O amor que não cobra!


“Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro.”

I João 4: 19


Olá, pessoas! Mais um sábado, comecinho de fim de semana e dia da segunda postagem da nossa coluna!

Fim de ano!!! Há um clima de recomeço, pessoas se confraternizando, presentes pra cá, presentes para lá... E os amigos secretos? Ah, os velhos e bons amigos secretos - ou ocultos, depende da sua região –, como é legal reunir os amigos e trocar lembrancinhas. Eu, particularmente, gosto muito. Talvez vocês estejam se perguntando o que tem haver “Amigo secreto” com o nosso post. Eu respondo: “incondicionalidade”!

Essa semana ouvi algo que me fez refletir um pouquinho sobre o amor de Deus.

Havia duas pessoas conversando sobre a brincadeira de amigo oculto, e uma delas comentava da tristeza que é você gastar uma nota, tempo e dedicação para encontrar um presente que tenha a cara do felizardo que você sorteou e ganhar aquele anjinho de biscuit – nada contra - ou algo que é totalmente diferente do que você esperava. A conversa se desenrolava nesse sentido até que uma das pessoas afirmou que não compraria nada legal para seu amigo, porque certamente receberia um péssimo presente.

Foi então que eu me atentei ao amor do Pai e, sobretudo à sua incondicionalidade. Deus nos ama como somos, a despeito dos nossos pecados, dos nossos atos e comportamentos egoístas. Independente do que façamos, o amor do Senhor continua sobre nós, é um sentimento no qual não há interesse, Deus não nos ama 50% esperando de nós mais 50%, ele simplesmente derrama sobre nós o seu amor sem aguardar nada em troca. É a mais perfeita expressão de amor que se pode encontrar!

E mediante a tudo isso, refleti também sobre gratidão. Como tenho demosntarado-a? Realmente estou sendo grata pelo amor incondicional depositado em mim? Minha vida demonstra esse agradecimento?

Essas perguntas tornaram-se questionamentos diários para mim, e recomendo a todos fazer o mesmo, pois só a partir disso poderemos avaliar nossa conduta diante do Senhor e manter-nos firmes na gratidão ao seu amor incondicional!

Só conscientes da imensidão do amor do Pai e do nosso dever de gratidão poderemos não só usufruir o melhor desse amor, mas transmiti-lo aqueles que ainda não conhecem e perecem à sua busca. Que sejamos, portanto, alvos e canais desse sentimento que restaura vidas e nos traz a verdadeira alegria e sentido de viver.

Pensemos nisso...!


Camila Matos



PS: Peço desculpas por não ter postado no finalzinho da noite de sexta, houve um probleminha aqui. Minha relação com a tecnologia é um tanto conturbada [hahahahaha...]


0 Comentários em "O amor que não cobra!"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS