DEUS FAZ COMO QUER!

"Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos! "

Paz do Senhor meus amados!!!

Que maravilhaaaa!!!

Primeiro aninho do Blog Equipe Semeador!!!

Que possamos passar por este momento festivo muitas e muitas vezes!!!

Gostaria de agradecer a todos os integrantes e até mesmo os ex-integrantes (porque não?) pela confiança neste projeto, pela dedicação, pelas orações e por SEMEAR A PALAVRA DE DEUS, cumprir o IDE e o chamado de Deus diversificado na vida de cada um. Que Deus continue abençoando esta família linda!!!

Agradecer também ao Eliézer, o “fundador” do Blog, que acreditou em cada um de nós, teve coragem, venceu os obstáculos e cumpriu com seu objetivo. Através deste Blog, pode levar a Palavra do Senhor aos quatro cantos do mundo, pregando a todas as nações e cumprindo o ‘ide’

do Senhor!

Agradecer a todos os nossos semeadores diretos e indiretos! Que Deus abençoe a cada um!!!

E para comemorar nosso primeiro aninho, cada SEMEADOR está deixando aqui registrado um pouquinho do que Deus fez em suas vidas, faz e pode fazer muito mais!

Sendo assim, hoje, sexta-feira, dia de CURIOSIDADES, vou falar um pouquinho sobre mim...

Nasci em um lar católico “roxo”... praticante mesmo.

Meu pai conta, que no dia de meu nascimento, ele conheceu a Deus, assim que olhou para mim pela primeira vez! Deus usou da minha vida, para visitá-lo e mostrar a ele que Deus existe sim!

Meus pais davam palestras em encontros de noivos e participavam dos encontros de casais da igreja católica. Minha mãe era catequista e meu pai era vice coordenador regional da Renovação Carismática. Toda sexta-feira, tinha reza do terço na sala da sacristia e eu e minha irmã, com apenas 5 e 4 anos de idade, dávamos início a reza, rezando sozinhas um terço inteiro e depois os demais continuavam...

Mas, um dia, minha mãe confessou algo ao padre que o fez desprezá-la todas as vezes que passava perto dela. Isso a magoou profundamente e a partir daí, fomos todos perdendo os ânimos de ir à igreja.

Enfim, vou ter que resumir uma grande parte do meu testemunho... pois ele é muito longo!

Com 9 anos, fui para a igreja com meus pais. Amava o ritmo da igreja! Com 12 anos eu me batizei. Já dava aula na Escola Dominical para as crianças, regia o grupo infantil nos louvores e era secretária da mocidade. Com 16 anos, era recepcionista e secretária da escola dominical. Com 18 anos, era professora dos adolescentes na escola dominical, secretaria local e setorial da minha igreja, líder de evangelismo e líder da equipe de visitas.

Mas o que vou contar hoje, foi uma experiência que jamais vou esquecer!

Um dia estava em casa, fazendo faxina e com o som ligado. Estava ouvindo Fernandinho. Até que começou a tocar o hino “Sara-me”

“Sara-me, cura-me.
Basta uma palavra que saia do teu trono de amor.
Filho de Davi tenha compaixão de mim,
Assim como Bartimeu quero ser curado.
Jesus quero ouvir tua voz”

O Espírito Santo me visitou de uma forma tão maravilhosa, tão gostosa, que larguei a vassoura e comecei a chorar ajoelhada no chão... e como um filme, comecei a ver um culto na minha igreja, uma apresentação de teatro, algo que falava sobre soldado, soldado ferido... mais que depressa, peguei um bloquinho de papel e comecei a escrever o que estava vendo. Era maravilhoso, não sei descrever, pois na minha visão, a igreja estava alegre, renovada e o mesmo que eu via, estava sentindo... ou eu estava sentindo o que via... não sei! RS

Quando o hino terminou, abaixei o volume do rádio e comecei a ler o que tinha escrito. Dei alguns ajustes e guardei. Mas todos os dias, o Espírito Santo me incomodava, dizendo que era para eu prosseguir com aquilo.

Até que um dia tomei a decisão de finalmente realizar aquele teatro. Comecei a convidar as pessoas para participarem, fui até o Tiro de Guerra, emprestei fardas de soldado, fizemos uma capa e uma coroa de rei e marcamos nosso primeiro ensaio.

Acredite, na peça, eu só escrevi as ações e não tinha nenhuma fala. O Senhor tocou ao meu coração para que cada um deixasse Deus os usar na hora da representação.

Fizemos as cartas convites e fomos pessoalmente, na casa de todos os que estavam afastados do evangelho, fazíamos o convite, conversávamos, as pessoas começavam a desabafar, algunss reconciliavam na visita mesmo, antes do culto, foi uma benção!

No dia do “Culto do Soldado Ferido” a igreja estava cheia, teve um culto maravilhoso, uma palavra maravilhosa e no final, para encerrar, a representação do “Soldado Ferido”. (Eu, escrevendo aqui, trêmula, estou me segurando para não chorar...)

Durante a representação, a igreja foi renovada, aquele que estava machucado, que estava na igreja por estar, que guardava mágoa do seu irmão, todos foram renovados, receberam o bálsamo do Senhor! Neste culto, 11 pessoas se renderam aos pés do Senhor (entre quem aceitou a Jesus como seu Salvador e reconciliação) E o que me deixou mais maravilhada, foi que a mesma visão que Deus me dera outro dia em minha casa, estava acontecendo: a igreja alegre, o semblante das pessoas, tudo igualzinho, como se tivesse se repetindo aquela visão!

Depois da nossa igreja sede, apresentamos em mais 5 congregações de nossa igreja. No total foram mais de 60 almas para o Senhor Jesus! Tudo para a honra e glória de Deus!

Tenho tantas bênçãos de Deus, mas senti de contar-lhes esta. Isto mostra que Deus usa quem Ele quer, da maneira que Ele quer e no lugar que Ele quer! Assim como me usou quando estava varrendo a casa... quem imaginaria? Ele pode te usar também!


