Buscando o Equilíbrio nos Relacionamentos



Que tipo de Amizade devemos cultivar?

Por Manuela Andrade
Olá, a graça e a paz do Senhor seja convosco!
Hoje falaremos de um assunto muito atual, sobre as amizades que estamos cultivando em nosso meio atualmente. Será que estas amizades estão nos edificando espiritualmente e nos fazendo bem emocionalmente? Será que o nosso amigo, aquele que pensamos que consideramos como um irmão está nos ajudando a crescer e nos levantar ou está nos colocando no fundo do poço?
Antes de tudo, vamos falar um pouco de alguns exemplos de amizades saudáveis que a Bíblia nos conta. Citarei três:


1-Davi e Jônatas

Davi e Jônatas se amavam profundamente, eram a expressão maravilhosa de como deve ser a amizade entre pessoas que se querem bem. Veja o versículo a seguir:

“... a alma de Jônatas se ligou com a de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma” (I Sm 18:1)
Que lindo não é? Quem dera se todos os amigos fossem assim... Mas infelizmente está muito difícil. As amizades de hoje estão muito superficiais e na maioria das vezes, há muito interesse material.
Vamos tirar como exemplo Davi e Jônatas. Jônatas gostava tanto de Davi que deu a ele a sua capa, sua armadura, sua espada, seu arco e seu cinto de príncipe.

“E Jônatas se despojou da capa que trazia sobre si, e a deu a Davi, como também as suas vestes, até a sua espada, e o seu arco, e o seu cinto”.
(I Sm 18:4)

Observa-se que ele deu a seu amigo coisas muito importantes, utensílios e objetos que só os príncipes tinham igual naquela época.


2-Daniel, Hananias, Misael e Azarias


A Bíblia, no livro de Daniel, relata-nos uma história de quatro jovens amigos inseparáveis! Daniel, Hananias, Misael e Azarias foram juntos levados cativos de Jerusalém para uma terra estranha, a Babilônia, foram afastados de sua família, sua cultura, seus costumes... De repente, eles se viram num palácio babilônico, cheio de tentações que a fortuna traz. Todos eles tinham tudo para começar uma vida nova, assim como os outros rapazes que estavam ali com eles. Vejam só o que eles resolveram fazer diante de tudo aquilo:

E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar. (Daniel 1:8)
Os amigos se uniram para não se contaminarem com as iguarias do rei que lhes foram oferecidas. Tais comidas não convinham a jovens de Deus. Para vencer essa tentação, eles resolveram juntos orarem a Deus e pedir forças a ele. Deus, por sua vez, ouviu a voz dos seus servos e abençoou a decisão que tiveram.

“Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos”. (Daniel 1:17)

3. Noemi e Rute

A história de Rute tem um ingrediente especial. Fala de uma amizade verdadeira, estas que por sua vez, eram unidas através de uma aliança familiar. Amizade marcada pela simplicidade de um relacionamento de nora e sogra que serve como exemplo para nossos relacionamentos hoje em dia.
Uma tragédia havia acontecido na vida de Noemi. Seu marido morreu, seus dois filhos também. Estava longe de sua terra natal e não sabia como as pessoas a receberiam lá. Já estava em idade avançada, o que certamente não lhe renderia um novo casamento. Dependeria de misericórdia para sobreviver. Só havia lhe sobrado suas duas noras. Uma resolveu tentar a vida novamente com seu povo. Mas Rute dá exemplo de lealdade:

“Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”. (Rute 1:16)


O ser humano sente a necessidade, desde os primórdios, de construir relacionamentos, formar grupos de convivência, ou seja, somos seres sociáveis, precisamos viver em comunhão. Ter um amigo não é uma opção,e sim,uma necessidade. Existem alguns animais na natureza que conseguem viver completamente isolados dos mesmos de sua espécie, mas o ser humano é diferente,pois ele é um ser foi criado por Deus com o intuito de viver em sociedade.O próprio Deus deixou isso bem claro quando disse: Não é bom que o homem viva só...(Gn 2,18).A nossa vida precisa ser compartilhada com outras pessoas. Porém a palavra de Deus nos dá direcionamentos básicos de que tipo de amizade devemos cultivar.
Vejamos alguns versículos que foram escritos especialmente para alertar sobre tipo de pessoas estamos andando e em que devemos ter cautela:

"Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau" (Provérbios 13:20).


"Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (Tiago 4:4).

"Filho meu, se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas. Se disserem: Vem conosco, embosquemo-nos para derramar sangue, espreitemos, ainda que sem motivo, os inocentes; traguemo-los vivos, como o abismo, e inteiros, como os que descem à cova; acharemos toda sorte de bens preciosos, encheremos de despojos a nossa casa; lança a tua sorte entre nós; teremos uma só bolsa. Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; guarda das suas veredas os pés; porque os seus pés correm para o mal e se apressam a derramar sangue" (Provérbios 1:10-16).


"Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores" (Salmo 1:1).


"Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento. A sabedoria do prudente é entender o seu próprio caminho, mas a estultícia dos insensatos é enganadora. Os loucos zombam do pecado, mas entre os retos há boa vontade" (Provérbios 14:7-9).


"Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes" (1 Coríntios 15:33).


Vejamos agora algumas características que devemos ter como amigos:


• Altruísmo:

O verdadeiro amigo não é egoísta, não pensa só em si mesmo e não procura arrancar vantagens sobre a amizade que construiu. Muitos jovens procuram aproximar-se de pessoas que tem condições financeiras bem mais favoráveis ou busca andar com alguém que é um bom aluno só para tirar vantagem nos estudos. Se você faz o mesmo, tem muito que aprender sobre a verdadeira amizade.

• Edificação:
O ideal é orarmos pelos nossos amigos e compartilhar a palavra com eles, mas hoje em dia poucos são os amigos que procuram ajudar o outro a crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus. As suas conversas edificam os seus amigos? Vocês se unem para tomar decisões ao lado de Deus? Vocês oram juntos? Vocês se unem para vence as tentações da juventude?

• Cumplicidade:
Um verdadeiro amigo vai estar sempre te dando cobertura, te protegendo, te ajudando. Amigos verdadeiros não “pulam fora” quando surgem obstáculos mas eles continuam conosco, são aqueles dispostos a ajudar,abrindo portas onde existem barreiras e dificuldades. Um amigo verdadeiro é aquele que partilha os bons momentos da vida mas também os ruins.
Os bons amigos, se escutam de maneira recíproca, embora eles não concordem por inteiro,contudo, eles oferecem seu carinho sincero!!

• Confiança:

A amizade deve ser construída sobre o pedestal da confiança. Se não tiver confiança, não há sentimento de amizade que resista. A confiança é a base de qualquer relacionamento, sem ela fica difícil caminhar, sempre haverá as desavenças e a discórdia. A confiança começa em nós! Será que somos dignos dela? Em relação à nossa confiança nos outros, é importante compreendermos que será mais fácil confiar quando conhecemos bem.

Relembrando...De tudo que a Bíblia fala sobre amizades, devemos aproveitar algumas lições importantes. Entre elas:
• Escolher cuidadosamente os nossos amigos, evitando amizades que nos levariam ao pecado.
• Cortar amizades que prejudicam a nossa vida espiritual, especialmente quando os "amigos" incentivam o pecado e participação em religiões falsas.
• Ser amigos fiéis e de confiança, especialmente nos momentos difíceis quando os amigos mais precisam de nós.
• Sempre manter nossa relação com Deus acima de qualquer amizade humana, confessando a nossa fé no meio de uma geração perversa.


Quando se trata de amizade, devemos valorizar qualidade, e não quantidade: "O homem que tem muitos amigos sai perdendo, mas há amigo mais chegado do que um irmão" (Provérbios 18:24).
O verdadeiro amigo conforta, carrega, dá uma palavra de ânimo que o amigo possa compreender e não palavras dúbias, que tanto possam ser para outro ou para você.

Nada paga o preço de uma verdadeira amizade. Não há como comprá-la, e nem como pagá-la. Amizade é doação. Se você ainda tem dúvidas de como ser um verdadeiro amigo, se espelhe em Jesus, que é a verdadeira expressão de amizade .Ele não mediu esforços para nos atender em nossas necessidades, nos deu ensinamentos que valem até hoje, orou sem cessar e morreu por nós.

Leia, vale a pena!

UM AMIGO DE VERDADE

Um simples amigo nunca te viu chorar.
Um amigo de verdade tem os ombros molhados pelas tuas lágrimas.

Um simples amigo não sabe o nome dos teus pais.
Um amigo de verdade tem o telefone deles na agenda.

Um simples amigo odeia quando tu ligas depois de ele se ter deitado.
Um amigo de verdade pergunta por que demoraste tanto para ligar.

Um simples amigo quer conversar sobre os seus problemas.
Um amigo de verdade procura ajudar-te nos problemas.

Um simples amigo, ao visitar-te, age como uma visita.
Um amigo de verdade abre o frigorífico e serve-se sozinho.

Um simples amigo pensa que a amizade acabou depois de uma discussão.
Um amigo de verdade sabe que não se acaba a amizade na primeira briga.

Um simples amigo espera que estejas sempre para ele.
Um amigo de verdade espera sempre estar para ti!

Espero que vocês tenham gostado e que essas reflexões sirvam para a sua vida. Até o nosso próximo encontro..Fiquem na Paz do nosso senhor Jesus Cristo!

0 Comentários em "Buscando o Equilíbrio nos Relacionamentos"

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10