Conformados NÃO,transformados SIM

Prezado leitor, temos uma excelente novidade nesta semana, em especial, aqui nesta coluna. É a participação de uma leitora que tem acompanhado o blog. A nossa querida irmã Manuela Andrade.
Manuela de Andrade tem 23 anos, é pedagoga, estudante de pós-graduação em docência no ensino superior, congrega na Igreja Batista Evangélica em Rio Doce - Olinda-PE, serve o Senhor através dos ministérios de louvor e educação cristã.
Assim como foi aberto um espaço para a nossa irmã divulgar um artigo de sua autoria, da mesma forma, poderá ocorrer com outros leitores, visto que o blog é, em primeiro lugar, de JESUS.
Para quem estiver a fim de caminhar conosco nesta empreitada divulgando algum artigo, saiba que esta coluna esta aberta a participação de todos os irmãos que nos tem acompanhado, visando o crescimento no conhecimento e na graça de nosso Senhor Jesus Cristo.
Caso tenha irmãos interessados em divulgar algum artigo, envie-me o artigo pelo e-mail
laercio_es@hotmail.com.
Vale ressaltar que qualquer artigo enviado, será analisado por mim (visto que sou responsável pela coluna) antes de ser colocado no blog, assim como foi o artigo abaixo.




Conformados NÃO,
Transformados SIM!!!


Por: Manuela Andrade





Ser cristão hoje é um grande desafio, principalmente quando se fala em ser cristão autêntico, verdadeiro. No meio em que estamos inseridos frequentemente somos desafiados a sempre estar prontos a responder a qualquer pessoa sobre a fé que temos como explica o versículo a seguir:

1 Pe 3:15 Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós.

Isso nos remete à questão de que os que estão à nossa volta querem saber e ver se nós levamos a vida ou se é a vida que nos leva. Quem é cristão, tem que ser 24 horas por dia! Mas, como fazê-lo se diariamente somos convidados a não sê-lo?
Diariamente somos bombardeados com o que a mídia oferece. As pessoas procuram viver o que dá ibope, contribuindo para o aumento do índice de milhares de pessoas que se deixam levar por tais coisas. Infelizmente é assim que funciona. Em relação a essa influência em nosso meio, é importante refletirmos no que diz Rm 12:1-2:

ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Diante disso, considerei quatro expressões que formarão a base da minha argumentação:

1º Apresentar o corpo
2º Culto racional
3º Não se conformar com o mundo
4º Transformação completa

Vejamos a seguir:


APRESENTAR O CORPO

Este é um ato de vontade, de completa entrega. Apresentar o corpo é separar algo para algum propósito particular. O apóstolo Paulo nos faz lembrar que da mesma forma que os sacrifícios do Antigo Testamento eram preparados e dedicados à adoração a Deus, assim também devem ser os corpos dos redimidos por Cristo. A dedicação a Cristo deve ser total: corpo, alma e espírito.

1 Co 6:12 Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.

Mas, para apresentarmos nossos corpos a Deus, precisamos estar despidos de tudo que nos prende aos interesses do mundo, nossos corpos precisam ser apresentados sem mancha ao Senhor. Nosso corpo é habitação do Espírito Santo de Deus. O que fazemos com nosso corpo é responsabilidade nossa e daremos conta disso a Deus.

2 Co 5:10 Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.

O fato de sermos responsabilizados por Deus sobre as nossas ações através do corpo, não nos torna donos desse corpo. A nós pertence a responsabilidade de cumprir a ordem de Deus.


CULTO RACIONAL

O que vem a ser culto racional?

A expressão vem do grego “logikên latreian”, ou seja, ‘culto racional’, também pode ser entendido como culto lógico. A idéia principal tem a ver com discurso e raciocínio, diferentemente do culto irracional, ou seja, algo que é feito instintivamente, sem critérios ou razões.

Como cristãos transformados, precisamos dedicar a Deus o melhor de nós, isso é o culto racional. Esse culto não se limita àquele culto público do domingo. Nossa compreensão de culto não pode-se limitar a isso.
Em Jo 4:23, encontramos o diálogo com Jesus e a mulher samaritana. Neste momento, Jesus ensina uma nova idéia de culto a Deus.

Jo 4:23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Não é o lugar que será o mais importante e sim, a qualidade do culto prestado (em espírito e em verdade). Não são os aspectos externos os mais importantes, mas as motivações interiores. As expressões da vida cotidiana precisam ser reflexos da intimidade com Deus. A apresentação do corpo na maneira de falar, agir, pensar, está intimamente ligado ao culto racional.