1º Culto do Soldado Ferido em Capivari

Obs.: Quem tiver interesse em realizar este projeto em sua igreja, pode me contatar, que passo

todas as coordenadas.


Espero que este testemunho tenha edificado a tua vida!!!

Parabéns Blog Equipe Semeador!!! Parabéns Semeadores!!! Deus abençoe a cada um... Bjs... Carol Albini

(((UM DESABAFO))) Guarda meu coração, Senhor!!!


POR MANUELA ANDRADE


"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida." Provérbios 4:23


Paz do Senhor, amados leitores e irmãos em Cristo! Quero, através dessa postagem, fazer um desabafo, e pedir que verdadeiramente todos estejam intercedendo a Deus pela minha vida. Além disso, o que eu vou escrever, espero que sirva de ajuda para muitos jovens que tem passado pelo mesmo.

Antes de tudo, preciso pedir perdão a todos vocês pela minha negligência neste blog, sei que passei algumas semanas sem ter postado. Creio que Deus não colocou esse trabalho nas minhas mãos em vão, e tudo tem um propósito.

Bem,normalmente, sou uma pessoa que gosta de guardar coisas, isto é, mesmo coisas que não vou precisar não gosto de jogar fora, pois me parece que, em algum momento vou precisar delas novamente. Livros, agendas, apostilas, cartas, etc, são algumas das coisas que guardo. O Senhor tem me falado algo esses dias: - Guarda o teu coração! Tenho procurado saber de que devo guardar meu coração. Vi que existem coisas que andam perigosamente próximas do meu coração e podem atingi-lo com muita facilidade. Creio que você não está entendendo nada, ein? Mas vou explicar: Há umas semanas, meus amados, aconteceu algo bem desagradável e que me machucou muito, a ponto de cortar todas as relações com uma pessoa muito amada! Tenho pedido a Deus forças em todos os aspectos da minha vida, e só Ele que tem o poder de transformar, restaurar, curar feridas e devolver o ânimo. Creio que Deus é poderoso pra fazer mais do que aquilo que pedimos ou pensamos, e digo a todos vocês, não vale a pena se desesperar por uma bênção de Deus, pois muitas bênçãos que esperamos pode não se concretizar, mesmo pensando nós que um dia vai acontecer. E foi isso que aconteceu comigo recentemente. Estou ferida, SIM, magoada, MUITO, porém não posso deixar de forma alguma que isso afete a minha vida como um todo nem a vida de todos à minha volta! Uma viagem tão almejada, desejada, e respondida por Deus através de um presente dado por uma amiga em comum: as passagens de avião de ida e volta (creio que ele respondeu SIM). Quilômetros e quilômetros de distância, e que só faltavam alguns metros para chegar ao destino tão esperado. Algo que há quase um ano unia duas pessoas: o desejo de se encontrar. Um desejo respondido por Deus que foi simplesmente “descartado” por esta pessoa, que ainda sim, quero muito bem!

Mas os amados podem até estar se perguntando: Qual o motivo da Ir ª Manuela escrever sobre parte da sua vida? (sim, porque essa pessoa faz AINDA parte da minha vida, mais do que muitas pessoas próximas de mim). Meus queridos, falo para que isso sirva de lição a todos, que não entreguem seus corações sem pensar antes, para que depois não haja sofrimento. Uma expectativa criada em relação a algo/alguém, cria marcas difíceis de tirar sem a ajuda do Senhor, portanto, meu querido leitor, guarda o teu coração... Guarda-o como algo mais valioso que um tesouro... Nessas horas, como é bom saber que quem nos ajuda a guardar o nosso próprio coração é o Espírito Santo de Deus, não é?

Lembro-me do meu pastor que uma vez falou: Quando o seu coração estiver voltado para outra direção, lembre-se de Deus; quando o seu coração estiver apreensivo, ansioso, lembre-se de Deus; quando o seu coração estiver com dúvidas, lembre-se de Deus. Na alegria lembre-se de Deus em gratidão; na dificuldade, lembre-se de Deus como o consolador.


Esse louvor da Lília Paz fala muito ao meu coração e quero compartilhar com vocês:

Guarda do meu coração

Quero aprender a te ouvir, no silêncio sentir teu agir
Nas pequenas coisas perceber tua mão
Que está cuidando do meu viver e sem a qual não posso vencer
Não sou nada sem tua orientação
Quero desprender-me dos meus métodos
E ver a vida com os teus olhos
Pois teus pensamentos são melhores que os meus
E os teus planos são perfeitos para embalar a minha história
Melhor é estar sob a mão de Deus. (bis)

coro
Ensina-me teu justo caminho
Dono e guarda do meu coração
Tua vida quero viver, cumprir todo o teu querer
Ser para ti louvor e adoração
(Dono e guarda do meu coração)

Entrego a ti meus planos e sonhos
Minha vida está segura em tuas mãos
Santifica os meus desejos, endireita os meus caminhos
Dono e guarda do meu coração, coração


Fiquem na paz! Peço que sempre estejam orando por minha vida, para que algumas feridas possam ser curadas e o ânimo seja completamente restaurado. Obrigada por ler esse desabafo até aqui! Até a próxima semana!


Não Temas, estou contigo



   Deus ele é maravilhoso, e todos nós temos testemunhado o seu infinito amor por nós de várias maneiras. 
  Vou estar contando um pouquinho do que Deus tem feito na minha vida.
  Desde de bebê eu sempre fui bem problemática em relação a saúde, minha mãe sempre diz que sempre dei muito trabalho pra ela em relação a isso, mas Deus estava no controle da minha vida e até hoje está.
  Algumas pessoas que acompanharam a minha vida, dizem eu que estou viva graças a Deus, porque eu já passei por cada uma: Pneumonia aguda, operei carne do nariz, sopro no coração, Artrite Reumatóide (doença crônica), anemia, e muitos outros. Mas graças a Deus hoje estou bem e vivo para adorá-lo. 
  Não é isso que quero relatar aqui hoje, eu queria falar um pouco sobre o medo, um sentimento que muitas pessoas tem e muito.

