ainda temos, pode ter certeza, há algo de errado em nós, precisamos estar mais colados no Pai, por que Ele supre nossas necessidades, se ainda sentimos alguma, é simplesmente por que não deixamos o nosso Papai as suprir.
Meus irmãos, por favor, pensem, repensem, e pensem de novo em que posição tem tomado diante do mundo, diante das coisas que o diabo tem colocado ao nosso redor. Lembrem sempre daquela historinha dos dois cachorros: Um homem tinha dois cachorros iguais, em tudo, e todo dia no final do dia os dois brigavam, e todo dia o homem alimentava somente um dos dois cachorros, qual é o cachorro que vencia a luta? O que estava alimentado. É assim com nossa carne e nosso Espírito. Vivemos numa constante guerra e quanto mais nos misturamos com o lixo que o mundo nos da, sejam relacionamentos, musicas, novelas, BBBs e tudo o mais, maiores vão ser as chances da nossa carne, que milita contra o Espírito todo tempo, vença essa batalha. Sejamos cautelosos, não nos misturemos com o “mundo”. Você entende o que quero dizer, não digo para não termos amizades fora da Igreja, não, nunca, mas vivamos de forma que sejamos SEPARADOS, DIFERENTES, de forma que ELES vejam algo em nós os atraia a presença de Deus, e não de forma a sermos nós atraídos pelos comportamentos, músicas, programações e modismos do “lado de lá”.
Quero terminar com uma frase que também recebi de uma amiga: “Os cristãos estão perdendo seu poder e influencia... porque estão perdendo sua característica de "separados"...
Pensem nisso, sejam separados, tomem posição, sejam firmes, não negociem seus princípios sejam pelo preço que for, não cedam a pressão alguma, sejam EXTREMOS com Deus, diante do amor EXTREMO que Ele tem por nós, é o mínimo que podemos fazer.
Amo vocês.

Shalom Adonai.

1 comentários:

Ariceya disse...

Muito proveitoso esse texto, copiei um pedaço e vou ler para meus amados jovens.

A paz do Senhor!

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Somos Afiliados



Vale o clique

Léo Brandão
Undertlight
 
Design por Gerson Bruno