Como vaso nas mãos do Oleiro!

Olá galeraaaaaaa!
Como todos sabem, essa semana nosso blog completa 1 anoooooo \o/
Eu não poderia deixar de dizer o quanto me sinto privilegiada por fazer parte de uma equipe tão maravilhosa e competente, que faz com que esse blog seja tão especial!
Agradeço a Deus pela vida de cada um que faz parte desse projeto e que nos apóia de alguma forma!
Também não posso deixar de agradecer ao nosso chefe, sempre tão dedicado e eficiente[puxa saco mode on]...kkk
LéeHh, obrigada pela confiança que você depositou em cada um de nós, acreditando sempre, que juntos faríamos a diferença nessa geração!
Aos leitores, que nos acompanham, que fazem comentários e que ajudam a divulgar o blog....muito obrigadaaaa.
Sei que o Senhor recompensará cada um de vocês, que assim como nós, são SEMEADORES!

Hoje vou contar aqui um pouco da minha história, ou parte dela, já que seria impossível descrever aqui todas as bençãos que recebi e tudo o que o Senhor já fez por mim...


"Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel".
[Jeremias 18:6]

No dia 17 de Dezembro de 1986 nascia na cidade de Campinas- SP, uma linda garotinha chamada Camila....[melhor pular essa parte né?! kkkk]
.......................alguns anos depois.......................

Minha mãe se converteu quando eu tinha 7 anos, e começou a me levar com ela à igreja. Pra mim aquilo era muito divertido, já que lá eu me encontrava com várias crianças da minha idade, podia brincar, cantar, dançar, etc
Depois de algum tempo fui convidada por uma prima a visitar uma outra igreja. As pessoas me receberam muito bem, e eu gostava de lá, afinal de contas a igreja era repleta de jovens, e eu achava isso muito legal!
Comecei a freqüentar os cultos e a participar do coral, do grupo de danças, ajudava a cuidar das crianças...e com isso o tempo ia passando.
A igreja para mim era um parque de diversões, onde eu me encontrava com os amigos, participava dos acampamentos, cantava, dançava...tudo muito artificial!
Eu devia ter uns 13 anos quando minha mãe entrou numa terrível depressão, pois naquela época havia perdido seu irmão caçula, que para ela era um porto seguro...enquanto meu pai sofria de vários problemas respiratórios, além de perder o emprego!
Para mim aquilo tudo teve o efeito de uma bomba... Aquela menina extrovertida,brincalhona, despreocupada, que até então não tinha “problema” nenhum, estava perdida, desesperada e sem saber o que fazer!
Por diversas vezes ouvi minha mãe dizendo que queria se matar e que a vida pra ela não fazia mais nenhum sentido. Ela culpava a Deus pela morte do meu tio e por todos os problemas que ela tinha.
Meu pai ficava cada vez mais doente e dependente de remédios, devido aos problemas respiratórios e das crises que ele sofria .
Meu irmão tinha uns 9 anos, mas já sentia o efeito de tudo isso. Era uma criança infeliz e amargurada.
Eu precisava fazer alguma coisa, mas só tinha 2 alternativas: Ou me revoltava com Deus e colocava a culpa de todos os problemas Nele, ou assumia que precisava e que dependia Dele.
Até então a imagem que eu tinha de Deus era a de alguém muito distante, que eu só conhecia pelas histórias da bíblia ou pelos testemunhos que ouvia na igreja.
Decidi que precisava conhecê-lo de verdade; então comecei a buscar Sua presença, a estudar a Sua palavra, orando e colocando a minha família nas mãos do Senhor, que era o Único capaz de resolver aquela situação.
Tive que amadurecer e começar a trabalhar para ajudar em casa...Já fazia parte do Ministério de danças, mas Deus começou a me capacitar, a me ensinar e a transformar meu coração.
Eu parecia uma garota feliz, mas ninguém sabia o que acontecia quando eu chegava em casa, nem as situações que eu tinha que enfrentar todos os dias.
Meu único amigo e conselheiro era Jesus, que me consolava e enxugava minhas lágrimas, me fazendo sentir o quanto me amava!
Eu tentava não me desesperar diante das circunstâncias, pois sabia em quem estava a minha vitória, e tinha a certeza que aquele não era o fim da minha história, era só um período de aprendizagem, amadurecimento e crescimento, onde o Senhor estava me moldando! Não só a mim, mas a toda a minha família...
Durante esse período que durou uns 2 anos, minha mãe foi hospitalizada por diversas vezes, e viu a morte de perto. Também sofreu uma queda e quebrou o fêmur. Os médicos diziam que talvez ela nunca mais voltasse a andar normalmente, e que por um tempo precisaria de uma cadeira de rodas. Mas ela teve uma recuperação surpreendente, depois de 2 meses já estava andando, e voltou para os caminhos do Senhor.
Bom, vou resumir, senão ficarei aqui dias e dias contando as maravilhas que Deus operou na minha vida...rs
Enfim, minha familia foi restaurada, curada e transformada através do amor e da graça do Senhor!
E durante todo esse tempo eu pude experimentar do cuidado e do amor de Deus. Ele realmente me socorreu em meio ao desespero, cuidou de mim quando estava com medo, me fortaleceu nos momentos de fraqueza, e me mostrou que os sonhos e planos que Ele tem para mim, são muito maiores e melhores do que os meus.
Cresci, amadureci e aprendi a confiar no Senhor!


"Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam".
 [1 Coríntios 2:9]


Hoje, não me preocupo com títulos, cargos, pessoas...Meu único desejo é fazer a diferença nessa geração, levando a palavra de Deus a todos os lugares, sendo usada como instrumento de bençãos através do meu ministério.
Sei que não vai ser fácil, e que ainda terei que enfrentar tempestades e desertos...mas sei também que Ele estará comigo em todos os momentos, me sustentando e me capacitando, pois sou totalmente dependente Dele!
Palavras não poderiam expressar minha gratidão pelo Senhor, que com sua infinita misericórdia, graça e amor me alcançou. E é por causa desse amor incondicional que eu posso continuar escrevendo a minha história!


“Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido”
[Jó 42:2]



Até a próxima semana *-*
Fiquem com Deus

3 Responses to "Como vaso nas mãos do Oleiro!"

  1. camilaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    muuuuuuuuuuuuuuuuuuito legal seu testemunho :D
    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Ca.... vizinhaaa!!! Ameiii... Que Deus continue te usando + e +, te capacitando e dando forças p/ levar as boas novas a todas as criaturas!!! Bjuss

    ResponderExcluir
  3. Vizinhaaa!!!xD
    Que maravilha! Deus continue te guiando nessa caiminhada.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS