As 10 pragas da atualidade - Parte III




Por Eliézer Rodrigues.




*** Os relatos contidos nessa postagens são fictícios, qualquer semelhança com casos e ocorrências, considere ter sido mera coincidência :P ***



Eita lá! Eita lá! Eita lá!

Depois de um abençoado 2009, onde o Senhor nosso Deus nos abençoou de forma toda especial, adentramos o ano de 2010 desejando que o mesmo Deus nos fortaleça, nos guarde e continue abençoando o seu povo.

Mas, deixa eu contar pra vocês... Aconteceu algo comigo na noite de Natal que me deixou estarrecido.
Dormia eu, belo e formoso, quando ouço um barulho dentro de casa. Acordei meio assustado e ví um senhor de barbas brancas e um saco na mão dentro da minha casa.
Bah!!! Vocês não imaginam minha alegria ao ver aquilo ... o bom e velho Noel veio na minha casa.
Rapidamente fechei os olhos pra que ele não percebesse que eu estava o observando.
Para minha surpresa, quando acordei na manhã seguinte, percebi que haviam roubado meu aparelho de DVD e minha impressora nova.
O velho barbudo com o saco que estava dentro de minha casa não era nem de longe o Noel, era sim um ladrão que me roubou e ainda deixou um bilhete sobre a cabeceira da minha cama: OBRIGADO PELA SUA INGENUIDADE. ANO QUE VEM EU VOLTO PRA LEVAR MAIS COISAS. COMPORTE-SE BEM ATÉ LÁ!!!
Enfim...não acredito mais no Papai Noel. :P

Estávamos vendo as 10 pragas da atualidade, quando paramos para rever os fatos relevantes de 2009, porém voltamos hoje para falar de algo que nos irrita muito.
Sem mais perdermos tempo, vamos logo falar sobre os TELEFONISTAS.

Vou contar umas duas histórias que farão vocês entederem o porque qualifiquei os telefonistas como praga da atualiadade.
O Tio Juca tem uma micro empresa e trabalha com vendas de cosméticos e perfumes. E ele usa muito o telefone para se comunicar com seus clientes e fornecedores.
Numa bela tarde de sexta-feira, Tio Juca vai ligar para um de seus fornecedores e aquela voz feminina soa no ouvido dele: Este número não está autorizado a efetuar chamadas nesse momento.
Gente, ele enlouqueceu. Na hora ligou para a empresa telefônica que ele havia contratado.
Começou o martírio do Tio Juca.
Para começar o sufoco, ele só foi atendido depois de 5 minutos de espera. Ao ser atendido, uma jovenzinha perguntou qual era o problema, Tio Juca calmamente explicou que embora todas as faturas estavam pagas, o seu telefone havia sido cortada.
A jovenzinha resolveu o problema? Claro que não!!!
"Aguarde um momento na linha, por favor!"
Passou-se longos 10 minutos esperando e a moça volta a falar: "Aqui consta uma fatura em atraso já faz 6 meses"
Mas se tá atrasada a 6 meses, por que não cortaram antes?
E pra piorar asituação, a jovem diz que não tem o que fazer, mas que irá transferir a ligação para seu superior.
Começa uma musica interminável e o Tio Juca já estava bufando.
Opa!!! A música parou, alguem deve ter atendido o telefone.
"OI, NÃO DESLIGUE SEU TELEFONE. SUA LIGAÇÃO É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS"
Passaram-se mais uns 15 minutos e um homem atendeu. Pediu pro Tio Juca lhe dizer qual era o problema e ele mais uma vez diz tudo o que havia acontecido com seu telefone.
O homem diz que aquilo não era com ele, mas que ele estaria transferindo a ligação para o senhor Jorge, o responsável por esse tipo de problemas.
A ligação é transferida ... "Alô, eu sou a Vanessa! Em quê posso ajudar?"
Tio Juca já falou aos berros: "Passa o telefone para o Jorge!"
Vanessa, sem entender o motivo da revolta, grita no telefone: "JORGE!!! JORGE!!! CLIENTE QUER FALAR CONTIGO!"
Tio Juca quase fica surdo com o grito agudo e estridente dela.
O tal Jorge atende e pede pro Tio Juca explicar o que havia acontecido. Ele, já bem ignorante, diz que já era a trigésima vez que lhe faziam a mesma pergunta e que estava a ponto de cancelar o contrato que tinha com eles.
Para desespero do Tio Juca, o tal de Jorge solta essa: "Calma! O senhor está muito nervoso! Respire fundo e me conte o que aconteceu"
Ele engoliu em seco, de fato respirou 10 vezes e aparentemente calmo, disse mais uma vez o que estava acontecendo.
"Bom... eu estarei verificando os dados em nosso sistema e creio que segunda-feira seu telefone estará habilitado para fazer ligações normalmente"
Segunda-feira???
Tio Juca esbarrou o telefone na parede e resolveu tirar férias antecipadas antes que tivesse um ataque cardíaco.