  Há algum tempo atrás eu era uma pessoa muito medrosa, eu tinha medo de tudo, era uma pessoa sozinha com medo de fazer amizades, não fazia o que eu gostava de fazer com medo de errar.
Aos 14 anos eu comecei a ter insônia, além da insônia eu tinha um medo excessivo que nem eu sabia do que era na verdade, eu sempre dormia com minha mãe, quando não dormia ficava morrendo de medo.
  Então o medo foi aumentando, eu sempre tinha dificuldade para dormir e quando conseguia sempre acordava de madrugada e quando eu acordava ia pra cama da minha mãe, mesmo estando com minha irmã no quarto. Com o passar do tempo o medo foi aumentando mais ainda, eu tinha medo de ir andando pro quarto da minha mãe que era tão perto do meu, eu com 14 pra 15 anos gritava minha mãe de madrugada pra ela me buscar no meu quarto pra dormir com ela, mas ainda piorou, eu cheguei ao ponto de ficar com medo de gritar e alguém escutar não sei do que tinha medo e então ligava pra minha mãe de madrugada com ela dormindo no quarto do meu lado, o medo que eu tinha era excessivo. E meus pais não entendiam esse meu medo.
  Até que teve um certo dia que eu estava como sempre tentando dormir, e acordei de madrugada na mesma hora de sempre umas 4:00 as 4:30 mais ou menos e acordei com o mesmo medo de sempre, medo de ladrão, medo de pessoas, medo de coisas que não existem a não ser na minha imaginação. Eu sempre dormia de porta aberta com medo, e do meu quarto dava pra ver a parede da cozinha, no  piso da parede da cozinha eu vi um reflexo de uma lanterna(no dia seguinte eu descobri que era meu vizinho que saía pra trabalhar essa hora), na hora que eu vi eu gelei, e me enfiei de baixo do edredom, pensando que tinha alguém ou algo entrando dentro da minha casa, quando eu olhei pra fora do edredrom de novo eu vi uma coisa tipo uma toalha ou tecido na porta só que só a ponta(na verdade era coisa da minha imaginação), comecei a ficar muito nervosa e me encolhi de baixo do edredom
e fiquei la até as 7 horas da manhã, e comecei a ouvir passos coisas da minha imaginação também, eu ficava tentando adivinhar onde eles estavam eu comecei a soar e o suor ficava pingando no lençol e mesmo assim eu não desencobria a cabeça de jeito nenhum eu não tinha coragem de levantar, não tinha coragem de gritar, eu não tinha coragem nem de pegar o telefone que estava na cabeceira da cama pra ligar pra minha mãe.
  

   Eu só consegui levantar depois que meu pai levantou para trabalhar, levantei fui correndo pro quarto da minha mãe, ela perguntou porque eu estava toda molhada de suor e chorando, e então contei o que aconteceu pra ela. Meu pai falou que não entrou ninguém e nem tinha como porque todas as portas estavam trancadas e não tinha desaparecido nada de dentro de casa.
  Na semana que aconteceu isso eu fui ao culto e a pregação do pastor foi exatamente sobre o medo, parecia que ele estava pregando pra mim, eu ouvi a palavra e saí mais confiante naquele dia, chegando em casa eu peguei a Bíblia(coisa que eu não fazia a muito tempo) e comecei a ler e Deus me mostrava versículos que eu precisava ler.
  O pastor falou que na bíblia as palavras Não temas está escrita 366 vezes uma para cada dia do ano, e toda vez que levanto eu digo "Não temas" .

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia
Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza."
(Salmos 46.1-3)

  Isso é o que acontece quando a pessoa se afasta de Cristo, eu sempre fui cristã, mas estava meio que afastada da presença dele, não orava, não lia a palavra, não ouvia a pregação, não falava do amor de Cristo para as pessoas. Mas graças a Deus eu voltei ao primeiro amor e procuro sempre agradar a Deus com tudo o que tenho de melhor.
  Espero que você também possa voltar ao primeiro amor, voltar aquela vontade enorme de fazer tudo somente para glória e honra de Jesus.

"Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo. "
(Isaías 41.13)
 

 Gostaria de parabenizar todos os escritores do blog do Semeador que estão a um ano levando a palavra de Deus e fazendo o seu Ide por todo mundo e pregai o Evangelho.
  E que Deus possa a cada dia mais abençoar a equipe do Semeador, e todos os leitores do blog.

O Deus que cura Depressão!

Por: Ana Eliza Oliveira   

 Família reunida a 3 anos atrás. E este sorriso era falso.


Oi Gente!! A Paz do Senhor!!

Hoje é quarta-feira...Legaaaaal!! Vocês já estão informados que essa semana, por se tratar no aniversário do Blog, a gente vai postar, cada um em seu dia, seu testemunho. Pois é, meu povo, hoje é meu dia :D



Eu nasci em um gracioso dia de Dezembro, 1990, fruto de um casamento indesejado pelas famílias dos meus pais, mas era o sonho de minha mãe ter uma filha. Ao nascer, eu já fui um milagre, pois minha mãe chegou ao hospital, e por erro médico, já estava mais do que passando da hora de eu nascer. Tive algumas complicações, mas pra Glória de Deus, eu logo saí do hospital. Meus pais me deram um nome lindo, com um significado mais belo ainda: Ana=Cheia de Graça; Eliza=Consagrada por Deus. Eu creio sim, que Deus me consagrou desde o meu nascimento, pois depois de tudo que passei na vida, eu estou viva e salva por meio da Graça dEle.

