Ô mãe, de onde vêm as músicas???


Por Jálisson Soares


Bom dia, caros irmãos!

Tem alguém curioso aí? Bem... eu sou! =)

Sabe aquela música que você gosta de ouvir? Aquela que está sempre na sua playlist? Pois é... você já teve a curiosidade de saber como aquela música foi composta? Talvez perguntar para os seus pais não irá adiantar (já que a cegonhas não cantam =/). Então, para facilitar suas vidas, hoje eu trago algumas canções que fazem muito sucesso no Brasil e até mesmo no mundo mostrando a história da composição de cada uma.
Então, vamos lá!

Shout to the Lord - Darlene Zschech



É uma das mais populares músicas no meio cristão. Estima-se que essa música é cantada por cerca de 30.000 pessoas em uma só semana! Foi escrita durante uma época em que Darlene estava passando por dificuldades financeiras e sob o stress de ter que sustentar sua família. Um dia, quando estava se sentindo desencorajada, ela entrou no quarto onde guardava o piano e começou a colocar em forma de música algumas verdades bíblicas relacionadas ao que estava passando, principalmente, no livro de Salmos. A respeito da música, Darlene afirmou: "Escrevi a canção quando estava me sentindo desencorajada. Sentia que podia gritar e arrancar os cabelos, ou adorar a Deus. O trecho 'Incomparáveis são tuas promessas pra mim' foi algo em que me agarrei quando as circunstâncias pareciam sombrias. Acho que isso é uma verdade para qualquer um que esteja passando por situações difíceis.". Em 2000, a música foi lançada com uma versão em português por Ana Paula Valadão com o título "Aclame ao Senhor" e ainda foi regravada em mais de 10 idiomas por todo o mundo.

I still believe - Jeremy Camp



A música foi composta em um momento difícil da vida de Jeremy. Em uma das muitas reuniões e encontros de jovens que participava, ele conheceu Melissa com quem ficou junto por seis meses, quando ela recebeu um diagnóstico de câncer. Jeremy prometeu que se casaria com ela caso ficasse curada, o que aconteceu tempos depois. Quando estavam na lua-de-mel, Melissa teve uma recaída e descobriu que tinha somente mais alguns meses de vida. Após a morte da esposa, Jeremy Camp escreveu "I still believe" sobre a qual falou: "Esta foi a primeira canção que o Senhor me deu após o falecimento de minha esposa. Lembro-me de uma noite em que o Senhor falou ao meu coração para me sentar e escrever uma canção, e eu realmente não estava com ânimo para escrever uma canção, mas claro que o impulso foi muito forte. Toda a base da canção é que, não importa o que acontece em sua vida ou o quão devastadora uma situação pode ser, Deus ainda está no trono. E tudo em Sua palavra é a verdade. "

Dá-me filhos - Fernanda Brum



A música foi composta por Ludmila Ferber para a cantora Fernanda Brum. Na época Fernanda passava por um momento crítico. Ela havia acabado de ser curada de um cisto no ovário esquerdo quando engravidou de Isaque. Contudo, após alguns exames foi detectado que o feto estava morto em seu útero. Fernanda colocou o caso nas mãos de Deus e, após duas semanas, foram feitos novos exames e foi constatado que o feto havia ressucitado. Ludmila Ferber, que havia feito a canção para o seu próprio CD, resolveu dá-la a Fernanda. A música pode tratar-se de um clamor a Deus tanto por filhos carnais como por filhos espirituais.

Heart of Worship - Matt Redman



Composta por Matt Redman, a canção nos traz uma mensagem de retorno ao centro do coração de Deus através da adoração. Matt liderava o grupo de louvor de sua congregação e seu pastor queria mostrá-los que a adoração a Deus vai muito mais além do que simples músicas. Para isso, ordenou que não houvesse músicas no momento de adoração dos cultos por um tempo. Com isso, os jovens teriam de procurar outras formas de adoração a Deus. Após esse tempo, Matt compôs essa canção que simbolizou uma nova e mais profunda relação com Deus. A música é conhecida no Brasil devido a sua versão em português "Essência da Adoração" de David Quinlan.

I can only imagine - MercyMe



Vocalista da banda MercyMe, Bart Millard diz que compôs a música em apenas dez minutos: "Quando meu pai morreu de câncer em 1991, ele me deixou com a certeza de que ele estava indo para um lugar melhor. Por vários anos após a sua morte, eu me encontrava escrevendo a frase 'Eu só posso imaginar' em qualquer coisa que eu encontrava. Essa simples frase me dava paz quando eu pensava pelo que o meu pai poderia finalmente estar passando. Anos mais tarde, em 1999, MercyMe estava escrevendo músicas para um projeto independente. Lembro-me de voltar de um show e estar bem acordado no nosso ônibus, por volta das 2 horas da manhã. Eu estava tentando escrever letras em um caderno velho meu, quando de repente, eu tropeço nessa frase. Aproximadamente dez minutos depois, a canção foi escrita. Algumas pessoas dizem que é surpreendente que ela foi escrita em dez minutos, quando na verdade tinha estado no meu coração há quase dez anos.". A música teve sua versão em português gravada por Chris Durán com o título "Se eu pudesse imaginar".

Praise You in the storm - Casting Crowns



O vocalista Mark Hall contou sobre a história da música: "Essa canção surgiu de uma relação que formamos uma família pouco tempo atrás. A filha mais nova, Erin, estava lutando contra tumores cancerígenos em todo o seu pulmão. Sua mãe começou a nos incluir nos e-mails que ela estava escrevendo para o seu grupo de apoiantes. Eles estavam constantemente indo e voltando a médicos e hospitais para tratamentos. Eu ainda tenho a maioria deles. A jornada que esta mãe passou foi simplesmente fantástica. Não há nenhuma maneira pela qual eu seja capaz de entender o que ela estava passando. Os e-mails descreviam sua fé e sua adoração. Um dia ela nos escreveu: 'Nós vamos ficar bem. Temos fé que Deus vai fazer isso'. E depois outro seria como, 'Qual é o negócio? Ele está mesmo aqui?' Erin faleceu no início deste ano. Estamos decididos em subtitular a canção de 'Erin's Song' em sua homenagem." Recentemente, a canção ganhou sua versão em português pelo cantor PG que a entitulou "Louvarei na Tempestade".


Tá aí. Ficou curioso para saber mais? Você pode acessar o site http://www.songfacts.com/ e conferir. Se você tiver matado as aulas de inglês, vai precisar do Google Translator... mas o esforço vale a pena! rsrs...

Por hoje é isso! Até o próximo sábado, pessoal.
Ótimo fim de semana! ;)

1 Response to "Ô mãe, de onde vêm as músicas???"

  1. nuss adorei o post, eu tbm sou muitoo curiosa, e sempre procuro saber como foram criadas as músicas muito legall..

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10