As 10 pragas da atualidade - Parte VII




Por Eliézer Rodrigues.







Eita lá! Eita lá! Eita lá!
Pois minha gente amiga... paz seja contigo. Hoje é quarta feira, dia 03 de fevereiro e estaremos prosseguindo com as pragas da atualidade.
Antes de falar sobre a 7ª praga da atualidade, deixa eu contar algo pra vcs.
Esses dia, ao abrir meu Orkut, me deparei com a seguinte frase como sendo a minha 'sorte do dia': SEU SONHO IRÁ SE TORNAR EM REALIDADE.
Resolvi dormir pra ver o que sonharia. Acabei sonhando que eu era um camaleão.
Tô até agora tentando mudar de cor e não consigo. Nem sequer aprendi ainda a colocar a língua pra fora da forma como os répteis fazem.
Acho que o Orkut me enganou. =[
Tristezas e decepções orkutianas a parte, vamos continuar com as pragas da atualidade e hoje os 'homenageados' são OS POLÍTICOS.

Talvez você ache engraçadas as coisas que direi de agora em diante. Mas, acima de tudo, são trágicas, pois mostram o como o povo é enganado por alguns cidadãos que se candidatam a ocupar um cargo público.
Um recebe mensalão, outro se envolve com caixa 2, um outro esconde dinheiro na cueca ou na meia. A propósito, antigamente o povo era assaltado com a frase: "Mãos ao alto". Hoje a coisa evoluiu, os assaltos começam com a frase: "Quando eu for eleito..."
Vou contar duas rapidíssimas histórias envolvendo bandidos candidatos a prefeito que mostram o quanto eles se preocupam com a cidade.
Certa feita um político fazia sua campanha em um comício e na empolgação começa a dizer: "Quando eu for eleito, vou mandar fazer uma ponte no rio da cidade, assim teremos facilidade na locomoção pra cidade vizinha.".
Um cabo eleitoral que era mais racional, chamou a atenção dele, avisando que na cidade não havia nenhum rio.
O candidato não perdeu a cara de pau elegância e soltou a frase: "Não tem rio aqui? Não tinha!! Pois eu vou mandar fazer um rio na cidade também"
O pior que tem gente que acredita nessa ladainha. Acredita que o "dono do Maranhão" é inocente. Acredita que o "caçador de marajá" é gente boa. Acredita que Monte, Vale, Serra tem boa índole.
A pessoa promete cuidar do saneamento básico da cidade e na primeira chuva do ano, a cidade é toda alagada.
Por falar nisso, dizem que em São Paulo está sendo criado o AQUASSAB. Gostaria de ter informações sobre isso.
Mas contarei uma outra história bem intrigante antes de falar de forma mais séria sobre o assunto.
O político fervoroso em seu discurso, pergunta à população:
"Vocês tem agua no município?"
E o povo todo grita: NÃO!!
"Tem energia elétrica no município?"
E o povo numa só voz grita: NÃO!!!
"Tem policiamento no município?"
E o povo novamente grita: NÃO!!!
"A cidade está boa para se morar?"
E o povo: NÃO!!!
Com a maior ignorância, o candidato diz:
"Se tá tão ruim, por que vocês não mudam de cidade?"

A seguir, segue algumas frases famosas de políticos que mostram o despreparo deles.

"Eu gostaria de ter estudado latim, assim eu poderia me comunicar melhor com o povo da América Latina” [Uaau..Sempre pensei que Latim fosse a lingua oficial dos cães]
“A grande maioria de nossas importações vem de fora do país.” [Bah...e eu pensando em importar algo de Itapipoca]
“Se não tivermos sucesso, corremos o risco de fracassarmos.” [Será?]
“Um número baixo de votantes é uma indicação de que menas pessoas estão a votar.” [Ele levou quanto tempo pra descobrir isso?]
“MINHA MÃE NASCEU ANALFABETA.” [Pois a minha nasceu pelada, careca e sem dentes]
“Não é a poluição que está prejudicando o meio-ambiente. São as impurezas no ar e na água que fazem isso.” [Boooa..Sempre desconfiei disso]
"Quando se aposentarem, por favor, não fiquem em casa atrapalhando a família. Tem que procurar alguma coisa para fazer." [Vão rachar uma pilha de lenha em volta de casa]
"O governo tenta fazer o simples, porque o difícil é difícil." [Ou como diria Vicente Matheus: O dificil...não é fácil]
"O continente sul-americano e o continente árabe não podem mais, no século 21, ficar à espera de serem descobertos." [Continente Árabe? o.O]
"O Brasil só não faz fronteira com Chile, Equador e Bolívia." [Bah...Meus livros de Geografia estavam TODOS errados]
"Todo brasileiro tem motivos para se sentir otimista. As perspectivas só são ruins para os desempregados." [Só pra eles?]
“Eu não sei de nada.” [Bom...depois disso, nem eu sei]

E agora um texto realista sobre o tema.

Brasil, mostra a tua cara!

Navegar é preciso. Foi assim que caravelas esbarraram em nossas praias. Esbarraram? Foi
Cabral ou Duarte, descobridor a pouco descoberto? O passado foi-se sem deixar notícias, mas, e o agora? É corrupção ou futebol? Sem-terras ou festas nobres? Deixemos então o momento presente, que se tornará passado também incerto frente ao futuro. Mas que futuro? Venceremos? Ficaremos assim? Brasil, potência do terceiro mundo, um mulato ébrio, sem rosto, mas esfomeado. Quinhentos anos sustentando-se em finas pernas. Suado, cansado e cheio de questões. Brasil brasileiro, Brasil comprado, Brasil vendido, Brasil achado.
A Europa estava carente de paraísos. Paraísos onde haveria matérias-primas e gente a ser explorada. Caravelas salgadas encontraram homens queimados de sol. Que pena... a pena do cocar virou pena de românticos que exaltavam os índios. Mas os índios não eram bons ou maus, eram somente outra cultura, cultura sem sorte por ter flechas ao invés de chumbo, sossego ao invés de ouro, ervas ao invés de anticorpos. O que sobrou dos índios cabe em estádios de futebol, esporte nacional importado. Não se sabe quem foi o primeiro europeu que aqui pisou, nem o primeiro negro, nem o primeiro índio. Mas sabe-se que foi daí que nasceram novas cores, que formaram uma nação. Nação histórica, mas repetente: senhor de engenho, latifundiário; D. Pedro I, Antonio Carlos Magalhães; Companhia dos Índios, transnacionais; Império, ditadura; povo massacrado, povo massacrado; Brasil positivista: Ordem e Progresso. Brasil “existencialista”: O grande problema são os outros, os estrangeiros que invadem nossa economia. Brasil de cultura e costumes impostos, importados de elite multicolorida que veste verde amarelo.
Esse ano podemos perder a Copa e os capitais estrangeiros. Vamos eleger um presidente e assistiremos televisão. Os Sem-terra ainda existem, como uma herança que não queremos, mas que fica em nosso encalço avisando o que causa a concentração de riquezas. Sem-terra, sem-teto, sem-roupa, sem-dinheiro, sem-Brasil. Nós todos somos brasileiros sem-Brasil. Criamos leis para uma nação, mas não criamos nação para leis. Código do Consumidor, e os miseráveis? Código de Trânsito, e as estradas? Leis de Diretrizes e Bases, e as escolas? Esse ano é o mesmo de todos, falar deste remonta os quinhentos anos passados, pois como todos, carrega feridas abertas de longa data vividas em contextos diferentes. E o futuro? Será tão negro? Brasil, criado aos poucos, andará até o fim dos tempos como hoje? Virão muitos outros anos e devemos aprender com os quinhentos passados. Não mais navegar é preciso, e sim educar. Indicar outras saídas para o povo, que deve deixar de ser massa de manobra política. A solução está em mudar as bases à partir das cabeças brasileiras, então cicatrizaremos as feridas e poderemos nos fazer nação, não mais vendida ou comprada e sim consciente. Assim poderemos nos descobrir e satisfazer o apelo que um dia fez Cazuza: “Brasil, mostra a tua cara!”

Lívia Paula da Silva Maia

Enfim, gambazada!!!
Os politicos realmente são pragas da atualidade. Muitos tentam nos comprar com cimento, tijolo, areia, vergalhão. Vão nos morros, favelas, pegam bebês chorões no colo. Bebem cachaça com o povo. Mas no fim, acabam enganando o povo e lutando apenas em prol de si mesmo.
Pra finalizar o artigo, só queria apurar com os leitores uma informação.
Fiquei sabendo que um deputado recebeu uma entidade demoníaca no Congresso e ficou possuído lá dentro. Não sei até que ponto isso é verdade, mas seria interessante nossos irmãos políticos [esses devem se manter puros e dar testemunho de cristão] pregarem a Palavra e se deixarem ser usados por Deus lá no Congresso. Pregarem sobre o ÚNICO E VERDADEIRO Deus, para que todo o Brasil possa ver que "Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR"

Por hoje é isso...Irei tomar meu café descafeínado e descansar esse meu corpo cansado.
Eu volto na semana que vem, ou não...posso ser demitido!

Fiquem todos na paz do Senhor

1 Response to "As 10 pragas da atualidade - Parte VII"

  1. Sensacional! - Realmente muito boom.. Ri muuito agora mas também me rebelei, a final político é tudo a mesma coisa.. só muda de endereço!
    Outra boa historinha é a do Panetone com o gengibre, espada-de-são-jorge ou quer dizer, Arruda..
    "Não foi culpa minha, peguei esse dinheiro(aproximadamente 56,6 milhões) para comprar de panetone para os mais carentes."

    Poiséé.. Estou esperando o meu até hoje e nada e se for receber, quero da Bauducco !!

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10