DEUS É CONTIGO



Paz do Senhor!
Creio que o tema desta semana possa te parecer um tanto desagradável... Talvez não! Vejamos:
Com toda certeza, Deus tem promessas para tua vida! Nada que Ele faz é por acaso, e Ele vela pela Sua Palavra para que se cumpra! O que Ele te prometeu, É fiel é justo para cumprir muito além do que esperas!
Quando Deus é por nós, nada pode contra nós!
As circunstâncias adversas nada mais são do que pedras preciosas na coroa de nossa vitória, quando Deus é conosco!
...Quando Deus é conosco!
Nostaste que eu não coloquei nenhuma pontuação na sentença do título: "Deus é contigo"?
Poderia ser:
"Deus é contigo!"
"Deus é contigo..."
Ou, o mais doloroso:
"Deus é contigo?"
Deus nos prometeu que nunca, jamais, nos abandonaria... Ele está em todo lugar, e nada nos afasta do Seu amor... No entanto, a sentença "Deus é contigo" revela que Deus CONCORDA com tuas ações, e o está abençoando, conduzindo e guardando... Deus é concosco quando estamos na Sua Palavra, e assim, conforme o Salmo 125, somos inabaláveis pela confiança que temos n'Ele!
No entanto, algumas vezes acontece que - mesmo sem querer nem perceber - pode-se desviar-se da Presença de Deus, e neste caso Deus estará conosco, mas não SERÁ CONOSCO!
Não é que Deus tenha abandonado! Não! Mas alguma coisa em na conduta afastou da Graça d'Ele, e o Poder de Deus se suspende de operar, temporariamente, sobre a vida da pessoa!
Recorro a alguns exemplos que tiro da Bíblia! Entre tantos, cito três: o juiz Sansão, o sacerdote Eli e o apóstolo Pedro.
Sansão foi escolhido por Deus, desde antes de nascer, para ser juiz de Israel! Sobre ele, haviam grandiosas promessas de Deus, e Deus - que é fiel e justo - capacitou Sansão para o exercício de seu ministério desde cedo. Sansão, no entanto, valorizava tanto seus dons e as promessas de Deus, que se esqueceu de se consagrar a Deus e mudar de atitudes!
Deus continuava operando através da vida de Sansão, mas ele próprio não se submetia a ser discipulado e se converter! Ao contrário, gradativamente, vivia cada vez mais para suas próprias vontades, e perseguia egoisticamente suas pretenções!
Sansão, talvez, pensasse que, por Deus ter feito promessas e o dotado de dons, o trabalho todo estava completo e não havia mais lutas...
Não sei se ele pensava isso, mas a Bíblia diz que Sansão não percebeu que o Espírito de Deus havia se afastado dele, e esta foi a razão de sua ruína:

"E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou ele do seu sono, e disse: Sairei ainda esta vez como dantes, e me sacudirei. Porque ele não sabia que já o SENHOR se tinha retirado dele." (Juízes 16.20)

Perceba bem: Sansão PENSAVA que ainda estava com Deus, mas não estava! Ele se enganou em si mesmo, porque tinha promessas, ministério e dons... Ele se enganou! E não percebeu que havia se desviado!
O sacerdote Eli também tinha promessas de Deus para sua vida! Deus havia prometido a Eli que sua família seria de sacerdotes... Mas Eli relaxou em seu ministério, e se tornou conivente com o pecado de seus filhos... Deus MUDOU a promessa na vida de Eli, e limitou seu ministério!

"Portanto, diz o SENHOR Deus de Israel: Na verdade tinha falado eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém agora diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desprezados." (1ª Samuel 2.30)

Perceba que Eli tinha promessas, dons e ministério - como Sansão - mas não foi fiel ao Caminho que o Senhor lhe abriu! Eli não percebeu que estava desviado!
Sim, desviado - apesar de ter um ministério, de ser sacerdote do templo do Senhor!
Quantas pessoas estão dentro das igrejas, às vezes até ministrando, mas estão como Sansão e Eli: desviados!
E iludidos!
Porque é muito difícil um ministro de Deus reconhecer que saiu fora do Propósito de Deus!
Em Jesus, somos luz do mundo e sal da terra... Mas se perdermos nossa consagração, se sairmos da visão onde Deus nos coloca, atraimos maldições sobre nossas vidas!
Tenho acompanhado histórias tristes de pessoas com promessa, dons, ministérios... Mas que se deixaram enganar por vozes do mundo, perderam a visão de sua liderança e estão caídas! Caídas!
O pior que, infelizmente, muitas não sabem - ou não admitem - que estão caídas... Como Sansão, pensam: "O Senhor é comigo!" - mas, infelizmente, já se desviaram...

"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens." (Mateus 5.13)

Ao desviarmo-nos dos propósitos de Deus, somos como sal insípido: só servimos para ser jogados no mundo e ser pisado pelos homens!
O terceiro exemplo que tomo é do Apóstolo Pedro. Homem de Deus, chamado e nomeado pelo próprio Senhor Jesus, líder da igreja primitiva... No entanto, mais de uma vez Pedro foi iludido pelo inimigo e saiu da visão. Ele, que foi um dos primeiros a reconhecer que Jesus é o Cristo, também teve momentos que saiu fora da visão e tentou atrapalhar o ministério de Nosso Senhor:

"E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens." (Mateus 16.22-23)

Pedro havia sido escolhido por Jesus, e o Próprio Senhor o elogiou diversas vezes... Mas, desta e de outras vezes, Pedro desviou-se... A ponto de negar a Cristo por três vezes!
Mas é também em Pedro que vou me valer para falar de arrependimento!
Mesmo que nos iludamos como Sansão, Eli e Pedro, ainda temos a chance de nos reconsciliar com o Senhor e voltarmos ao centro de Sua vontade!
Três vezes Pedro negou a Jesus, três vezes o Senhor Ressuscitado o perdoou e o reafirmou:

"Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: SENHOR, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas." (João 21.17)

Apesar de ter se desviado, o ministério de Pedro foi restaurado! Ele se tornou aquilo que foi nomeado por Cristo para fazer: pastor! Por quê? Por quê Pedro se arrependeu e se reconciliou com Deus!
Sansão e Eli pagaram mais caro, pois eles se arrependeram tarde demais... Sansão perdeu a vida, Eli a saúde e a família... Mas creio eu que, pelo menos, podem ter mantido a Salvação! Pedro, ao contrário, se reconciliou a tempo e foi restaurado mais rapidamente...
Quando nossos desejos pessoais começam falar mais alto, e quando tentamos lutar por nossas forças e jeito para alcançá-los, é sinal que estamos nos afastando da confiança em Deus...!

"Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" (Mateus 16.24-26)

Mas ao nos reconciliarmos, as promessas do Senhor voltam sobre nossa vida! E mais importante do que qualquer promessa, bênção, ministério... E a segurança de viver esta verdade: "Deus é comigo!"
A Presença do Senhor em nós e por nós - Emmanuel, Deus-Conosco - é a maior de todas as dádivas! E é esta dádiva que traz todas as outras...
Jesus nos diz (Mateus 6.33) que, ao buscarmos o Reino de Deus e a Sua Justiça, todas as demais bênçãos nos serão concedidas... Buscar o Reino de Deus é viver conforme a direção e propósito que Nosso Supremo Rei e Senhor traçou para nós!
Medite nestas palavras que o rei Davi escreveu sob inspiração do Espírito Santo, e faça delas tua oração:

"Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário" (Salmo 51.11-12)

Que o Amor do Pai, a Graça de Nosso Senhor Jesus e a doce consolação do Espírito Santo esteja com cada um de nós!
Até a próxima semana!
Abração!
--------------------------
TERRA SECA
Judson Oliveira

Senhor a minha oração
Se tornou sequidão
Se tornou um deserto
E até a minha adoração
Já não passa de canções
E palavras repetidas

Abre os céus Senhor
E deixa a chuva descer
A terra seca está aqui
A terra seca sou eu
Deixa a água descer
Deixa a chuva molhar, encharcar, encharcar
Esta terra seca

3 Responses to "DEUS É CONTIGO"

  1. Dani, louvo a Deus todos os dias pela sua vida! Peço a Ele que sempre te guarde, te guie e te dê forças para continuar semeando a sua palavra! Deus é maravilhoso, pois tem enviado você para ser um canal de bênçãos nas nossas vidas!Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani, tenho lido os teus artigos no blog "O Semeador" e quero te parabenizar pelo zelo, pela profundidade e beleza das reflexões que tens postado. São todas muito inpiradas e abençoadoras. Gostei muito desta última "Deus é Contigo" e espero que muitas pessoas possam ler e realmente terem Deus em suas vidas. FEliz Natal e um Ano Novo na direção de Deus. Abraços e apareça por estas bandas de cá.

    ResponderExcluir
  3. Palavra abençoadora... Palavra que edifica!
    Que Deus abençõe sua vida irmão!!!

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS