Acepção de Cabritos




Por Eliézer Rodrigues.








Pááááááááááááára!!!
Mais uma quarta-feira chegou e aqui estamos nós outra vez.
Hoje, pra falar sobre a Marcha pra Jesus 2009, em São Paulo.
Depois de sair de Santa Catarina e encarar 10 horas de viagem, montado numa cabra montanhesa, cheguei a São Paulo para participar desse gigantesco evento gospel.

Tirando o fato de ter que pagar R$ 5,00 numa lata de refrigerante, enfrentar um calor que chegou a me saltar as veias da cabeça e ver umas outras coisas que prefiro nem comentar, tudo foi perfeitamente agradável. Desde o povo que saiu às ruas para exaltar o nome do Senhor e glorificar o Seu bendito e Santo nome, até o pessoal super gente boa que tive o prazer de conhecer.
Destaque para Vivi Falconi, nossa escritora da coluna MUSICA, que teve toda a bondade de me buscar na rodoviária, me encaminhar a um hotel e ser uma verdadeira guia para mim. Deus sabe o quanto sou grato e o que tudo isso representou pra mim.

Mais detalhes obre a Marcha pra Jesus 2009, procurem em outro lugar porque aqui o dia é de humor. Antes, só vou postar uma foto da nossa galerinha que lá se juntou e juntos, louvamos a Deus pelas Suas grandes obras.


EM PÉ: Carol, Bruno Argona, Thaisa, Eriksson, Eneida, Léia, Eliézer e Vivi Falconi
AGACHADOS: Telo Batera, Bruna, Psiu e Carlinha.
Foto de Naiara Melo.

Agora, gambazada, vamos ver uma história que retirei de uma comunidade no Orkut e que me chamou a atenção. Chama-se ACEPÇÃO DE CABRITOS.

Em uma igreja evangélica, um presbítero, conhecido em seu bairro, tem um filho de aparência elogiável. O rapaz tem quase 2 metros de altura, moreno, olhos verdes, e aparência física de chamar a atenção. Já havia feito inclusive testes para modelo, mas desistiu. Hoje trabalha com informática. Algumas meninas da igreja, ao ver o rapaz chegar (ele toca guitarra), cochicham entre si, sorrindo, e paqueram sem parar o filho do presbítero.

A estética do rapaz já rendeu algumas dores de cabeça para o presbítero. É que o guitarrista parece de vez em quando escorregar com algumas moças da igreja, as mais fogosas, e não resistindo, cai em tentação. E daí o babado cai na boca do povo, que já não gosta (pra não dizer ao contrário) de um "ti-ti-ti".

Em uma reunião de ministério, onde rolou um bate-boca sobre o guitarrista, o presbítero desabafou: "-Meu filho é bonito mesmo...e quem tem suas cabritas que segure elas!"

Passado uns quatro meses desta confusão, a filha deste presbítero, irmã do bonitão gospel, caiu com um rapaz! A menina consumou o ato com o filho de um evangelista, um rapaz que já tinha gravado um cd sem muito sucesso, destes que você nunca ouve falar. O pai dela, o presbítero, partiu pra casa do evangelista igual a um furacão! O evangelista, já sabendo da fama do seu filho, respondeu com olhar calmo e palavras macias: "-Presbítero, se a sua filha estiver grávida, com certeza meu filho vai assumir o que fez. Mas se não, saiba que meu filho é um rapaz de boa aparência, e quem tem suas cabritas, que segure elas!!!"

Eita lá!!! Como dizia minha avó: A língua é como um chicote, as vezes ela machuca a você mesmo.

Por hoje é isso, pessoal...
Eu fico por aqui, voltarei na semana que vem...ou não!
Vai que eu seja demitido...
Fiquemos todos na doce paz de nosso Senhor e que Deus nos abençoe!

0 Comentários em "Acepção de Cabritos"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10