NÃO SE CONFORMAR COM O MUNDO

Não se conformar com o mundo é não se deixar ser influenciado por algo externo, é não se moldar ao que o mundo oferece. Por maior que seja a pressão do mundo, o cristão não deve se adaptar aos seus interesses. Não se conformar com o mundo significa não tomar a sua forma. Não aceitar seus modismos, suas regras. O mundo no contexto da Palavra de Deus é uma sociedade dominada e dirigida pelo poder do maligno, onde o pecado impera, querendo sufocar os valores existentes (no caso de Rm 12:2).

Devemos estar constantemente inconformados com o que o mundo oferece. Nossa postura como cristãos é deformar as formas, não ser Maria-vai-com-as-outras, piolho, crente-camaleão (inconstante, que muda sempre de opinião).

Sl 1:1 BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

É contraditório seguir a Cristo e viver conformado com o que o mundo oferece. A corrupção, a falta de moral e ética, a degradação familiar, tem levado muitos cristãos a não serem o sal e a luz que deveriam ser. Precisamos dizer NÃO a esta falta de compromisso com Cristo.

Nos cristãos vivemos no mundo mas não pertencemos a ele. Isso significa que a nossa vida pertence ao Senhor. O compromisso do cristão é amar a Jesus sobre todas as coisas, de todo o coração, de toda a alma e de todo o pensamento (Mt 22:37).
O apóstolo João diz: Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. (1 Jo 2:15)


TRANSFORMAÇÃO COMPLETA

Todo cristão sincero procura fazer a vontade do Senhor e viver debaixo dela. Mas, para tanto, é necessário transformação. A expressão “Transformação” vem do grego METAMORFUSTHE e não se limita a uma questão unicamente interna. Bem, a transformação aqui citada refere-se a Cristo Jesus, segundo o seu modelo de vida, Essa precisa ser uma experiência em que todos devem passar, através do poder do Espírito Santo que vive em nós. A partir disso, deixa-se transformar, no modo de agir, pensar, somos capacitados a demolir os moldes do mundo e mostrar bom testemunho aos que exercem pressão sobre nós.

1 Pe 2:9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.

Em todos os lugares Cristo nos convida a sermos parecidos com ele, a pensarmos e agirmos como ele. Se atentarmos à sua palavra e a estas aqui apresentadas, não há dúvida de que a nossa vida cristã se mostrará com mais força e influência na vida dos outros. Essas propostas não são unicamente fundamentadas em experiências individuais, mas na palavra de Deus que é capaz de ir fundo em nosso ser e provocar mudanças maravilhosas em nós.


A paz do Senhor Jesus seja convosco, não só hoje, mas para todo o sempre!

Amém!



At: Manuela Andrade.



Espero que esta mensagem tenha tocado o coração dos irmãos, assim como tocou o meu, e o Corpo de Cristo venha a ser edificado.

Toda honra e glória seja dada a Jesus Cristo, pois o seu sacrifício na cruz é a causa de não sermos consumidos pela ira de Deus.

Deus vos abençoe!

1 Response to "Conformados NÃO,transformados SIM"

  1. O mundo impõe atitudes nada éticas. Para não ser maria vai com as outras é preciso ter independência. Ninguém é independente porque tem muitas, muitas contas para pagar. Para pagar as contas é indispensável se aliar aos que podem fornecer renda, fazer as vontades dessas pessoas. Comecemos a pensar em cooperativas habitacionais para nos livrarmos da maior das contas a pagar, as despesas com moradia. Fazendo uma poupança coletiva junto a outros cooperados é possível se tornar proprietário de imóvel mas pagando muito menos taxas, impostos, incorporação. O trâmite é demorado mas resolve problemas de promiscuidade, como os padrastos que moram junto com jovens enteadas, traficantes que coabitam com jovens, usurários que se aproximam de pobres sem moradia. Coopere-se, aproveite a onda de investimentos em programas sociais, se deixarmos passar a onda, aí nunca mais. E fica a dica: a lentidão do processo sempre vem daqueles que fazem a aliança de se manter em estado de poupador mas não tem fé: ao menor apelo do demônio do consumo desviam o dinheiro para o conserto da moto, para trocar o celular ou para comprar um PS-4. Mantenha-se no caminho. A gente ainda não tem como se livrar da mensalidade de internet mas tem como se livrar do custo de morar numa casa que é de outro.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TOP 10