Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite 2009


Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite 2009

Por Samurai


Sábado, dia 20 de junho de 2009, deu-se a primeira fase na campanha de vacinaçao contra a poliomelite, vulgo paralisia infantil.
Foram vascinadas crianças menores de cinco anos, independentes de já terem suas carteirinhas de vacinaçao em dia, com uma meta desse ano, imunizar no mínimo 95% da populaçao.
Ficaram á disposiçao da populaçao, os as Unidades Básicas de Saúde e os postos volantes, das 8hs às 17hs.
A vacina é rápida, segura e indolor, visto que é via oral (aaaaaaaaaah, gotiiiinhas!!!!)
Além da vacina de poliomielite, foram aplicadas outras vacinas como as que combatem Hepatite B, tuberculose, sarampo/caxuma/rubéola, difteria/tétano/coqueluche e afins, tudo para que as crianças tivessem suas carteirinhas em dia.


Um pouco mais sobre a poliomielite

E uma doença causada por vírus, é contagiosa e, se for pega em sua fase grave, pode deixar sequelas no individuos que sao permanentes.
É mais comum em crianças ("paralisia infantil"), mas também ocorre em adultos. A transmissão do poliovírus "selvagem" pode se dar de pessoa a pessoa através de contato fecal-oral, o que é crítico em situações onde as condições sanitárias e de higiene são inadequadas. Crianças de baixa idade, ainda sem hábitos de higiene desenvolvidos, estão particularmente sob risco. O poliovírus também pode ser disseminado por contaminação fecal de água e alimentos. (CIVES, 2007)
Uma pessoa que se infecta com o poliovírus pode ou não desenvolver a doença. Quando apresenta a doença, pode desenvolver paralisia flácida (permanente ou transitória), meningite ou, eventualmente, evoluir para o óbito. Desenvolvendo ou não sintomas o indivíduo infectado elimina o poliovírus nas fezes, o qual pode ser transmitido para outras pessoas por via oral. A eliminação é mais intensa 7 a 10 dias antes do início das manifestações iniciais, mas o poliovírus pode continuar a ser eliminado durante 3 a 6 semanas. A poliomielite não tem tratamento específico.

Para impedir a presença da doença, é preciso criar um bloqueio por meio de campanhas de vacinação em massa da sua população alvo, além de altas coberturas vacinais de rotina. Por isso, mesmo a criança que esteja com a caderneta atualizada, deve tomar a vacina para a formação do bloqueio. Há 20 anos não se registram casos de poliomielite no Brasil. No país, os últimos casos ocorreram no ano de 1989, nos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, devido à realização de campanhas, adotadas a partir de 1980.

Lembre-se de cuidar dos seus pimpolhos, a vacinaçao é importante!!!


And here we go again!!
Beijos da Samurai

1 Response to "Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite 2009"

  1. Eliézer Rodrigues22 de junho de 2009 17:05

    Boa, Michelle.... Mto importante sabermos essas informações da 'paralisia infantil' e da importância da vacinação!
    Parabéns! xD

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar e dar sua opinião.
ELA É DE RELEVANTE IMPORTÂNCIA PARA NÓS!

Identifique-se, pois queremos estar sempre em contato direto com nossos leitores!

Obrigado por acompanhar, divulgar e orar pelo blog O Semeador!
Que Deus abençoe sua vida, em nome de Jesus!

Blog Archive

TEXTOS MAIS ACESSADOS