CURIOSIDADES BÍBLICAS – Informações Gerais



Por: Carol Albini


Olá amigos!!! A Paz do nosso Senhor Jesus Cristo seja com VOCÊ!


Estou muito feliz...
1- Porque fui salva pelo Precioso Sangue de Jesus: Sou preciosa para Ele;
2- Hoje é sexta-feira: isso quer dizer que o final de semana está mais próximo do que podemos imaginar... rsrs;
3- É dia de CURIOSIDADES BÍBLICAS: eu amo curiosidades (de fato, sou muito curiosa... hehe!!!


Hoje vou deixar-vos algumas curiosidades gerais a respeito da Bíblia. Não me lembro onde consegui estas curiosidades, isto quer dizer que não são de autoria minha.


Espero que aprendam bastante...

Saduceus (Mc. 12.18). Era uma classe religiosa que não acreditava em ressurreição. Também não criam na existência de anjos e demônios. nos tempos de Jesus, os saduceus em Jerusalém eram uma minoria, entretanto tinham mais poder político e religioso do que a maioria da população.

Publicanos (Mt. 9.11). Eram funcionários públicos, mais especificamente “cobradores de impostos”. Os publicanos eram detestados pelo povo, pois cobravam impostos muito acima do que o Império Romano havia estipulado.


Aos tempos do Novo Testamento, cerca de 50% da população de Roma era formada de escravos. Roma tinha mais de 1 milhão e meio de habitantes. A grande maioria de todos os crentes de Roma era de escravos.


Gólgota ou Calvário (João 19.17). Literalmente significa “caveira”. É o nome do lugar onde Jesus foi crucificado. Tinha este nome porque ali ficavam jogados os ossos de algumas das pessoas que eram crucificadas. Quando pensavam neste lugar, só lembravam das caveiras que tinham sido deixadas lá..


A Babilônia, famosa por sua crueldade e poder nos tempos do Velho Testamento, fica situada num deserto que está dentro dos limites do Iraque (terra de Sadan Russein). O mais espantoso é que o governo do Iraque está trabalhando para reedificar a antiga Babilônia.


Thiago ou Jacó. Este nome vem do hebraico Yaqôbh (Jácó), que em grego é Iakobos (Thiago) e no inglês é James. De acordo com Vila & Escuan, este nome significa “usurpador” ou aquele que engana.


Corinto era uma importante cidade Grega aos tempos do Novo Testamento. Nessa época era uma cidade com cerca de 600 mil habitantes. Era uma metrópole com várias religiões. Ali havia adoração a todos os deuses. O principal culto praticado nesta região era a adoração à Afrodite (deusa do amor erótico – e daí vem a palavra afrodisíaco). Quando Paulo chegou ali, muitas vidas que estavam cansadas do pecado entregaram suas vidas ao Senhor Jesus, e a partir disso uma grande igreja começou a nascer naquela grande cidade.


Escribas (Mt. 23.2). Tinham esse nome porque escreviam (copiavam) os escritos bíblicos numa época em todas as cópias tinham que ser feitas à mão. De tanto copiarem o Velho Testamento, eles acabaram se tornado grandes conhecedores dos escritos bíblicos, por isso também eram chamados de “doutores da Lei”. Muitos escribas se converteram ao Senhor Jesus, mas a maioria era contra o Cristianismo e por isso foram duramente criticados por Jesus.


Evangelho (Mc. 1.1). Essa palavra significa literalmente “Boa Notícia”, mas muitas vezes, nos textos bíblicos, ela significa a história do ministério de Jesus, isto é, suas obras, sua morte e ressurreição. Assim, “crer no Evangelho” é crer que a vida, morte e ressurreição de Jesus são poderosos para mudar os rumos da nossa vida mesmo nos dias de hoje.


O primeiro livro do Novo Testamento

foi escrito cerca de 400 anos depois do último livro do Velho Testamento. Neste período de 400 anos foram escritos alguns livros não inspirados por Deus conhecidos por “apócrifos”, que são justamente os livros excedentes da bíblia católica.


Davi. Esse nome significa “amado” (J. Davis – p.149). Foi o nome do mais importante rei da história de Israel.Uma variação desse nome é “Davidson” (em inglês, “filho de David”).


Voto (Salmo 116.14). Significa promessa, compromisso, pacto ou acordo que alguém faz com alguém. Normalmente os personagens do Antigo Testamento faziam votos (promessas) a Deus, para que Ele lhes abençoasse em algum empreendimento ou necessidade particular. Uma pessoa que faz votos mas não cumpre é uma pessoa infiel, e por isso deve pensar muito bem antes de prometer alguma coisa a Deus.


Durante anos, os céticos declararam que MOISÉS não poderia ter escrito a primeira parte da Bíblia porque a escrita era desconhecida na época (1500 A.C). A ciência da arqueologia provou desde então que a escrita já era conhecida milhares de anos antes dos dias de Moisés. Os sumérios já escreviam cerca de 4000 A.C., e os egípcios e babilônios quase nessa mesma época.


Judeu (Rm. 1.16). Este era o nome do povo que vivia numa tribo de Israel chamada JUDÁ. Com o passar do tempo todos os israelitas passaram a ser chamados de “judeus”, pois hoje a nação de Israel ocupa apenas a região que era ocupada pela tribo de Judá. Se alguém tem descendência judaica, então é um judeu, mesmo que venha a nascer em outro país.


O idioma que Jesus falava era o aramaico. Sim , esta era a língua praticada na Judéia e na Galiléia dos tempos de Jesus. O Hebraico – idioma dos hebreus (judeus) descaracterizou-se em anos anteriores aos tempos do Novo Testamento e desta descaracterização é que surgiu o aramaico, o idioma que Jesus e seus discípulos falavam


Aba (Mc. 14.36). Esta é uma palavra aramaica que significa simplesmente “pai”. Quando na oração Jesus disse “aba”, o autor do livro estava apenas informando qual foi a palavra exata que saiu da boca de Jesus.


Lucas e Atos provavelmente são os únicos livros da Bíblia que não foram escritos por israelitas. O médico Lucas (Cl. 4.14) é o autor desses dois livros. Todos os autores dos livros bíblicos têm origem israelita, menos Lucas. Ele era grego e não tinha qualquer descendência israelita. Também, ao contrário do que muitos imaginam, não tinha sido discípulo de Jesus.


Igreja (Mt. 16.18). Esta palavra ocorre 109 vezes na Bíblia, mas não aparece nenhuma vez no Antigo Testamento. É a tradução da palavra grega “eklesia” e significa “chamados para fora”. O conceito exato é que igreja é um povo que Jesus comprou com Seu sangue. A igreja não tem nome, nem endereço, nem cor, nem tribo, nem nação. Ela não é uma instituição com templos, organizações etc. A igreja são as pessoas, o povo de Deus.


Espero que tenha gostado...

Caso você queira ajudar essa coluna, com artigos, sugestões ou críticas, até mesmo umacuriosidade que você tem e ainda não desvendou, escreva-me!

liriodosvales_1@yahoo.com.br

ou
carol_albini@hotmail.com

Faça parte deste blog, seja um semeador também, sua participação é muito importante para todos!!!

VISITE NOSSA COMUNIDADE NO ORKUT
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93532089

0 Comentários em "CURIOSIDADES BÍBLICAS – Informações Gerais"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10