Pois é, logo depois que nasci, meus pais se mudaram da casa de minha avó, e os problemas começaram. Meu pai saía para a rua e só Deus sabia quando voltaria. Certo dia, ao chegar em casa trêbado, ele bateu em minha mãe. Ela teve uma hemorragia e foi ao hospital, e os médicos descobriram que ela estava grávida, e que estava prestes a perder o bebe. Mas, pra Glória do Senhor, meu irmão nasceu! Ela se separou dele, mas logo os dois voltaram à vida de casados. E foi assim, por muito tempo, idas e vindas... Eu presenciava tudo...brigas e mais brigas... Acordava no meio da madrugada com a discussão dos dois, mas ficava no quarto quietinha, chorando, “pedindo ao Papai do Céu pra fazer meu pai parar de brigar”. Quantas vezes eu já o vi ameaçar minha mãe de morte... Um dia usou uma faca, e eu chorava descontroladamente, não sabia o que fazer. Eu me sentia muito sozinha, minha mãe trabalhava o dia todo, e sempre viajava com meu irmão, me deixando com as babás. Meu pai era mais ausente ainda. Eu comecei a ter crises de choro na escola, vivia isolada. Minha mãe era muito católica, e me criou dentro da igreja.

Certa vez, ela encontrou meu pai conversando com uma mulher, a quem muitas pessoas diziam ser amante dele. Ele a ameaçou novamente, aí eles se separaram. Isso para mim foi um alívio muito grande! Não tinham mais brigas em casa! Mas na escola... Eu era muito perseguida, até pelos professores, mas nem eu sabia o porquê. Meus colegas colocavam apelidos insultantes, me excluíam de trabalhos em grupo, os professores riam de tudo que eu falava, me chamavam de burra... Mas eu e Deus sabíamos o que se passava no meu coração. Quando eu tinha 9 anos, comecei a freqüentar uma igreja evangélica a convite de uma vizinha. Era muito maravilhoso ir às EBDs, aprender com as crianças da igreja que Deus nos amava, mesmo se nossos pais se esquecessem de nós. Eu me sentia exatamente assim: esquecida pelos meus pais. Minha mãe relutou, mas acabou indo para a igreja também! Mas, ao se converter, meu pai a procurou e pediu para voltarem. Ela e meu irmão aceitaram, mas eu não! Não queria ter meu pai de volta! Para mim, ele era um monstro!! Eu presenciava muita coisa quando era pequena entre os dois, isso já não era bastante? Minha opinião não valeu de nada: Meu pai voltou pra casa. Se eu me isolava, me isolei mais ainda pra vida. Nesta época, eu tinha muita insônia, e comia muito. Eu acordava muito cedo para ir à escola, mas era um prazer não estar em casa, porque quando eu chegava, eram brigas (agora meus pais estavam brigando comigo). Naquela fase, 13, 14 anos, eu havia mudado de sala e estava muito bem na escola. Em casa, idéias suicidas passavam por minha cabeça o tempo todo. Nem sei quantas vezes tentei me matar, mas Deus me guardou! Conheci um rapaz na igreja que me ajudava muito, ele me ouvia, ele me aconselhava, me abraçava, me levava em casa depois dos cultos, se tornou um grande amigo! Mas, quando fiz 15 anos, ele faleceu. Aquilo foi uma bomba pra mim!! A única pessoa, em 15 anos de vida, em que eu pude confiar, que me ouvia, entendia, orava por mim, que eu sentia que me amava veio a falecer!! “Deus, isso não é Justo!!” Nessa época, eu voltei a ter idéias suicidas, mas eu comecei a pedir ajuda espiritual a uns amigos na igreja. Eles começaram a me julgar mal, diziam que eu me fazia de coitadinha, e tal! Eu pensei logo: “Se ninguem quer me ajudar, nem Deus se importa mais comigo, eu não vou fazer mais nada!! Deus, se o Senhor não me matar, eu faço isso!!” Era o auge de uma doença que carreguei por praticamente toda a minha vida. Depressão. Quem tem ou teve isso sabe o que é.

Eu estava com 17 anos, não tinha sonho nenhum, a não ser morrer e ir pro céu logo, porque me matar era inferno na certa. Eu orava todos os dias, secretamente por essa causa. Em casa, eu parecia bem, na escola, na igreja, mas quando eu me trancava no meu quarto, era para chorar e implorar a Deus a morte. E como chorei! Às vezes eu não conseguia conter as lágrimas na frente das pessoas, e disfarçava. Meus parentes diziam que era puro show, meus “amigos” próximos continuavam dizendo que me fazia de coitadinha, e assim fui levando. Um belo dia, Deus usou uma irmã para expor meu problema diante de mim. Eu sabia que algo estava errado, mas não sabia o que. Deus me disse que eu estava atolada numa depressão profunda, mas Ele, inventor da alma, estava querendo me curar. Eu aceitei a ajuda da irmã, que estava orando por mim. Mesmo assim eu continuava mal. Numa tarde, como em todas as outras, eu entrei no msn, no chat Esperando no Senhor e comecei a conversar com meus amigos virtuais. Mas eu teria que desligar o pc às 4 da tarde, pois era o horario que minha mãe chegava e brigava quando eu estava na net. Eu nem me dei conta, ela chegou e nem brigou! Eu continuei no pc, mas uma vontade louca de chorar invadiu meu coração. Esperei minha mãe sair e desabei em prandos na escrivaninha do computador. Aí entrei no chat e pedi oração. O pessoal logo começou a orar, a enviar versículos, e pediram o link do meu Orkut. Eu passei, e logo abri para ver os recados. Lá tinha um recado sim, mas eu perguntei ao pessoal, e nenhum deles havia mandado. Estranho. Eu havia contado para eles meu problema, e antes disso, o recado já estava lá. Ele dizia muitas coisas, dentre elas coisas que Deus e eu sabíamos que eu sentia...Coisas que Deus havia falado comigo através de profecias da irmã que estava me ajudando. E a pessoa que me mandou não era conhecida de ninguém do chat, era amiga de um amigo meu, mas eles nem se falavam. Deus havia usado aquela jovem para me abençoar. Ao ler o recado, orei e pedi a Deus, que realmente me curasse, porque eu estava de coração aberto para Ele entrar de verdade.  No outro dia... Nem triste eu estava! Dormi cantando, acordei cantando, feliz, sorrindo de verdade!! Antes, eu acordava com o rosto inchado de tanto chorar à noite! Deus havia me curado!! Queria contar pra todo mundo!! Até deixei um fragmento do meu testemunho num tópico da comunidade do chat, mas o testemunho, na íntegra, eu tenho agora a oportunidade de contar! Deus me curou por inteiro!! Uma experiência sobrenatural única, uma sensação de estar sendo levada no colo do Pai querido!Tempos depois, Ele fechou o pacote da cura e me deu os mais londos sonhos! Eu voltei a sonhar!!

