Mulheres Notáveis

Mulher... por Noemí Lima

Olá mulheres, graça e paz!


Hoje tentarei esclarecer uma dúvida muito comum entre as mulheres: Qual é a roupa ideal para ir a um casamento? E no quadro “Mulheres notáveis”, vocês irão conhecer a história de uma mulher que aprendeu a tratar todas as pessoas com amor, até seus inimigos. Leiam, reflitam, tenho certeza que Deus falará muito ao coração de vocês!


Moda


Com exceção da noiva (é claro), o branco não deve ser usado por nenhuma outra mulher em uma cerimônia de casamento. É o dia da noiva. Só ela tem o direito de usar essa cor nesse dia tão especial. E além do mais, existem inúmeras outras cores que você poderá usar e ficar linda, exemplo: verde, azul, amarelo, vermelho... e por aí vai! Se o casamento for de dia, escolha cores claras (mas não o branco e nem o bege, ta?), não use preto e nem roupas com brilho. Cerimônias à noite permitem roupas mais chics; pedem cabelos e maquiagens mais caprichados, saltos altos, bijuterias ou jóias e bolsinha pequena.


Mulheres notáveis

Corrie Ten Boom (autora do livro “Um refúgio secreto”, com certeza um dos livros mais impressionantes que eu já li. Recomendo!!)

A mãe de Corrie, Cor, de quem ela herdou o nome, jamais conheceu um estrangeiro. Ela era uma mulher de fé, calorosa, gentil e compassiva, membro da Igreja Reformada Holandesa, que trouxe harmonia e alegria à casa dos Ten Boom e a pequena relojoaria do seu marido, Caspar.

O dom da hospitalidade da mãe moldou a personalidade da jovem Corrie, preparando-a para o trabalho da sua vida - ministrar o amor e a misericórdia de Cristo a um mundo em sofrimento.

Depois da morte de Cor em 1919, a família Ten Boom passou a década seguinte abrindo os braços para muitas crianças necessitadas: refugiados, filhos de missionários e órfãos. Felizmente, a mãe de Corrie jamais teve de sofrer os dias negros da 2ª guerra mundial e a ocupação da Holanda pelos soldados de Hitler.

Quando os nazistas invadiram sua terra natal, os Ten Boom continuaram com a obra cristã, escondendo os vizinhos judeus ou os membros da resistência holandesa que estavam sendo cassados pela Gestapo. Apesar de correrem grande perigo, eles corajosamente construíram um pequeno esconderijo em casa, onde ocultaram muitas pessoas dos nazistas.

A rede dos Ten Boom continuou a crescer até que um dia chegou bruscamente ao fim. Corrie, sua irmã Betsie, seu pai e muitas outras pessoas foram presos e levados para um campo de concentração. Mesmo assim, a Gestapo jamais descobriu o esconderijo secreto na parede do quarto de Corrie, ou as seis pessoas que estavam escondidas lá.

O pai de Corrie, de 84 anos, morreu 10 dias depois de ter sido preso, e sua querida irmã Betsie também morreria no campo, mas não antes das duas terem recebidos um tratamento brutal nas mãos dos guardas nazistas. A despeito do tratamento desumano, as duas jovens conseguiram realizar estudos bíblicos no campo e muitas pessoas se entregaram a Cristo.

Anos depois da experiência no campo de concentração nazista, Corrie Ten Boom se encontrou face a face com um dos mais cruéis e desalmados guardas alemães que ela conhecera no campo.

Esse homem a tinha violentado e à sua irmã Betsie com os olhos quando as duas estavam nuas no banho de descontaminação. Agora ele estava ali, diante dela, com a mão estendida, perguntando: “Você me perdoa?”

“Eu fiquei ali parada, com uma frieza consumindo meu coração”, Corrie contou, “mas sei que a vontade pode funcionar independentemente da temperatura do coração”. Orei: ‘Jesus, me ajuda’.

“Mecanicamente, ergui a mão e apertei a mão estendida na minha direção e experimentei algo incrível. A corrente começou no meu ombro, desceu pelo meu braço e se espalhou pelas duas mãos entrelaçadas. Então, uma cálida reconciliação pareceu fluir por todo o seu ser, trazendo lágrimas aos meus olhos. ‘Eu perdôo você, irmão’, gritei de todo o meu coração. Durante um longo tempo, ficamos segurando a mão um do outro, o ex-guarda e a ex-prisioneira. Jamais experimentei o amor de Deus de forma tão intensa naquele momento!”

Corrie foi um instrumento de paz e amor em uma época em que a guerra e o ódio imperavam. Por isso, ela se tornou uma mulher notável.

Fonte (livro: mães que mudaram o mundo).


4 Responses to "Mulheres Notáveis"

  1. Poxa Noemi... que história linda essa da Corrie Ten Boom!!! Amei...
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. É vdd...é muito linda a história dessa mulher. Eu gostei tanto de ler o livro, que queria saber se tinha a história em filme. E acredita que eu encontrei o filme?? A filmagem é beeeeeeeem antiga, mas pela história,compensa assistir.
    Fik na paz...bjos

    ResponderExcluir
  3. Eliézer Rodrigues18 de junho de 2009 14:59

    Realmente mtoooooooooo boa história.
    Parabéns, Noemi...e obrigado por compartilhar histórias como essa com a gente!

    ResponderExcluir
  4. Noemii... qual o nome desse filme? Eu tbm quero assistir!!!

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10