QUE ESPÍRITO É ESSE???

(foto de um evento evangélico público: "Marcha para Jesus")

Tenho a impressão que nunca antes na história da humanidade, o Evangelho do Senhor Jesus Cristo foi tão propagado, exposto abertamente, e até celebrado, quanto nos nossos dias!
Há, sim, lugares onde o Evangelho ainda não chegou, ou que seja proibido... Mas em grande parte do mundo há uma proliferação de igrejas.
Em lugares do Brasil que conheci, e outros que tive notícia, essa impressão se confirma: muitas igrejas sendo abertas - das mais variadas denominações e doutrinas - e eventos evangélicos sendo realizados abertamente. Rádios abertas tocam músicas gospel. Programas de TV aberta fazem entrevistas com pastores...!
Em si, isso é algo bom... É também sinal dos tempos finais (Mateus 24.14). É, sim, uma bênção que o Evangelho esteja sendo divulgado, e louvo a Deus por isso!
Entretanto, tenho me incomodado com algumas coisas, e quero compartilhar contigo. Tu deves lembrar desta palavra do Senhor Jesus:

"E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-Me com os lábios, Mas o seu coração está longe de Mim." (Marcos 7.6)

É tão bonito ver aqueles cultos evangélicos que as pessoas louvam, cantam, glorificam ao Senhor... Há aqueles que dançam, que levantam as mãos pro céu, em adoração... Vem aquele pregado ungido, com aquela Palavra cheia de Poder de Deus... Mas...
...passado o culto...
...saindo do templo...
...parece que a unção termina, também!
Eu fico angustiado de ver duas coisas - interligadas - que se relacionam com este versículo:
1)Ministros do Evangelho que abusam da igreja, manipulam o povo, negligenciam seu chamado, criam doutrinas heréticas para defender suas próprias posições...
2)Povo de Deus que conhecem a Palavra, participam de cultos, mas não convertem seu caráter, não mudam de vida, não abandonam o pecado!

Eu me questionava, quanto a isso, sobre que espírito é esse que habita no coração de quem age assim?

"Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo." (I João 4.1)

É claro que Deus abençoa... que Sua vontade prá nós é boa, perfeita, agradável... que Seus pensamentos prá nós são de paz... que Ele se alegra de nossa prosperidade... e muito mais coisas maravilhosas que a Palavra de Deus nos promete!
Mas em toda promessa do Senhor há sempre um "requisito" a ser cumprido, para que possamos tomar posse!
Creio que daria para resumir o requisito para as milhares de promessas que Deus tem para nossa vida em:

"Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor." (Hebreus 12.14)

Ou, talvez, em Deuteronômio 28.2, que diz que não devemos nos desviar da Palavra, e assim as bênção nos alcançariam...
O que precisamos estar cientes é que o Evangelho não é uma doutrina do "Oba! Oba!", sem compromisso, sem seriedade, sem renúncia...
Jesus diz que, para segui-Lo, deve haver renúncia de si mesmo! (Marcos 8.34)
Tem pessoas que ficam louvando as bênçãos de Deus, e esquecendo-se de Deus!
Tem gente pregando - e outros crendo - o mesmo discurso de satanás no deserto, ao tentar Jesus (Mateus 4.3-4): Quem é filho de Deus tem que estar sempre saciado! Mas isso é doutrina satânica! Somos, sim, abençoados por Deus... Mas precisamos renunciar a muita coisa e passar por algumas aflições!
Não adianta nada ficar pregando bênção, ficar dizendo: "Sou mais que vencedor em Cristo, e tudo posso n'Ele, que me fortalesce!", se, de fato, não estivermos em Cristo!
O Apóstolo Paulo escrevia cartas para a IGREJA. Não era para ímpios, ou pagãos, mas para o povo de Deus, que recebia suas cartas como pregações escritas.
Olha o que o Espírito Santo levou-o a dizer aos crentes gálatas - e hoje à nós:

"Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus." (Gálatas 5.19-21)

Adultério, prostituição, impureza e lascívia é muito claro de ser entendido. Quem sabe, um dia posso escrever algo só sobre pecados sexuais, se os leitores quiserem. (leia neste blog o que alguns colegas escreveram sobre o assunto esta semana). Mas quero falar sobre outras obras da carne que convivem com a igreja:

IDOLATRIA: é colocar objetos, pessoas (vivas ou mortas), produtos (e marcas), a si mesmo ou situações em devoção. Deus é o único digno de ser louvado! (Nesse ponto, o quanto os evangélicos têm idolatrado seus ministros e "personalidades gospel"...)
FEITIÇARIA: praticar atos de fé em pessoas (vivas ou mortas), coisas ou ritos fora da Palavra de Deus. Nossa confiança deve estar somente no Senhor! (No meio evangélico, muito comum "orar contra" e lançar maldições!!!)
INIMIZADES (+ porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões): fofocas, intrigas, picuínhas, brigas... A Palvra nos ensina que quem diz que ama a Deus, mas aborrece ao seu irmão, é mentiroso!
HOMICÍDIOS: Continuação do item acima, pois Jesus diz que não apenas quem mata o corpo físico, mas quem magoa seu irmão também é homicida!
HERESIAS (+ dissenções): infelizmente, tem se popularizado nas Igrejas tomar um trecho isolado da Palavra, ou uma experiência pessoal, e transformar em doutrina teológica. Seja com boa intenção, seja por corrupção mesmo, as heresias tiram o direito ao Reino. Temor de Deus, humildade, obediência e sabedoria no Espírito Santo são importantes para evitar tal maldição!
BEBEDICES: na época, o álcool era a única droga psicoativa de abuso difundida. Posso crer que esta restrição não se restringe somente ao álcool, mas também a todas as drogas psicoativas (leia: Efésios 5.18).
GLUTONARIAS: Gente! Crente pode não prostituir, roubar, matar... Mas o que come, é de se indignar! Que tal convertermos o nosso estômago, também, ao Evangelho? (leia: Romanos 14.17)

Não estamos aqui prá julgar... Isso é função de Deus!
Mas também de nada vale "passar a mão na cabeça", colocar "melzinho na chupeta", pregar um "Evangelho Light", e ficar dizendo, simplesmente: "Não temas, que Deus é contigo!", sem falar de santidade, de mudança de caráter, de busca genuína de Deus!
Quando Jesus nos chamar - quer no soar da trombeta, quer quando vier o sono final - prá onde a gente vai levar as bênçãos todas que recebemos e acumulamos durante a vida?
Cantamos, pregamos, louvamos a Deus... E nosso coração? Foi transformado?
Tem gente que pensa que podemos comover o coração de Deus com campanhas, promessas, votos... Deus nos ama, mas Ele é Deus, e não precisa de nada, nem de ninguém! Nós é que precisamos d'Ele!
Ficava intrigado de pensar como pessoas que aceitaram Jesus, creram em Sua Palavra, receberam o Espírito Santo pudessem ser tão comprometidos com o pecado!
Isso: compromisso com o pecado!
Somos santificados por Cristo... Saímos da vida de pecado, das trevas... Mas eventualmente, erramos, pecamos... Normal!
Só que uma coisa é, eventualmente, cair em erro e outra, bem diferente, é ter compromisso com o erro!
Não sou teólogo, nem apologista... Não quero criar nenhuma heresia, mas me permitam compartilhar algo com vocês:
Vi pessoas que tinham unção, usadas por Deus, cheias de Seu Poder... Mas comprometidas com o pecado...! Diante disso, me perguntava: "Como pode eles terem o Espírito Santo, e fazerem tais coisas? Afinal, que espírito é esse que habita neles???"
Daí, comecei a refletir sobre a liberdade que Deus nos dá, e que não nos tira (I Coríntios 14.32; ou, ainda: II Coríntios 2.17). Lembrei, também, que nos últimos tempos falsos profetas se levantariam (Mateus 24.24; ou ainda: I João 4.1). Refleti sobre tudo isso, e cheguei a esta conclusão que quero compartilhar com vocês:
Há uma grande diferença entre o Poder de Deus e a Presença de Deus!
Há pessoas que escolhem abusar do Poder de Deus, mas afastam Sua Presença!
O Poder de Deus, outorgado a muitos, pode se manifestar em diferentes situações... Mas a Presença de Deus, só onde há santidade!
De onde viria o poder de operação de maravilhas que os falsos profetas teriam para quase enganar os escolhidos?
Pensemos juntos: Deus é Adhonai (Todo-Poderoso). Todo Poder provém d'Ele! Não há nada que não venha d'Ele!
Quando Deus outorgou parte de Seu Poder aos anjos, criados por Ele para servi-Lo, creio eu que este poder permanceu parcialmente com os "anjos caídos" (demônios). Por isso, o que muitos falsos profetas produzem assemelha-se com o que os verdadeiros homens de Deus operam: porque a Fonte do Poder é a mesma.
Só que a diferença é que, no caso dos falsos profetas, Deus não está lá! Podem surgir falsos milagres, mas Deus não está lá! Não há comunhão com Deus, pois tudo é falso, mal-intesionado e com motivações erradas!
Da mesma maneira, nos quebrantamos em cultos ou eventos evangélicos, louvamos ao Senhor, mas se não nos deixamos ser transformados pela Palavra de Deus, estaremos - como disse o Senhor Jesus - com o coração afastado de Deus!

"Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em Teu Nome? e em Teu Nome não expulsamos demônios? E em Teu Nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade." (Mateus 7.22-23)

Creio que Deus deixou estes alertas para que não caiamos em erro! A Bíblia diz que devemos vigiar nossas ações, e buscar a satificação permanentemente... Que, se já estamos em santidade, devemos buscar mais santidade ainda! Tem pessoas que julgam que a Bíblia foi escrita para os ímpios, para os pagãos, para aqueles que não conhecem a Deus... Bom, foi escrita para eles, também, mas em primeiro lugar para nós, povo de Deus!
Quando Deus chama ao arrependimento, Ele o faz para todos... Mas, em primeiro lugar, para o Seu povo!
Nós, crentes, precisamos SIM de conversão!
Até por quê, muito nos foi dado da parte de Deus... Portanto, muito nos será cobrado!
Mas temos no Senhor o alento de que nosso arrependimento e conversão agradará o coração de Deus, que refará conosco Sua Aliança! Aí, sim, viveremos as bênçãos, sem perder a comunhão com o Abençoador!

"E se o Meu povo, que se chama pelo Meu Nome, se humilhar, e orar, e buscar a Minha Face e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (II Crônicas 7.14)

Nós, os crentes, somos o Povo de Deus, que nos denominamos por Seu Nome! Nós precisamos nos humilhar, orar, buscar a Face do Senhor e nos converter de nossos maus caminhos!
Deus não falou isso a descrentes, ímpios ou pagãos... Foi para mim, para ti, para Seu povo!
Vamos pedir a Deus que Seu Espírito Santo não apenas nos dê dons, mas frutos que mudem nosso caráter! O Espírito Santo habita dentro de nós também para nos orientar sobre nossos erros (João 16.8), mas precisamos dar ouvidos a Ele!
O maior milagre, ou maravilha, que Deus opera é pegar alguém no pecado, no engano, desencaminhado de Cristo, e restaurar o caráter, fazer um vaso novo, renovando Sua Aliança!
Que este seja nosso primeiro e principal objetivo: ser transformados pela Presença de Deus em nossas vidas, e viver a cada dia a Sua Palavra!
Que a o Amor de nosso Deus e Pai, a Paz de Jesus Cristo e a consolação do Espírito Santo esteja sempre conosco!
Até domingo!
Abraço!

1 Response to "QUE ESPÍRITO É ESSE???"

  1. Obrigado pela transparência da mensagem.
    Continue sempre abrindo os olhos do povo de DEUS.

    Graça e paz!

    Breno Mac Ryan

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10