“Deus se preocupa com o que sinto e penso, Ele me ama!” Essas palavras estão gravadas até hoje no meu coração. Aquele dia, 07-05-2008 está pra sempre guardado em mim.

Se você, que leu este testemunho, está como eu estava, fique com esta palavra: Deus é confiável. Ele se importa com o que sentimos, transforma mágoas em amor, ódio em carinho. Ele fica triste quando ficamos, chora conosco, quando Ele tem sonhos pra nós, nada do que o inimigo quiser fazer vai adiante. Deus é maravilhoso!! Queira viver esta experiência de cura sobrenatural através das mãos carinhosas do Pai que lhe ama!!



Pois é, gente, é meio grande, mas acho que deu pra contar tudo!! Que Deus abençoe todos vocês, e obrigada por chegar até o fim!! Espero que tenho te abençoado, e confesso que chorei muito escrevendo meu testemunho!! Mas pra glória de Deus!!



E agradeço a Deus por esse Blog! Um ano semeando a palavra de Deus nos corações! Glória a Deus!! Que Deus continue abençoando ao chefe, o Eliézer, e a todos nós que estamos postando!!



Abraços!!

 Agora eu posso sorrir de verdade!! :D E esta na foto é uma amiga, a Renata.

Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Olá pessoal, a paz do Senhor, bom vou contar meu testemunho e alguns fatos importantes da minha vida desde a minha conversão verdadeira. Eu podia contar muitas coisas infinitas que o Senhor na sua bondade fez. Mas é muita coisa que eu só tenho que O agradecer por toda a vida, então vou ''resumir''. Bom vou começar pelos anos, desde um pouco antes de me converter até hoje.

Antes de 2006

Bom eu graças a Deus sempre fui de um berço cristão desde criança, fui até apresentado na igreja, então sempre me considerei crente, mais uma coisa que sempre digo é, você achar ser e ser é bem diferente. Rs
Então desde criança sempre fui na igreja com a minha mãe, e minhas tias e primas, frequentava todos os domingos a escola dominical, mas depois que eu cresci um pouco, não lembro direito por que também, minha mãe não foi mais a igreja e nem eu. Ah, meu pai também ia na igreja quando novo mais depois que cresceu parou de ir..graças a Deus que voltou agora, minha mãe se converteu nova de outra religião a verdadeira fé cristã.Voltando então largamos de ir um tempo ai aconteceram bastante problemas em casa infelizmente...que com o tempo depois se resolveu, graças a Deus. muita oração da igreja e dos familiares. E ai minha mãe voltou para a igreja depois que eu já estava adolescente e ai eu voltei também. Eu voltei em 2000 que eu lembro, vou contar um segredo para vocês eu na verdade voltei para igreja meio por medo :S, não sei se lembram daquela história que o mundo ia acabar no ano 2000..ai eu meio atemorizado e sempre acreditei que Jesus ia e vai voltar, voltei, enfim ainda bem que voltei onde comecei a ir todos domingos sempre e alguns sábados como até hoje vou. Mas na verdade eu ia na igreja mas era do tipo que lia a bíblia uma vez por mês e olhe lá, que coisa feia, né? Pois é...e fui indo assim me achando evangélico, mas praticar mesmo nada. Isso foi assim até eu ter acho que 19 ou 20 anos..

2006 – Ano da verdadeira conversão.


Bom no ano que fiz 20 anos. Eu digo que foi um ano muito ruim e muito bom, muito ruim por que sofre uma grande decepção na vida amorosa e muito bom por que foi o ano da minha conversão. E graças a Deus por isso. Bem vamos ao fato...eu tinha amiga que já conhecia a 2 ou 3 anos, e depois conheci uma amiga dela que ficou nossa amiga em comum e agente era tipo um trio que sempre se falava, ficamos muito amigos mesmo, ai eu sempre tive uma quedinha por essa moça desde que conheci ela vou chamar ela de ''maria'' e a outra amiga de lay, e ai sempre falava com lay quase todo dia e comecei a dizer que gostava da maria meio brincando acho, e a lay apoiava, ai eu comecei acreditar que gostava mesmo, esse foi meu grande erro, eu sempre mandava mensagem para a maria, sempre queria fala com ela no msn, ligava as vezes, e vigiava o orkut dela sempre, infelizmente acho que tinha virado tipo uma paixão e obsessão, :S e ai deu certo que fui conhecer a maria em são paulo, isso foi muito ruim por que a paixão aumentou, eu sai de lá achando que ia consegui namorar com ela, o pior ou melhor foi que não consegui, e ela começou a fugir de mim, as vezes eu ligava ela mandava alguma amiga dizer que ela não podia falar. Olha foi horrível...enfim brigava sempre com a maria, me sentia mal angustiado, pedia desculpas, mas nesse meio tempo graças a Deus por isso, eu tinha já bastante amigos crentes, eu conversava com eles, eles me aconselhavam, tem um especial o Fernando, ele sempre me dizia para eu ler a bíblia, foi ai que comecei a ler mais a bíblia, e toda noite eu via o show da fé, como já de costume mesmo antes eu via..mas nesse ano comecei a entender mais, bom tenho certeza que Deus usou muito o missionário r.r.soares para falar comigo, graças a Deus por isso, por que sabe mesmo naquela situação doida, eu me sentia consolado, por que sabia que Deus tava tratando comigo e me ensinando e também nos cultos da minha igreja Deus usava o pastor para falar comigo. O ruim dessa situação toda também foi que eu emagreci dez quilos...e eu sentia ansiedade as vezes, era muita opressão do inimigo, muita mesma, só que como disse Deus ia me ajudando, e ai eu sempre ouvia pregações quase o dia todo e lendo a bíblia e assim fui, acho que mais uma ou duas vezes para SP e na última vez que eu fui decidi que aquilo não tinha futuro e comecei pedir para Deus para esquecer a maria. E ai...

