Além dos belos sons




Por Jálisson Soares

Bom dia, meus caros irmãos!
Hoje começo a escrever para o blog O Semeador com a coluna Música. Espero poder colaborar de forma positiva com o andamento desse importante meio de propagação da Palavra de Deus e também espero poder contar com a ajuda de vocês, queridos leitores. Sem mais, começemos então a falar sobre essa forma de arte tão apreciada: a música.

A música atua, para muitos, como uma potente forma de expressão de sentimentos, emoções e até mesmo de opiniões morais e sociais. Não se pode negar que a música também possui um caráter restaurador. Isso pode ser observado através das crescentes pesquisas que abordam a eficiência da musicoterapia na cura de muitas enfermidades. Não podemos deixar que esse presente de Deus para as nossas vidas seja ocultado e, tampouco, usado de forma totalmente errada.

A música na Adoração a Deus


"Louvai ao Senhor com harpa, cantai-lhe louvores com saltério de dez cordas. Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo." (Sl 33: 2-3)



Não são poucas as citações bíblicas que nos convidam a louvar e engrandecer o nome do Senhor através da música. A partir daí, podemos perceber o quão importante ela é na adoração a Deus. Por vezes, esquecemos do verdadeiro valor do louvor na vida do cristão, mas a Bíblia nos diz que Deus, Santo, habita entre os louvores do seu povo (Sl 22:3). Portanto, um ambiente de adoração é imprescindível para que a gloriosa presença de Deus se manifeste.

Então bastaria uma seleção de músicas, letras e melodias que honrassem o nome de Deus para que Ele possa estar entre nós? Não. O salmista Davi, homem segundo o coração de Deus, nos revela que há um princípio a ser observado antes de levantarmos nossas vozes e tocarmos nossos instrumentos para que possamos entregar uma adoração a Deus: "Preparado está o meu coração, ó Deus; cantarei e darei louvores até com a minha glória." (Sl 108:1). Observe a relação de causa e consequência. Antes de adorarmos ao Senhor, precisamos levar em conta como anda a nossa vida, o que fizemos, como agimos e como estamos. Como Davi, devemos ter o coração preparado para que possamos entregar a adoração aceita pelo Senhor.

Nunca conseguiremos adorar a Deus somente através da música, pois esta é somente um meio pelo qual nós O adoramos. A verdadeira adoração tem como base um coração preparado, contrito e quebrantado na presença de Deus pois é o que Ele tem procurado e o que jamais desprezará (Sl 51: 17)

Para reflexão, deixo uma música bastante conhecida que nos transmite o que foi comentado. Trata-se da versão em português de Heart of Worship (Matt Redman) feita por David M. Quinlan.




"Quando a música esmorece
E o resto desaparece
Simplesmente a ti me achego
Ansiando oferecer algo de valor
Pra abençoar teu coração
Mais que uma canção eu te darei

Pois apenas uma canção, não é o que queres de mim
Mais profundo buscas, Senhor
Do que os olhos podem ver: queres meu coração
Estou voltando a essência da adoração

E a essência és tu, a essência és tu, Jesus
Ó me perdoa pelo que eu fiz dela
Quando a essência és tu, a essência és tu, Jesus
Rei de imensurável valor, ninguém pode expressar

O quanto és digno
Embora eu seja pobre e fraco, tudo que tenho é teu
Cada fôlego meu"


Por hoje é isso, pessoal. Espero que possam refletir sobre o assunto.

Tenham um bom fim de semana e até o próximo sábado! =)

1 Response to "Além dos belos sons"

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10