Testemunho





A paz amados, hoje estarei postando o testemunho
do irmão Douglas Cabral Souza, 22 anos, é um rapaz evangélico, membro da 2ª Igreja Batista de Vigário Geral, no Rio de Janeiro.
Passou pelo vale da sombra da morte, mas foi resgatado pelo Senhor Jesus para que seu testemunho sirva de inspiração e mostrar que Deus não mudou e ainda faz milagres....Louvado Seja Deus!





Perdoe-me a imagem forte, mas é preciso publicá-las para.
Mostrar que nós servimos um Deus que tudo pode.O Deus do Impossível.




“Dia da Provação” foi a mensagem pregada no encerramento do Encontro dos Gideões Missionários em 2004, em que o pastor Marco assegura: “O que não acontece na vida de um cristão a mando de Deus, é com a permissão Dele. E o diabo só toca na sua vida quando Deus sabe que você vai vencer”. E Douglas venceu. O agressor, preso no quartel, enfrenta um Inquérito Policial Militar (IPM), ambos já foram acareados, mas ele nega que tenha sido o autor do crime – tentativo de assassinato. “Não tenho raiva dele”, afirma o jovem soldado. “Quando tudo isso acabar, quero falar do amor de Deus para ele e mostrar que, assim como eu fui salvo, ele também pode ser”, diz Douglas, que tem contado seu testemunho por onde passa. Abaixo, o relato de um verdadeiro “dia da provação”.“Há aproximadamente oito meses, conheci o pastor Marco Feliciano assistindo ao vídeo de sua mensagem ‘Dia da Provação”. Fiquei muito impressionado e passei ver outras mensagens que pregou. Foi por meio dessas pregações que minha vida foi sendo modificada. Fui conhecendo o verdadeiro poder do Espírito Santo, pois sou de uma igreja tradicional e, como sabemos, não se fala muito sobre a ação do Espírito sobre a igreja.No dia 12 de agosto do ano passado, assistia pela quinta vez à mensagem ‘Dia da Provação’ em que, nos minutos finais, o pastor pede para as pessoas perguntarem umas às outras: ‘Você está preparado para o dia da provação?’ E eu respondi: Sim, estou pronto para o dia provação! No dia seguinte, 13 de agosto, fui para o trabalho, um quartel das Forças Armadas, onde sirvo.Por volta das 16h55, aproximou-se de meu posto de vigilância um cabo que também servia ali para fazer uma inspeção em nome do comandante do quartel. Assim que acabou de fazer a inspeção, mandou que eu retirasse o lixo que estava ao redor do posto. Ao abaixar-me, ele me acertou com um golpe nas costas; sem saber o que era, levantei-me e perguntei o que estava acontecendo. Assustado, pois esperava que não suportasse na dor, veio em minha direção. Para fugir, me joguei de uma encosta de uns vinte metros, onde há outro posto de vigilância, caindo nas escadas do quartel. Quando me levantei, percebi que o agressor estava me olhando, e disparei três vezes contra ele, mas escapou.Coloquei a mão nas costas e senti algo cravado nelas, mas não sabia o que era. Tive de correr 400 metros para pedir ajuda, e chegou ao Corpo da Guarda, entreguei meu armamento (que em nenhum momento deixara), informei quem era o agressor e para onde havia evadido.
Entrei na ambulância e fui para o hospital, falando com Deus que, se fosse hora de partir, eu iria, mas que gostaria de mais algum tempo aqui, pois queria casar, constituir família e exercer meu ministério, que é a Palavra.Chegando ao Hospital da Força Aérea do Galeão, fui levado diretamente para a sala de cirurgia e perguntei se havia algum médio evangélico. Responderam que todos ali criam em Deus, e falei que era bom crer mesmo, pois só Ele poderia me livrar naquela hora. Após a cirurgia, um médico me disse: ‘Você deu muita sorte: a faca perfurou o pulmão e ficou a Três milímetros da coronária, artéria que abastece o coração.”Respondi que não fora sorte, mas sim Deus que me salvara. A partir daí foram só milagres e vitórias. Em dois meses já estava trabalhando, fui condecorado com uma medalha por bravura pelas mãos do comandante-geral e sou o único soldado da minha Força a possuí-la, pois somente suboficiais e comandantes a receberam. Minha carreira, que não estava garantida, hoje está. Este é o meu testemunho e digo que o pastor Marco Feliciano teve uma grande influência nesta mudança radical da minha vida. Que Deus abençoe a todos.”






0 Comentários em "Testemunho"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10