2007

E ai, que nesse ano fiquei gostando um pouquinho dela mais bem pouco, e até que eu esqueci ela mesmo, não gostava mais dela, como antes, Deus me ajudou! Aleluia. E com isso eu me converti de verdade. Foi uma das melhores épocas mesmo para mim. Por que eu também ia aprendendo e sempre pregava para as pessoas meus amigos no msn, sempre todo dia ia falando de Deus para alguém. O bom nisso tudo foi minha conversão e também que depois falei com a maria. Ficamos amigos mesmo sem ressentimento algum, alias nos falamos de vez enquanto até hoje. O que aconteceu ficou no passado e a amizade continua. Infelizmente a maria não é cristã ainda, mais já orei muito por ela, e devo orar ainda claro. Mas admirei que ela também esqueceu tudo e continuou minha amiga, não fez como alguns do mundo que nem lembra que a pessoa existe mais.
Um fato importante que nesse ano no começo eu fui viajar para Goias, com uns familiares e até falei para a minha prima que lembro até hoje, eu simplesmente acordei uma manhã com aquele versículo na cabeça do nada:

Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.(João 8:32)

Na época não entendi muito, o por que, mas hoje penso que o quanto mais busco essa verdade nas escrituras do Senhor, mais elas se esclarecem para mim..
Continuando no meio do ano que eu lembro já havia esquecido a maria, ai conheci outra garota agora cristã que vou chamar de Su, com quem fui me aproximando ela sempre muito legal e tal, ai agente ''namorou'' uns meses...mas não deu certo e também por que que eu lembro acho ela disse depois de pouco tempo que Deus revelou para a mãe dela que agente não ia dar certo. Na época não acreditei muito não, por que parece que foi uma desculpa qualquer sabe. Mas me parecia que os pais delas não gostavam muito de eu namorar com ela, pelo falo de não me conhecer direito e eu ser de uma cidade e ela de outra. Enfim não deu certo nos vimos a ultima vez no final daquele ano que aconteceu um fato interessante, ela tinha levado um livro do pai dela para me emprestar, mais depois não sei que aconteceu ela pegou e disse que agente não dava certo, desistiu de me emprestar o livro e eu ok. Peguei fui embora da cidade dela, por um tempo ainda achei que voltaria com ela, mais depois ela começou a namorar. E vi que não era a pessoa certa para mim. Hoje eu penso que ela foi uma pessoa que passou na minha vida que eu ajudei bastante, graças a Deus por isso, por que lembro segundo ela, ela dizia que antes da gente se conhecer andava muito rebelde e ai eu era o único que falava firme a palavra com ela, bom isso e glória a Deus por isso.

2008

Já contei um pouco de 2008 anteriormente, ai no meio do ano tinha uma amiga minha que ''namorei'' virtualmente, mais não virou nada também...ai no final do ano conheci a irmã da minha namorada e depois a irmã mais velha dela e por último ela. Engraçado que eu conheci a irmã mais velha da minha namorada pelo orkut, por que a minha namorada que na época não era veio vasculhar meu orkut, hahahah, ai beleza, fiquei amigo das irmãs dela, ai depois me aproximei mais da minha namorada que na época não era ainda, ficamos bem amigos.Nesse ano pelo final, eu senti de me batizar nas águas, mais eu nunca me achava preparado..na verdade só enrolei infelizmente...ai enrolei mais uns meses...

2009

Esse ano foi muito bom por que eu me batizei nas águas, aconteceu um grande avivamento comigo e com os irmãos da igreja e também por que encontrei a mulher da minha vida e muito ruim também por que passei por uma luta enorme.(Eu tinha achado que tinha encontrado mesmo a mulher da minha vida, mas estava errado)

Continuando, no começo desse ano eu pedi ela em namoro, e agente começou a orar, oramos 5 meses sobre isso e na minha ingenuidade achei que tinha a confirmação de Deus do nosso namoro e futuramente casamento, por causa de um sonho q ela disse q teve q segundo ela Deus dizia q eu era a pessoa certa. Eu só agradeço a Deus por que o que achei que era realmente bom foi um livramento dEle mesmo. Em 2008 no final do ano orei muito por isso, mas acho que não estava preparado ainda e fui precipitado, achei que tinha a mulher que eu queria pela personalidade parecia muito mesmo, mas depois ela começou mudar, eu devia ter desconfiado por que mesmo por estar na igreja ela mal falava de Deus, sem dizer que de uma forma totalmente estranha a irmã mais nova dela me tratava com uma arrogância horrível, na verdade eu pregava a palavra a ela e ela não aceitava, infelizmente, espero que se converta um dia, o mesmo desejo para a menina que eu achei que era a mulher da minha vida. Mas Deus sabe de todas as coisas.(Re-Editado em dez de 2010)
Nesse meio tempo em março eu sofri uma queda, eu tava em cima de um caminhão anoite, aqui no meu quintal e fui pular só que tinha um varal, ai dei um cabeçada no varal, que não fez nada, mas cai no chão com o pescoço para trás...ai graças a Deus não aconteceu nada..só meu pescoço ficou muito inchado, mas tomei anti flamatório e passou. Ai no final do mês de março eu me batizei. Foi muito bom..fiquei bem ansioso o dia todo. Mas depois passou. Me entreguei para Cristo para sempre. Glórias a Deus. Depois disso mais ou menos no final de abril e maio todo praticamente, eu comecei a ter umas sensações estranhas no estomago, as vezes quando eu jantava sentia pesado e tal, e a garganta também tava estranha, irritada por culpa minha um pouco por fica irritando ela também, mas devido eu ter caído ela ficava meio estranha também, ai eu praticamente comia muito pouco, sentia algo estranho na garganta, parece que o que eu comia parava no canal de comida...foi muito ruim...Eu pedia oração na igreja, para familiares, eu tava meio preocupado com essa situação já...nesse tempo... (se der um dia coloco o testemunho dele aqui também), meu priminho de 3 grau sofreu um acidente bem feio, ele subiu em cima de um portão de ferro e caiu em cima dele, graças a Deus, todo mundo orando e Ele foi CURADO sem nenhuma sequela, e eu continuava meio ruim...

E nisso eu antes mesmo de tudo sempre falava com a minha prima para gente fazer alguns cultos com a família pois alguns ainda não são convertidos, ai ela decidiu fazer um culto na casa dela, isso acho que foi em junho por ai ou um pouco mais, foi lá dois pastores amigos do pai dela no culto também o Gilberto e o Jaime mais conhecido como Jaiminho, e alguns familiares meus, tios, tias, conhecidos, nessa reunião que foi muito abençoada, no final eu meio assim...falei com a minha tia, ela chamo o meu primo e depois falou para o Jaiminho orar para mim, pois tava não muito bem com aquela situação...Ai eu falei pra ele que quando eu comia ficava estranho, ai Ele disse que ia orar, Ele começou orar, pedindo pra Deus pela minha cura, foi muito bonito, e Deus tipo dá visões para ele, ele tipo orou, e viu o mal saindo do meu estomago e do canal e eu fiquei bem melhor, fui curado \o/, glórias a Deus por isso. Ahh....E uma semana antes minha mãe sonhou algo assim: que o pastor orou sobre mim, e tirava todo o mal de mim, isso eu acho que foi algo tremendo que Deus revelou e depois veio a cumprir usando esse pastor. No culto próximo que teve, eu dei esse testemunho da cura. E foi muito bom gente, depois dessa reunião aconteceram outras, muitas pessoas foram abençoadas, curadas e salvas, e ai é uma obra grande que continua até hoje que Deus está realizando aqui.

Setembro – 2009

Eu ainda tinha alguma coisa na garganta que me incomodava, ai nessa reunião o pastor Gilberto pregou, depois começou orar pelas pessoas, eu não ia lá para ele orar, mais decidi ir, pela minha surpresa ele começou orar repreendeu aquele mal, e Deus começou usar ele para me revelar algo que eu acho impressionante até hoje, eu lembro algumas coisas apenas, ele disse que por muitas vezes o diabo tentou me tirar do caminho, mas que Deus não deixou, Deus me carregou no colo quando eu precisei, e ai eu lembrei daquele ano(2006) que ouvia a palavra e era consolado. Ele
pegou e disse, você vai ser pregador, pregador do evangelho e ele disse que muitas vezes eu não me sentia capaz, que eu era como Josué e realmente eu pensava assim mesmo realmente, Mas disse que não era eu que ia fazer a obra era tudo pelo Espirito Santo, ai depois foi tão bonito que nunca mais me esqueço eu tinha pedido isso para Deus já um tempo atrás, para eu orar e pessoas serem curadas, ele pegou as minhas mãos e disse, ''Deus vai curar pessoas através das suas mãos, você vai orar e as pessoas serão curadas, você vai ser como o profeta Isaías, eu vejo sua língua como uma espada, Deus vai te dar dons, você vai falar em línguas estranhas, continue lendo a palavra, busque, por que por ela o Senhor vai falar contigo'' Isso foi impressionante irmãos sabe por que? O livro do profeta Isaías na bíblia era o que mais tava lendo e naquela semana um versículo me saltou aos olhos foi esse:

Também serás uma coroa de adorno na mão do Senhor, e um diadema real na mão do teu Deus.( Isaías 62:3)

Essa revelação foi chocante pra mim pois confirmou essa palavra que eu li...mais hoje eu penso, sem saber eu já pregava e preguei para muitos amigos e amigas no msn, falando do Senhor, só eu que não percebia, rs

2010

Ai agora em 2010 ta sendo muito legal faz um ano que me batizei, glórias a Deus por isso, os cultos que começaram no ano passado agora continuam e virou tipo uma reunião de oração e ta sendo muito bom para mim e todos os irmãos, pois agora é culto mais de interseção e eu só aprendo e entendo que eu tenho muitos erros a corrigir sempre e aprender a obedecer mais o Senhor sempre, e colocar minha vida diante dEle, para ser o pregador que Ele deseja que eu seja.

Nesse ano também entrei pra equipe do Semeador, o/

Há algo não muito relevante mais que acho legal é que eu comecei a fazer artes no corel draw, hoje tenho um site de quadrinhos caso queira conhecer: www.umpequenomundo.com o engraçado disso é que só sabia desenhar, comecei fazendo umas coisas meio feias, mais fui melhorando segundo dizem, rs mas queria fazer historinhas, mais era muito ruim para criar historias ai eu pedi para Deus e Ele me ajudou comecei a criar, e sem falar no programa do corel draw que é caríssimo mas não queria e não quero nada pirata como é comum hoje, eu consegui achar uma loja que tinha convenio com a minha escola e consegui comprar por preço de estudante, vale lembrar que eu pedi a ajuda de Deus nisso e sem querer eu vejo um banner dessa loja no orkut, pronto tava la a resposta de Deus. Agradeço a todos que vão ler esse testemunho e espero que Deus abençoe todos vocês e busquem sempre essa verdade que liberta a Palavra de Deus do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Dez. 2010

Agora creio que em 2011, Deus tem muita coisas para realizar na minha vida espiritual, profissional e emocional e vou um dia dizer aqui a todos que sou vitorioso em todas elas em nome de Jesus.

testemunho re-atualizado - 14 de dezembro de 2010

Como vaso nas mãos do Oleiro!