Em outra oportunidade, Tio Juca acordou cedo, chamou a mulher, acordou os filhos...estava muito feliz. Era um lindo dia de sol e eles iriam à praia.
O clima estava agradável, tudo aparentemente perfeito. Até que tocou o telefone.
Tio Juca atendeu e uma voz entusismada fala no outro lado da linha: "Bom dia!!! O senhor se preocupa com a sua saúde? Nós da Protection oferecemos o melhor seguro de vida!"
"Obrigado, mas não estou interessado!", disse Tio Juca de forma tranquila.
O rapaz o indaga: "Mas você não se preocupa com seu bem-estar e com o da sua família. Já pensou se acontece um acidente e o senhor venha a falecer...como ficará sua família?"
Tio Juca não se aguenta: "Já disse que não estou interessado, seu agourento chato"
"E se numa tarde de praia seus filhos se afogassem no mar, com um seguro de vida vocês estariam tranquilos, pois a indenização por morte acidental é 10 vezes o valor total do seu plano"
Assustado, Tio Juca já tava até pensando em nem ir mais à praia: "Olha aqui, meu caro... Eu estava indo na praia agora... Se acontecer algo com meus filho, por culpa desse teu agouro, prometo que vou aí nessa tal de Protection e conversarei pessoalmente contigo."
Vermelho de raiva, ele bateu o telefone e desligou na cara do telefonista.
Então Tio Juca se sentou e estava tomando o café da manhã, ele já tava pensativo qdo o telefone tocou novamente.
"Se for aquele rapaz de novo, isso não vai dar certo..."
Quando Tio Juca atende, uma voz feminina lhe fala: "Muitíssimo bom dia!!! Eu sou Gumercinda da MaxCred e estou ligando pra te oferecer uma oportunidade única e incrível. Nosso cartão de crédito não cobra anuidade e você ainda tem o limite que desejar, sem consulta ao SPC/CERASA e nem precisa comprovar renda"
Tio Juca já tava laranja de tanta raiva que sentia e pra se livrar logo da incoveniente ligação, apela para uma história infalivel
"Foi muito bom você ter me ligado, Gumercinda. Estou me sentindo tão solitário ultimamente, ninguem mais tem ligado para mim e estou sem amigos. Você quer ser minha amiga, Gumercinda?"
A moça sem entender muito: "Senhor, eu só tô oferecendo nosso cartão de crédito."
Tio Juca então continua: "Ah sim! Mas sabe, Gumercinda... essa oferta caiu do céu. Acabei de pedir concordata, estou com um monte de dívidas e não consigo pagar. Meu cheque especial foi cortado, mas com esse cartão de crédito, voltarei a comprar as coisas que sempre desejei..Se por acaso eu não conseguir pagar.... Gumercinda? Gumercinda?"
A moça havia desligado o telefone, possivelmente essa nunca mais ligará para o Tio Juca.
Ele então pega a família e vai desfrutar o dia na praia.

Bueno, gambazada!!!
Realmente esses casos nos deixam enfurecidos, não é?
Depois de vermos SAÚDE PÚBLICA e CLIMA...Hoje vimos os TELEFONISTAS, nossa 3ª praga da atualidade.
Caso alguem tenha uma história envolvendo esse tema e queira nos contar, esperamos seu comentário.
Agora me vou! Ou como diria nossos irmãos espanhóis "Ahora me voy!"
Voltarei na próxima semana...ou não. Corro o risco de ser demitido.
Até lá!!! Fiquem todos na paz do Senhor!!!

2 Responses to "As 10 pragas da atualidade - Parte III"

  1. tadinho do tio juca asuhsauhsauhsauhsausa mui buena a historiaaa

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10