O desafio do amor (Parte 5)

                                                     Por: Camila Scherrer

Olá pessoal!
Semana passada tive alguns probleminhas e não consegui postar! Me desculpem pela falta *-*
Mas essa semana continuaremos com o nosso desafio.
Veremos mais algumas atitudes sobre o Amor!!!

12º atitude: O amor se sacrifica
“Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos” (1 João 3:16)


Somos sempre os primeiros a sentir dificuldades quando somos maltratados e perturbados. Estamos prontos a nos aborrecer, pois sabemos como a vida é difícil pra nós.
Entretanto, nunca percebemos como a vida é difícil para nossos irmãos, amigos, familiares. Nem sequer nos preocupamos com as situações que eles possam enfrentar.
Isso não acontece quando o amor está em ação. O amor faz sacrifícios, demonstra compaixão.
Foi isso que Jesus fez: “Ele deu a sua vida por nós”, para nos mostrar que “devemos também dar a nossa vida por outros”. Ele nos ensinou que a prova de amor está em reconhecer a necessidade dos outros, e então fazer o possível para satisfazê-las. “Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; estava forasteiro, e me acolhestes; estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me” (Mateus 25:35-36).
O amor deve estar disposto a sacrificar-se, a ouvir, compreender, ajudar...
A solução pode ser simples e fácil, ou pode ser complexa e custosa, exigindo energia e muito esforço, mas, em ambos os casos você deve estar disposto a fazer o máximo para
ajudar o próximo. Jesus fez isso por nós, e Ele estende a sua graça para que façamos o mesmo pelos outros!
Quando os cristãos do Novo Testamento começaram a caminhar em amor, a vida de todos eles foi marcada por comunhão e sacrifício. “Todos eles criam, estavam unidos e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um”. (Atos 2:44-45)
Devemos estar sempre dispostos a nos sacrificar por amor ao próximo!
“Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo”. (Gálatas 62)


13º atitude: A motivação do amor
“Servindo de boa vontade como ao Senhor, e não aos homens” (Efésios 6:7)


Muitas vezes as pessoas tentam nos desmotivar. Talvez elas nem percebam seu amor quando tentar demonstrá-lo. Porém, apesar dos temperamentos e emoções criarem motivações oscilantes, certamente o amor permanecerá no mesmo lugar, o tempo inteiro. Quando Deus é a sua razão de amar, sua habilidade de amar é garantida.
Isso acontece porque o amor vem Dele.
Considere as seguintes áreas onde agradar a Deus deve ser o seu alvo:
- Trabalho: “E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens” (Colossenses 3:23)
- Serviço: “Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo somente à vista como para agradar os homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor” (Colossenses 3:22).
- Tudo: “E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, (como ao Senhor), e não aos homens, sabendo que do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi a Cristo, o Senhor” (Colossenses 3:23)
O amor motivado por pura obrigação não permanece por muito tempo. E o amor motivado somente por condições favoráveis nunca terá a garantia do oxigênio suficiente para manter-se respirando. Somente o amor ofertado a Deus – Devolvido a Ele em gratidão por tudo o que tem feito – é capaz de se manter quando todas as outras razões perderem a capacidade de nos estimular.
O amor que tem a Deus como foco principal é ilimitado no que se refere ao nível que pode atingir
Porém eu e minha “casa serviremos ao Senhor”. (Josué 24:15)


14º atitude: O amor traz unidade
“Pai santo, guarda-os no teu nome, o qual me deste, para que eles sejam um, assim como nós.” ( João 17:11)


Uma das coisas mais importantes a respeito da Bíblia é a maneira como ela está articulada, com temas uniformes em todo seu conteúdo, do início ao fim. Apesar de ter sido escrita num período de 1.600 anos e ter mais de 40 escritores de várias procedências e níveis de conhecimento, Deus soberanamente a escreveu com uma única voz. E Ele continua falando através da Bíblia hoje, sem que a mensagem chegue errada.
Unidade. União. Igualdade...Essas são as marcas inabaláveis do nosso Deus.
No início, vemos a Sua unidade agir através da Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo. Deus, o Pai está lá criando o céu e a terra. O Espírito está se “movendo sobre a face das águas” (Gênesis 1:2). E o Filho, que é “o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser” (Hebreus 1:3), se juntam para falar e trazer a existência ao mundo. “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gênesis 1:26).
Os três estão em perfeita união de mente e propósito.
Vemos depois Jesus levantando-se das águas do batismo, e o Espírito descendo em forma de pomba e o Pai anunciando nessa cena majestosa, “este é meu Filho amado em quem me comprazo” (Mateus 3:17).
Jesus mais tarde diz, “Porque eu desci do céu, não para fazer minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou” (João 6:38). Ele pede ao Pai para enviar Seu Santo Espírito, sabendo que o Espírito irá fielmente testificar a respeito do Filho que Ele ama, porque “Pois quem conhece os pensamentos do homem, a não ser o espírito do homem que nele está? Da mesma forma, ninguém conhece os pensamentos de Deus a não ser Espírito de Deus” (1 Coríntios 2:11).
Pai, Filho e Espírito Santo estão em pura unidade, e essa unidade é inquebrável e infinita.
Então não deixe de amar as pessoas que fazem parte da sua vida...seja uma benção para cada uma delas!
“Revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição” (Colossenses 3:14)

[Texto baseado no livro: "O desafio de amar" - Stephen e Alex Kendrick ]


Até a próxima! *-*
Fiquem com Deus



0 Comentários em "O desafio do amor (Parte 5)"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10