Olá galeraaaaaaa!
Como todos sabem, essa semana nosso blog completa 1 anoooooo \o/
Eu não poderia deixar de dizer o quanto me sinto privilegiada por fazer parte de uma equipe tão maravilhosa e competente, que faz com que esse blog seja tão especial!
Agradeço a Deus pela vida de cada um que faz parte desse projeto e que nos apóia de alguma forma!
Também não posso deixar de agradecer ao nosso chefe, sempre tão dedicado e eficiente[puxa saco mode on]...kkk
LéeHh, obrigada pela confiança que você depositou em cada um de nós, acreditando sempre, que juntos faríamos a diferença nessa geração!
Aos leitores, que nos acompanham, que fazem comentários e que ajudam a divulgar o blog....muito obrigadaaaa.
Sei que o Senhor recompensará cada um de vocês, que assim como nós, são SEMEADORES!

Hoje vou contar aqui um pouco da minha história, ou parte dela, já que seria impossível descrever aqui todas as bençãos que recebi e tudo o que o Senhor já fez por mim...


"Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel".
[Jeremias 18:6]

No dia 17 de Dezembro de 1986 nascia na cidade de Campinas- SP, uma linda garotinha chamada Camila....[melhor pular essa parte né?! kkkk]
.......................alguns anos depois.......................

Minha mãe se converteu quando eu tinha 7 anos, e começou a me levar com ela à igreja. Pra mim aquilo era muito divertido, já que lá eu me encontrava com várias crianças da minha idade, podia brincar, cantar, dançar, etc
Depois de algum tempo fui convidada por uma prima a visitar uma outra igreja. As pessoas me receberam muito bem, e eu gostava de lá, afinal de contas a igreja era repleta de jovens, e eu achava isso muito legal!
Comecei a freqüentar os cultos e a participar do coral, do grupo de danças, ajudava a cuidar das crianças...e com isso o tempo ia passando.
A igreja para mim era um parque de diversões, onde eu me encontrava com os amigos, participava dos acampamentos, cantava, dançava...tudo muito artificial!
Eu devia ter uns 13 anos quando minha mãe entrou numa terrível depressão, pois naquela época havia perdido seu irmão caçula, que para ela era um porto seguro...enquanto meu pai sofria de vários problemas respiratórios, além de perder o emprego!
Para mim aquilo tudo teve o efeito de uma bomba... Aquela menina extrovertida,brincalhona, despreocupada, que até então não tinha “problema” nenhum, estava perdida, desesperada e sem saber o que fazer!
Por diversas vezes ouvi minha mãe dizendo que queria se matar e que a vida pra ela não fazia mais nenhum sentido. Ela culpava a Deus pela morte do meu tio e por todos os problemas que ela tinha.
Meu pai ficava cada vez mais doente e dependente de remédios, devido aos problemas respiratórios e das crises que ele sofria .
Meu irmão tinha uns 9 anos, mas já sentia o efeito de tudo isso. Era uma criança infeliz e amargurada.
Eu precisava fazer alguma coisa, mas só tinha 2 alternativas: Ou me revoltava com Deus e colocava a culpa de todos os problemas Nele, ou assumia que precisava e que dependia Dele.
Até então a imagem que eu tinha de Deus era a de alguém muito distante, que eu só conhecia pelas histórias da bíblia ou pelos testemunhos que ouvia na igreja.
Decidi que precisava conhecê-lo de verdade; então comecei a buscar Sua presença, a estudar a Sua palavra, orando e colocando a minha família nas mãos do Senhor, que era o Único capaz de resolver aquela situação.
Tive que amadurecer e começar a trabalhar para ajudar em casa...Já fazia parte do Ministério de danças, mas Deus começou a me capacitar, a me ensinar e a transformar meu coração.
Eu parecia uma garota feliz, mas ninguém sabia o que acontecia quando eu chegava em casa, nem as situações que eu tinha que enfrentar todos os dias.
Meu único amigo e conselheiro era Jesus, que me consolava e enxugava minhas lágrimas, me fazendo sentir o quanto me amava!
Eu tentava não me desesperar diante das circunstâncias, pois sabia em quem estava a minha vitória, e tinha a certeza que aquele não era o fim da minha história, era só um período de aprendizagem, amadurecimento e crescimento, onde o Senhor estava me moldando! Não só a mim, mas a toda a minha família...
Durante esse período que durou uns 2 anos, minha mãe foi hospitalizada por diversas vezes, e viu a morte de perto. Também sofreu uma queda e quebrou o fêmur. Os médicos diziam que talvez ela nunca mais voltasse a andar normalmente, e que por um tempo precisaria de uma cadeira de rodas. Mas ela teve uma recuperação surpreendente, depois de 2 meses já estava andando, e voltou para os caminhos do Senhor.
Bom, vou resumir, senão ficarei aqui dias e dias contando as maravilhas que Deus operou na minha vida...rs
Enfim, minha familia foi restaurada, curada e transformada através do amor e da graça do Senhor!
E durante todo esse tempo eu pude experimentar do cuidado e do amor de Deus. Ele realmente me socorreu em meio ao desespero, cuidou de mim quando estava com medo, me fortaleceu nos momentos de fraqueza, e me mostrou que os sonhos e planos que Ele tem para mim, são muito maiores e melhores do que os meus.
Cresci, amadureci e aprendi a confiar no Senhor!


"Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam".
 [1 Coríntios 2:9]


Hoje, não me preocupo com títulos, cargos, pessoas...Meu único desejo é fazer a diferença nessa geração, levando a palavra de Deus a todos os lugares, sendo usada como instrumento de bençãos através do meu ministério.
Sei que não vai ser fácil, e que ainda terei que enfrentar tempestades e desertos...mas sei também que Ele estará comigo em todos os momentos, me sustentando e me capacitando, pois sou totalmente dependente Dele!
Palavras não poderiam expressar minha gratidão pelo Senhor, que com sua infinita misericórdia, graça e amor me alcançou. E é por causa desse amor incondicional que eu posso continuar escrevendo a minha história!


“Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido”
[Jó 42:2]



Até a próxima semana *-*
Fiquem com Deus

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS